Flamengo vence Athletico-PR no Brasileirão e entra no G4

Coritiba e São Paulo ficam na igualdade

O Flamengo venceu o Athletico-PR por 3 a 1 na tarde deste domingo (4), no estádio do Maracanã pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com este resultado, a equipe carioca chegou à quarta posição, com 21 pontos. Contudo, para permanecer no G4 até o final da rodada, terá de torcer para o Vasco não vencer o líder Atlético-MG ainda neste domingo, no Mineirão. Já o Athletico-PR, com 14, fica com apenas dois pontos de vantagem sobre a primeira equipe dentro da zona do rebaixamento, o Coritiba.

Primeiro tempo sem gols

As melhores oportunidades do primeiro tempo foram criadas pelos paranaenses. Com menos de um minuto de jogo, quase abriram o placar. O goleiro Hugo, do Flamengo, saiu tocando errado. Na sequência, o colombiano Jaime Alvarado acertou a trave. Aos 13, o Furacão voltou a assustar no chute cruzado do lateral-esquerdo Abner, forçando a defesa de Hugo. Em seguida, aos 22, o árbitro Rodrigo Dalonso Ferreira (SC) marcou pênalti para o Furacão em falta sofrida por Carlos Eduardo, no carrinho do zagueiro Gabriel Noga. Entretanto, após ser avisado pelo árbitro de vídeo (VAR) Elmo Alves Resende Cunha (GO), voltou atrás. Isso porque a falta aconteceu fora da grande área. Os rubro-negros cariocas incomodaram somente aos 33, em falta cobrada pelo uruguaio Arrascaeta.

Domínio na etapa final

Os cariocas voltaram com outra postura após o intervalo. Com 1 minuto, Everton Ribeiro, que entrou no segundo tempo, chutou de fora da área, exigindo bela defesa do goleiro Santos. Logo depois, aos 10, Pedro abriu o placar com chute na saída de Santos, que, desta vez, não conseguiu defender. Dois minutos depois, Bruno Henrique cruzou e a bola tocou no braço de Léo Gomes dentro da grande área. O árbitro marcou pênalti. O próprio Bruno Henrique cobrou e marcou o segundo para os donos da casa.

Os visitantes ainda reagiram. Aos 21, Renato Kayzer, de cabeça, descontou para os visitantes. Dez minutos depois, Everton Ribeiro, do Flamengo, deu um banho de água fria no adversário. Em um chute de fora da área do meio-campista, a bola desviou na zaga e enganou o goleiro Santos. Flamengo 3, Athletico-PR 1.

Com esta vitória, os flamenguistas aumentaram a invencibilidade contra o Furacão. Nos últimos seis jogos, foram quatro vitórias e dois empates. A última vez que os paranaenses bateram os cariocas foi no Campeonato Brasileiro de 2018, quando o Athletico-PR venceu por 2 a 1, de virada, no Maracanã.

O Flamengo volta a campo na próxima quarta-feira (7) para fazer outro duelo de rubro-negros, desta vez com o Sport. O confronto será realizado no Maracanã, às 19h15. Já o Athletico-PR recebe o Ceará na quinta-feira (8) às 19h, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Igualdade no Couto Pereira

Também pela 13ª rodada do Brasileiro, Coritiba e São Paulo empataram em 1 a 1 em partida disputada, neste domingo (4), no estádio Couto Pereira.

A equipe paulista entrou desligada na partida, e permitiu que o Coxa abrisse o placar aos 5 minutos de jogo. Robson, que já teve passagem pelo São Paulo, cobrou falta com muita categoria por cima da barreira para vencer o goleiro Tiago Volpi.

Com a vantagem no marcador, o time do técnico Jorginho se fechou atrás e segurou o placar até o intervalo. Porém, a equipe comandada pelo técnico Fernando Diniz chegou à igualdade na etapa final. Em cobrança de falta de Daniel Alves, a bola bate no braço de Hugo Moura dentro da área. O juiz assinalou pênalti, que foi convertido pelo lateral Reinaldo aos 23 minutos.

O empate perdurou até o final, resultado que deixou o São Paulo com 20 pontos e o Coritiba com 12.

Na próxima rodada o Coxa visita o Grêmio em Porto Alegre, na próxima quarta (7) a partir das 19h15, no mesmo dia o Tricolor recebe o Atlético-GO, a partir das 20h30, no Morumbi.

Veja a classificação atualizada da Série A do Brasileiro.

Informações Agência Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Psicologia do esporte: atletas precisam aprender a lidar com frustrações para seguir em frente

Todo mundo passa, todos os dias, por frustrações de todos os tipos e intensidades. A vida, assim como a prática esportiva, é uma tarefa que provoca uma série de desconfortos, mas é possível melhorar o desempenho se os problemas forem encarados de frente. Por isso a frustração de um atleta é sempre legítima. Mas um desdobramento do fracasso é a dificuldade individual e até mesmo social de lidar com uma expectativa não realizada, o que pode causar vergonha, sentimento de incapacidade e falta de reconhecimento pelo esforço despendido.

