Guardas retiram armas brancas e prendem foragidos em meio à população de rua

Em dois meses e meio, aproximadamente 160 facas, facões, canivetes, pequenas armas brancas e objetos pontiagudos foram encontrados nas abordagens feitas pelo Grupo de Pronto Emprego Operacional (GPEO) da Guarda Municipal no Centro da cidade. Esse material será encaminhado para destruição.

No mesmo período 16 pessoas com mandado de prisão em aberto foram localizadas, também durante as abordagens do GPEO, e encaminhadas à delegacia de polícia.

Guardas retiram armas brancas e prendem foragidos em meio à população de rua. Foto: Divulgação

“É uma estratégia tentar se esconder das autoridades policiais em meio à população de rua, trazendo riscos para essas pessoas”, diz o coordenador do GPEO, supervisor Antonio Flausino.

Equipe específica criada para ter maior presença e apoio em ruas e praças da região central, 24 horas por dia, o GPEO é composto por 100 guardas em patrulhamento preventivo, com apoio de viaturas, da ciclopatrulha e do Grupo Tático de Motos (GTM).

Em 2020, foram cerca de sete mil atendimentos à população, mais de 3,2 mil abordagens a pessoas suspeitas na região central feitas pelo GPEO e mil encaminhados para a autoridade policial, após abordagens e flagrantes em crimes e delitos, com destaque para o trabalho ostensivo desenvolvido na Rua XV de Novembro, no Largo da Ordem e nas praças Osório, 29 de Março e Tiradentes.

Ação integrada

Na tarde desta quarta-feira (17), em ação integrada na Praça Rui Barbosa, as equipes da Fundação de Ação Social (FAS) abordaram 16 pessoas que estavam em dois grupos. Apenas três delas aceitaram atendimento e foram levadas para a Central de Encaminhamento Social 24 Horas, onde passam por uma entrevista social e recebem os encaminhamentos necessários, como de acolhimento, saúde, alimentação ou outros que possam precisar.  

Doze delas não aceitaram atendimento e foram orientadas sobre os serviços ofertados pelo município e sobre os riscos de permanecerem nas ruas durante a pandemia.

Guardas da regional Matriz, que participaram da ação, viram um grupo de pessoas consumindo bebida alcoólica. De acordo com relato da equipe, próximo a elas estavam 16 invólucros de maconha e outros 19 de crack encontrados dentro de um tênis. Com uma mulher de 34 anos havia outra pequena embalagem com crack. Ela foi conduzida à Central de Flagrantes da Polícia Civil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Opção vegana faz sucesso em sorveteria curitibana

As sobremesas costumam ter atenção especial de pessoas com restrições alimentares. Diferentes de pratos salgados, nos quais é mais fácil perceber que levam carne ou algum tipo de alimento de origem animal, os doces precisam de mais informações para garantir que são veganos. Uma pedida para pessoas veganas que não leva leite ou qualquer outro insumo de origem animal é a linha da SOFT Ice Cream.

A rede apresenta sorvetes artesanais, com dedicação a cada etapa da produção de suas sobremesas. E as opções veganas da marca também estão entre as mais pedidas, até por quem não tem restrição quanto ao que consome. Mantendo muito sabor, os sorvetes veganos são feitos com as frutas, água e açúcar, não levando nenhum tipo de ingrediente de origem animal, nem conservante, emulsificante, corante ou aromatizante. O de frutas vermelhas é feito com morango, framboesa, amora e mirtilo, enquanto o de frutas amarelas leva manga e maracujá.

São três lojas SOFT em Curitiba, e casa uma tem sua opção. As unidades Batel e Palladium servem frutas vermelhas, enquanto a do MON tem frutas amarelas.

A SOFT conta com três lojas em Curitiba: Shopping Palladium (Av. Presidente Kennedy, 4121 – Piso L1 – Portão), Batel (Al. Dr. Carlos de Carvalho, 665) e Museu Oscar Niemeyer – MON (R. Manoel Eufrásio, 1550 – Centro Cívico). Mais informações no perfil oficial da rede no Instagram (@soft.icecream.co).

Congelados de alta gastronomia dão sabor ao verão paranaense

A praticidade na cozinha é sempre bem valorizada, ainda mais para quem está de férias e não quer perder muito tempo em frente ao fogão – mas também não abre mão de uma refeição saborosa. Os congelados, que já foram vistos com maus olhos por perder qualidade e sabor dos alimentos, hoje contam com opções de alta gastronomia que ganham muito em qualidade e são fáceis de preparar. Das linhas fit até pedidas dignas de restaurante, há muitas opções.

A Ragú Rotisseria& Co. é uma empresa curitibana que entrou com tudo no mercado de ultracongelados. O cardápio variado da empresa, elaborado pela chef e restaurateur Fernanda Zacarias de Alencar, destaca insumos de alta qualidade e um preparo atencioso em entradas e pratos principais. Muitos dos pratos mais pedidos são apresentados no formato ultracongelado, cujo processo mantém intactas as propriedades do alimento sem alterar sabor nem apresentação.

Essa praticidade, já apresentada em Curitiba, também ganhou o litoral. Durante o verão, a empresa montou uma pop-up store em Caiobá. “Apresentamos nessa loja um grande linha de aperitivos, antepastos, massas, molhos, massas de forno, pratos prontos para a família e nossos PFs do dia a dia”, explica Bruna Loddo, sócia de Fernanda na Ragú. No site da Rotisseria, há dicas para preparo, além das sócias deixarem aberto um canal para tirar dúvidas sobre montagem de pratos, garantindo que a refeição congelada terá um tratamento de alta gastronomia.

As massas pré-prontas estão entre as mais pedidas, apresentadas em diferentes formatos. As recheadas vem em porções de 400 gramas que atendem duas pessoas, em sabores como Queijo Canastra, Brie & Damasco e Zucca (abóbora). Já massas lisas e gnocchi (como o Tagliatelle verde e o Gnocchi clássico de batata com rústico de tomate) são apresentados por quilo. O cliente adiciona o molho que preferir à massa, do Bechamel e do Funghi até o Creme de limão siciliano, vendidos também por quilo.

A linha PF Dia a Dia traz porções individuais de 350 gramas ultracongeladas. São escolhas que vão do PF de carne moída com arroz integral, legumes e feijão, ou ainda o Frango ao curry, arroz com castanha de caju e cenouras assadas até Bobó de camarão rosa com arroz branco e farofa de dendê. O menu tem diversas pedidas vegetarianas, como Canelone de ricota e espinafre ao molho sugo e bechamel e a Panqueca integral de legumes ao molho sugo. Os ultracongelados da Ragú Rotisseria & Co. podem ser encontrados na loja de Curitiba (R. Francisco Rocha, 533 – Batel) e na praia de Caiobá, em Matinhos (R. Ipiranga, 192 – Praia Mansa). Mais informações no site ragurotisseria.com.br e ou no perfil oficial da marca no Instagram (@ragu.rotisseria).

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com