Hamilton de Holanda se apresenta na Pedreira Paulo Leminski neste sábado (7)

Considerado o principal bandolinista do mundo, Hamilton de Holanda chega ao Planeta Drive-In Curitiba, no dia 07 de novembro

Nos Estados Unidos, ele é o“Jimi Hendrix do bandolim”. Na França, o “príncipe do bandolim”. Vencedor de dois Grammys e indicado a outros oito, Hamilton de Holanda é um dos músicos brasileiros de maior sucesso no exterior.Agora, no próximo dia 07 de novembro, o artista vai desembarcar na icônica Pedreira Paulo Leminski, em Curitiba, para lançar seu mais novo projeto: “Hamilton de Holanda Toca Tom Jobim”. A apresentação, que faz parte da programação oficial do Planeta Drive-In Curitiba, contará com todo conforto e segurança do formato drive-in, com o público dentro de carros.

Respeitado em todo o mundo, Hamilton de Holanda é natural do Rio de Janeiro e criado na cidade de Brasília. Começou a tocar aos 5 anos de idade. Aos 6, já se apresentava. Ganhou destaque nacional em 1995, quando foi considerado o melhor intérprete no II Festival de Choro do Rio de Janeiro, com “Destroçando a Macaxeira”, que ficou em segundo lugar como composição. Era o início de uma carreira multipremiada e reverenciada no Brasil e no exterior.

Aos 44 anos e com 38 álbuns lançados na carreira, além de diversas parcerias de sucesso, Hamilton de Holanda se destaca por unir tradição e modernidade, fazendo com que seu bandolim de 10 cordas fascinasse novas gerações de músicos e fazendo com que ele passasse a ser utilizado em novas correntes musicais que, além do choro, abrangem samba, jazz, pop e rock. No show da Pedreira Paulo Leminski, o artista lançará nacionalmente sua maior homenagem, com uma apresentação inédita, a um dos músicos mais importantes da história do Brasil: Tom Jobim.

Entretenimento seguro

Segundo o diretor da Planeta Brasil Entretenimento, Patrik Cornelsen, o Planeta Drive-In foi desenhado como uma forma de trazer de volta atrações culturais fora de casa à vida das pessoas, uma experiência vintage, com tecnologia de última geração aplicada, além de uma infraestrutura completa de gastronomia e serviços com comodidade e segurança, respeitando as principais orientações dos órgãos oficiais para diminuir a disseminação da Covid-19, entre elas evitar aglomerações em locais públicos. “Trata-se de um modelo inteiramente pensado para atender as demandas de cultura e entretenimento. Diferentemente de qualquer comércio ou serviço, no drive-in não há contato entre as pessoas”, afirma.

Levando em consideração o público espectador, os veículos passam por um pioneiro sistema de desinfecção nos pneus e da lataria, com ingresso validado eletronicamente e sem contato humano. A venda de alimentação e bebida é feita via aplicativo, e os produtos são entregues embalados na janela do veículo, que só pode permanecer aberta do lado esquerdo. “Até mesmo o uso dos sanitários ganhou uma ajuda muito importante no combate ao coronavírus. A ida aos banheiros deve ser solicitada e agendada via aplicativo, pois apenas uma pessoa por vez é autorizada a transitar na arena. Além da limpeza tradicional, os sanitários são dotados de um moderno sistema de esterilização de ar”, completa Cornelsen.

O show de Hamilton de Holanda acontece no dia 07 de novembro, a partir das 20h30, no Planeta Drive-In Curitiba, implantado na Pedreira Paulo Leminski – Parque das Pedreiras (R. João Gava, 970). Os ingressos, vendidos antecipadamente, custam a partir de R$ 80 por carro (com até 4 pessoas por automóvel), valor que pode ser parcelado em até 3 vezes no cartão de crédito, e estão disponíveis no site www.planetadrivein.com. Mais informações nas redes sociais oficiais da Planeta Brasil Entretenimento e do Planeta Drive-In.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Qual linha de ônibus de Curitiba define sua vida amorosa?

Qual linha de ônibus de Curitiba define sua vida amorosa?

Pra começar, escolha um lugar para o primeiro date

 

Largo da Ordem
Casa do crush
Rua XV
Suite com estaçaõ tubo do motel Le Piège
Terminal Boqueirão
Shopping Estação

Agora, um restaurante romântico para o dia 12

Feirinha do Largo da Ordem
Paris 6
Terraza 40
Copo sujo
Calabouço
Bar do Didi

Sua balada preferida

Victoria Villa
Adelsom Club Show
WS Brasil
James Bar
Verdant
+55

Por fim, um doce de terminal para levar dar seu (sua) crush

Moranguete
Maria mole
Canudo de doce de leite
Doce de abóbora coração
Bala de iogurte
Paçoca

Todas as 4 perguntas concluídas!


Compartilhe o resultado:

Qual linha de ônibus de Curitiba define sua vida amorosa?

Quer receber mais Busão Buzz?

Receba por e-mail os testes que publicamos por aqui!
Sem SPAM no Terminal, piá!

Com bandeira laranja, museus do Estado reabrem a partir desta quinta

Depois de nove dias de restrições rígidas, os museus do Estado que ficam na capital paranaense reabrem suas portas ao público a partir desta quinta-feira (10). As medidas indicadas pelo Decreto 960/2021 (bandeira laranja) permitem visitação com horários especiais, mantendo as exigências de distanciamento social e todos os demais cuidados sanitários. O novo decreto vale até o dia 16 de junho.

Espaços como o Museu Oscar Niemeyer, Museu de Arte Contemporânea do Paraná, Museu Paranaense, Museu Casa Alfredo Andersen, Museu da Imagem e do Som do Paraná já estão preparados para novamente receberem seus públicos com importantes medidas de segurança.

Museu Alfredo Andersen – Foto: Marcelo Almeida

“Uma série de protocolos foi adotada para possibilitar a reabertura dos museus neste período, como a limitação do número de pessoas para garantir um distanciamento seguro na circulação interna”, afirma a superintendente-geral da Cultura, Luciana Casagrande Pereira.

Todo o material impresso dos espaços, como guias e folders, foi substituído por versões digitais, que estão disponíveis através de QR Codes em pontos estratégicos dos locais, e o uso de máscara é sempre obrigatório, tanto para o público quanto para o corpo técnico da Cultura.

Museu Oscar Niemeyer (MON)

De segunda a sábado, das 10h às 18h

Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada)

Rua Marechal Hermes, 999 – Centro Cívico

www.museuoscarniemeyer.org.br

Museu de Arte Contemporânea do Paraná (MAC-PR)

De segunda a sábado, das 10h às 18h

Funcionamento temporário nas salas 08 e 09 do MON

Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada)

Rua Marechal Hermes, 999 – Centro Cívico

www.mac.pr.gov.br

Museu Paranaense (MUPA)

Reabertura a partir de sábado (12/06)

De terça a sábado, das 10h às 17h30

Entrada gratuita. Para entrada aos sábados, é necessário agendar sua visita previamente pelo Sympla (https://www.sympla.com.br/museuparanaense)

Rua Kellers, 289 – Alto São Francisco

www.museuparanaense.pr.gov.br

Museu Casa Alfredo Andersen (MCAA)

De terça a sábado, das 10h às 17h. Nos sábados, das 10h às 16h

Entrada gratuita

Rua Mateus Leme, 336 – Centro

www.mcaa.pr.gov.br

Museu da Imagem e do Som do Paraná (MIS-PR)

De terça a sábado, das 10h às 17h

Entrada gratuita

Rua Barão do Rio Branco, 395 – Centro

www.mis.pr.gov.br