Irmãos que fizeram gestos racistas em jogo do Athletico podem pegar três anos de prisão, diz delegado

Os irmão athleticanos de Londrina que fizeram gestos racistas para a torcida do Atlético-MG, na final da Copa do Brasil, em que o time mineiro se sagrou campeão, serão indiciados e podem pegar até três anos de prisão, segundo o delegado da Delegacia Móvel de Atendimento a Futebol e Eventos (Demafe).

O Athletico identificou os dois advogados moradores de Londrina logo após os vídeo viralizarem pelas redes sociais e repassou as informações à Polícia Civil. O delegado da Demafe, Luiz Carlos Oliveira, disse à Banda B, que os homens serão interrogados.

“Mandamos a carta precatória para Londrina. Já contatamos com o delegado encarregado, já está lá e nos próximos dias eles serão interrogados e posteriormente nós encaminharemos para a justiça este caso”, disse.

Segundo o delegado, a pena máxima do crime de injúria racial e racismo é três anos de prisão. “Três anos de reclusão e os dois serão indiciados pelo crime de racismo e tendo vista que eles fizeram gestos racistas para a coletividade”, comentou.

Logo que os vídeos viralizaram, segundo Luiz Carlos Oliveira, os dois não fizeram contato com a delegacia para se entregar.

“Eles não deram nenhum sinal de vida, mesmo sabendo que estavam identificados. Encaminhamos a carta precatória para Londrina para os procedimentos de praxe”, concluiu,

Racismo

Um vídeo publicado no Twitter de uma jornalista foi responsável pelo flagra do momento com a dupla, que aconteceu durante o segundo tempo da final da Copa do Brasil. As imagens mostram os torcedores do Athletico imitando um macaco para provocar torcedores rivais que estavam na arquibancada superior da Rua Coronel Dulcídio, da Arena da Baixada.

No mesmo jogo, outro caso de racismo também foi flagrado em vídeo. Uma jovem, de 24 anos, aparece imitando um macaco em um camarote do estádio para torcedores da casa. Ela foi indiciada pela Polícia Civil por racismo após prestar depoimento na última sexta-feira (17).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1º Festival de Jägermeister de Curitiba terá drinks exclusivos com preços a partir de R$ 15

O evento, promovido pelo restobar The Weknd em parceria com a marca alemã, será realizado entre os dias 21 de janeiro e 4 de fevereiro, com seis opções de coquetéis

O Jägermeister, um dos destilados mais famosos do planeta, ganhará um evento especial na capital paranaense. Entre os dias 21 de janeiro e 04 de fevereiro, o restobar The Weknd, em parceria com a marca alemã, vai promover o 1° Festival de Jägermeister de Curitiba, que contará com seis drinks exclusivos com preços a partir de R$ 15.

Elaborado com 56 ervas, raízes e temperos, o Jägermeister já é saboroso puro. Prova disso é o Shot Jäger, um grande sucesso mundial, que no festival custará R$ 15. Outra pedida no formato será o Shot Jäger Weknd, preparado com o destilado, xarope de maracujá e espuma de gengibre (R$ 15). Para quem gosta de coquetéis clássicos, uma ótima opção será a releitura do famoso Negroni, o Negroni Jäger, que combina gim e Ramazzoti com a bebida estrela do evento (R$ 25).

Divulgação

Para quem busca uma opção mais refrescante, com a cara do verão, o Jägersummer será uma ótima pedida: Jägermeister com limão tahiti e tônica (R$ 25). Outro coquetel interessante para os dias mais quente será o Jägermatte, preparado com o destilado combinado a suco de limão e chá mate (R$ 25). Para fechar o menu, o clássico Jägerbomb, que alia Jägermeister com energético Red Bull (R$ 25).

Rock e Gastronomia

Inaugurado no último mês de novembro, o The Weknd surgiu para aliar música ao vivo, drinks, cervejas especiais e churrasco completo em um só ambiente. Com capacidade para cerca de 200 pessoas, o espaço é dedicado ao rock, seja com bandas covers de clássicos, de rock independente e discotecagens que celebram o estilo.

O 1° Festival de Jägermeister de Curitiba será realizado entre os dias 21 de janeiro a 04 de fevereiro, no The Weknd (Av. Nossa Senhora da Penha, 148), no bairro Cristo Rei. O restobar funciona de terça-feira a domingo, das 18h às 01h. Mais informações no perfil oficial do bar no Instagram (@thewekndcwb).

Teatro da Vila terá oficina de teatro para crianças e adolescentes

Que tal aproveitar as férias para fazer uma oficina de teatro? O encontro para crianças e adolescentes de 10 a 18 anos, será feito no novo espaço cultural, o Teatro da Vila, na CIC, nas tardes dos dias 26 a 28 de janeiro. As inscrições são gratuitas e estão abertas no espaço, de terça a domingo das 9h às 18h.

A oficina Jogos Teatrais como estímulos na formação de leitores será conduzida pelo arte-educador Victor Carlim. Com alegria e diversão, serão ensinadas técnicas de cena que estimulam a integração com os outros, consigo mesmo e com o universo de histórias clássicas, repleto de reflexões sobre natureza, vida e paixões.

Jogos teatrais, trechos de textos literários e processos criativos de construção de história serão os principais conteúdos trabalhados. A intenção é proporcionar uma nova percepção do público sobre como as histórias criam o que vemos no mundo e abrir os olhares para diferentes culturas.

Facilitador

Mestrando em Artes, Victor Carlim é ator e professor de artes. Com ênfase em teatro, em exercício desde 2012, estuda as relações de teatro, improviso e comédia desde 2015. Possui sua pesquisa e experiência voltada para a comédia,inserções de outras linguagens no trabalho do ator e modalidades de mediação artística para o espectador contemporâneo. Em meio a isso, estuda e desenvolve projetos de arte-educação e roteiros cinematográficos de forma independente.

Serviço:

Oficina gratuita de teatro
Jogos teatrais como estímulos na formação de leitores
de 26 a 28 de janeiro, 14h às 17h

Inscrições:
É grátis!
Bilheteria do Teatro da Vila: de terça a domingo das 9h às 18h.
Local: R. Davi Xavier da Silva, 451 – Cidade Industrial de Curitiba