Sofrer uma derrota na prática esportiva pode gerar efeitos psicológicos aos atletas e trazer emoções negativas, como pessimismo, falta de ânimo, indecisão, fadiga mental e falta de confiança. Segundo a doutora em atividade física e saúde e professora de Psicologia do Esporte na Universidade Positivo, Paula Born, é importante que o atleta saiba ressignificar toda a situação criada pela derrota. “A primeira coisa a fazer é olhar para a perda de forma positiva, perceber os erros, fazer uma autoavaliação, pensar nas emoções negativas que vieram com a derrota e mantê-las estáveis”, aconselha.

Hoje em dia, principalmente depois da pandemia, os sintomas depressivos e de ansiedade estão em alta. “Não é diferente para os atletas. Sintomas como esses pedem acompanhamento profissional com um psicólogo do esporte. Outra alternativa é conversar com o treinador ou preparador físico, que são as pessoas que convivem no dia a dia com o atleta. Esses profissionais poderão oferecer um tratamento especial”, afirma a professora.

Os atletas bem-sucedidos são aqueles que sabem lidar com as emoções negativas e transformá-las em energia para treinar e melhorar o desempenho na próxima competição. Segundo o coordenador acadêmico da academia UPX Sports e coordenador do curso de Educação Física da Universidade Positivo, Zair Cândido de Oliveira Netto, “a frustração e a decepção são compreensíveis – ainda que o esporte ajude a desenvolver a resiliência, a persistir diante do revés e a superar obstáculos”.

Sobre a Universidade Positivo

A Universidade Positivo é referência em Ensino Superior entre as IES do Estado do Paraná e é uma marca de reconhecimento nacional. Com salas de aula modernas, laboratórios com tecnologia de ponta e mais de 400 mil metros quadrados de área verde no campus sede, a Universidade Positivo é reconhecida pela experiência educacional de mais de três décadas. A Instituição conta com três unidades em Curitiba (PR), uma em Londrina (PR), uma em Ponta Grossa (PR) e mais de 70 polos de EAD no Brasil. Atualmente, oferece mais de 60 cursos de graduação, centenas de programas de especialização e MBA, cinco programas de mestrado e doutorado, além de cursos de educação continuada, programas de extensão e parcerias internacionais para intercâmbios, cursos e visitas. Além disso, tem sete clínicas de atendimento gratuito à comunidade, que totalizam cerca de 3.500 metros quadrados. Em 2019, a Universidade Positivo foi classificada entre as 100 instituições mais bem colocadas no ranking mundial de sustentabilidade da UI GreenMetric. Desde março de 2020 integra o Grupo Cruzeiro do Sul Educacional. Mais informações em up.edu.br/

Sobre a UPX Sports

A UPX Sports é o maior e mais completo centro esportivo do Paraná. Instalada no campus da Universidade Positivo, em Curitiba, é composta por academia, ginásio olímpico, quadras cobertas e ao ar livre, piscinas adulto e infantil, pista de atletismo, pista de caminhada ao redor do lago  e campo de futebol oficial e society (@upxsports).

Mulheres ganham vinho e espumante na segunda-feira do Marcondes

O encontro entre amigas ganha um brinde especial nas segundas-feiras do Marcondes Cozinha Autoral. O restaurante dedicado à alta gastronomia começa uma nova promoção nessa segunda-feira (14/11). A Segunda das Mulheres tem uma ação exclusiva para elas, tornando esse dia da semana a melhor pedida para encontrar amigas em torno da boa gastronomia.

As mulheres que forem jantar no restaurante ganham itens selecionados pelo sommelier. Duas mulheres ganham uma taça de espumante cada. Já se estiverem em quatro, o grupo ganha uma garrafa de vinho branco ou de espumante.

A novidade é ideal para amigas que queiram degustar do destaque da casa: o Menu Confiance. A sequência de pratos é elaborada para surpreender as clientes, com preparos inovadores. Após uma conversa inicial sobre restrições alimentares, o chef tem a liberdade de apresentar criações originais cheias de sabor. Há opções de sequências com cinco, sete e nove etapas. Já figuraram pratos que aliam a releitura de clássicos com alta gastronomia criativa como o Stinco de cordeiro com linguini na manteiga de ervas e molho do próprio assado, Pescada amarela curada com alho negro e espuma de cebolinha e Magret de pato com purê de maçã e jambu com caldo de tucupi, entre outros.

Outra oportunidade é saborear o Festival das Trufas Frescas, um menu completo com couvert, entrada, prato principal e sobremesa. Como principal, são quatro opções: Polenta cremosa com ragu de ossobuco finalizado com trufas frescas, Entrecot com nhoque ao molho de vinho Barolo finalizado com as trufas, Mignon ao molho de mostarda com risoto milanês e finalizado com trufas frescas, e Fettuccine artesanal ao molho pesto e espuma de parmesão finalizado com as trufas frescas. A sequência sai a R$ 159 por pessoa.

A Segunda das Mulheres começa nesta segunda-feira (14/11). A casa abre para jantar às 18h30. O Marcondes funciona na R. Recife, 220 – Cabral. Mais informações no perfil oficial do restaurante no Instagram (@marcondesrestaurante). Reservas por WhatsApp (41) 3205-4982.