Governo ativa mais 148 leitos Covid e estuda ampliar mais 97

O Governo do Estado ativou mais 55 leitos de UTI e 93 de enfermaria desde sexta-feira (26). Destes, 31 UTIs e 36 enfermarias foram disponibilizadas no Hospital Angelina Caron, em Campina Grande do Sul, que entraram em operação nesta segunda-feira (01). O Paraná prevê ainda a ampliação de mais 54 UTIs e 43 enfermarias nos próximos dias.

Na última semana, o Estado ativou 336 leitos, sendo 134 UTIs e 202 enfermarias para atendimento à Covid-19. Essas ativações fazem parte da ampliação emergencial de leitos em todo o Paraná devido ao aumento da demanda por atendimento hospitalar de casos confirmados e/ou suspeitos do vírus SARS-CoV-2.

“O Paraná não tem medido esforços para ampliar o atendimento e regionalizar a saúde trazendo o serviço médico para mais próximo das pessoas. Neste momento estamos utilizando toda a capacidade hospitalar do Estado para evitar filas e risco à vida de pacientes”, disse o governador Carlos Massa Ratinho Junior.
Segundo o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, estas ampliações não podem ser usadas como desculpa para relaxamento de medidas de prevenção. “Ressaltamos que as ampliações de atendimento são finitas e não devem, de forma alguma, servir como argumento para deixar de se cuidar. As medidas de prevenção devem continuar sendo seguidas, Estamos chegando cada vez mais no limite”, afirmou.

DADOS – Dados da Regulação de Leitos Estadual mostram que na manhã desta segunda-feira (1º) o Paraná somou 3.650 pessoas internadas em leitos Covid e 616 aguardando transferência, sendo 387 pela Regulação do Estado e 229 pela Central Metropolitana de Leitos de Curitiba. Os números são os maiores desde o início da pandemia.

A taxa de ocupação de leitos no Paraná é de 92% das UTIs e 72% de enfermarias. A situação mais crítica é na macrorregião Oeste, com 97% de ocupação de leitos de UTI, seguida pela macro Norte, com 94%, macro Leste, com 92%, e Noroeste com 82%.

“Dia após dia temos registrado números cada vez maiores tanto de internamentos quanto de pessoas em fila de espera por leitos. Infelizmente sabemos que 25% destas pessoas, mesmo com atendimento hospitalar, não irão resistir às complicações causadas pela doença. Por isso reforçamos que é a melhor escolha é se prevenir. Quem puder, que fique em casa”, acrescentou Beto Preto.
LEITOS – Novas ampliações:
Fundação Hospitalar da Fronteira – Pranchita – 8 leitos de enfermaria.
Hospital Pró-Vida – Dois Vizinhos – 15 leitos de enfermaria.

Casa de Saúde Santa Isabel do Oeste – Santa Isabel do Oeste – 10 leitos de enfermaria.

Santa Casa – Curitiba – 15 leitos de UTI.

Hospital Doutor Aurélio – Nova Aurora – 4 leitos de UTI e 6 leitos de enfermaria.

Hospital Maternidade São Judas Tadeus – Dois Vizinhos – 5 leitos de enfermaria.

Hospital Angelina Caron – 31 leitos de UTI e 36 leitos de enfermaria.

Hospital Madalena Sofia – Curitiba – 13 leitos de enfermaria.
Hospital Santa Clara – Colorado – 5 leitos de UTI.

TOTAL: 55 leitos de UTI e 93 leitos de enfermaria.

Ampliações já anunciadas (22/02 – 01/03):

Hospital Metropolitano – Sarandi – 20 leitos de UTI e 5 leitos de enfermaria.

Hospital Municipal do Idoso Zilda Arns – Curitiba – 10 leitos de UTI.

Hospital Santa Rita – Maringá – 1 leito de UTI.

Hospital Municipal Padre Germano Lauck – Foz do Iguaçu – 10 leitos de UTI e 15 leitos de enfermaria.

Hospital Santa Pelizzari – Palmas – 3 leitos de UTI.

Hospital Regional do Sudoeste – Francisco Beltrão – 6 leitos de UTI.

Hospital Santa Rita – Maringá – 4 leitos de UTI.

Hospital Municipal – Cascavel – 6 leitos de UTI.

Hospital Bom Jesus – Ivaiporã – 4 leitos de UTI e 4 leitos de enfermaria.

Hospital Cruz Vermelha – Castro – 10 leitos de UTI e 25 de enfermaria.

Hospital Zona Norte – Londrina – 20 leitos de enfermaria.

Hospital Zona Sul – Londrina – 30 leitos de enfermaria.

Hospital Regional – Ivaiporã – 10 leitos de enfermaria.

Hospital Municipal – Maringá – 5 leitos de UTI.

Total: 79 leitos de UTI e 109 leitos de enfermaria.

Informações AEN PR.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Covid-19: 150 milhões de brasileiros foram vacinadas com a primeira dose

O Ministério da Saúde anunciou na noite desta quinta-feira (14) que o Brasil alcançou a marca de 150 milhões de pessoas vacinadas com pelo menos uma dose de vacina contra a covid-19. Ao todo, foram aplicadas 150.179.756 doses, de acordo com o balanço mais recente da pasta. 

O número representa cerca de 93% dos 160 milhões de brasileiros que fazem parte do público-alvo da campanha, a partir dos 12 anos de idade.

Já o ciclo vacinal completo com duas doses ou dose única da vacina da Janssen está se aproximando de 62% do público-alvo, segundo a pasta. São 100.632.085 doses aplicadas até agora. 

Somando primeira e segunda doses, além da dose única, foram aplicadas, até agora, um total de 250.811.841 vacinas. O Ministério da Saúde informa ainda que 310.498.347 doses já foram distribuídas aos estados.  

Motoristas encerram greve no transporte coletivo de São José dos Pinhais

Motoristas de ônibus encerraram a greve do transporte coletivo de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Com isso, o serviço voltou a funcionar normalmente nesta sexta-feira (15).

A retomada aconteceu depois da categoria aceitar uma proposta da Auto Viação Sanjotur em uma assembleia realizada na quinta (14).

Os funcionários não receberam parte do salário que deveria ter caído na conta na última sexta-feira (8).

A empresa fez proposta aos trabalhadores de na segunda-feira (18) pagar 50% e dia 25 de outubro o restante.

A Sanjotur opera mais de dez linhas de ônibus urbanas e rurais.

Informações Banda B