Inscrições para casamento coletivo on-line estão abertas; cerimônia é em dezembro

O Programa Justiça no Bairro realiza em Curitiba, 4 de dezembro, às 18 h, um casamento coletivo virtual. O casamento será transmitido via YouTube diretamente da Arena da Baixada.

As inscrições ocorrem até 13 de novembro, no Cartório de Registro Civil da circunscrição dos casais interessados. Moradores de todas as cidades do Paraná podem participar.

CASAMENTO COLETIVO ON-LINE NO PARANÁ

Os casais interessados no casamento coletivo on-line devem se dirigir até um Cartório de Registro Civil mais próximo da sua casa com a seguinte documentação:

CPF (Cadastro de Pessoa Física);
RG (Carteira de identidade original);
Comprovante de endereço atualizado;
Comprovante de renda de até dois salários mínimos por família;
Certidão de nascimento ou casamento com averbação do divórcio (atualizada de 90 dias);

Informações Banda B.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previsão do tempo é de chuva para os próximos dias em Curitiba

Na tarde desta segunda-feira(18), a chuva chegou em Curitiba e a previsão é de mais água nos próximos dias. Segundo o SIMEPAR, a previsão é de muita chuva durante toda a semana.

Nos próximos dias Curitiba terá mínima de 18°C e máxima de 23°C. A temperatura só deve aumentar no sábado (23), com máxima de 25°C.

Confira a previsão:

Fonte: Simepar

Secretária diz que Curitiba precisa estar pelo menos 60% imunizada para pensar em abrir mão da máscara

A secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak, demonstrou otimismo com a chegada da vacina a Curitiba, mas também fez um alerta com relação às demais medidas de contenção da Covid-19. Segundo ela, é necessário que a cidade tenha pelo menos de 60% a 70% de imunização para começar a pensar em abrir mão da máscara, por exemplo.

“A vacina não elimina o novo coronavírus. Nós vamos continuar tendo casos de Covid, vamos continuar a depender do uso da máscara, distanciamento social, evitar aglomerações, arejar os ambientes, álcool em gel, tudo vai permanecer por um bom tempo. Nós temos uma maratona, não é uma corrida de 100 metros. Não é que a pessoa vacine e pode abandonar a máscara. Nós precisamos ter pelo menos de 60% a 70% de cobertura da população para aí sim poder liberar algumas medidas, como o uso da máscara”, afirmou Huçulak.

Com a aprovação da Anvisa, o uso emergencial da Coronavac pode começar ainda nesta segunda-feira (18) no Paraná. A expectativa é que a primeira aplicação ocorra no Hospital do Trabalhador.

A imunização sistemática da população, porém, terá início na próxima quarta-feira (20), na estrutura que está sendo montada no pavilhão do Parque Barigui. O primeiro lote destinado ao Paraná tem cerca de 242 mil doses da vacina, sendo que caberá a Curitiba aproximadamente 48 mil doses. Como a vacina é aplicada em duas doses, esse volume será suficiente para atender 24 mil pessoas.

Segundo a secretária, o dia é muito especial para a cidade. “A pauta é esperança, finalmente aprovada, uma vacina eficaz e temos a possibilidade de aplicar em nossa população”, concluiu.

Nesta segunda-feira (18), os profissionais de saúde já passam por um trabalho de capacitação na Secretaria.

O primeiro grupo a ser vacinado a partir de quarta-feira será o de servidores de saúde, os idosos abrigados em Instituições de Longa Permanência (ILPs) e indígenas (150 indígenas que moram na aldeia Kakané-Porã, no Tatuquara).

Informações Banda B.