Fiscalização coíbe estacionamento irregular nos arredores do Barigui

Nove veículos foram guinchados e 865 multas foram emitidas por estacionamento irregular ou em local proibido nos arredores do Parque Barigui. O balanço da Secretaria Municipal de Defesa Social e Trânsito refere aos últimos cinco dias (de 29/4 a 3/5).

A fiscalização foi intensificada na região depois que a Superintendência de Trânsito (Setran) ampliou a área na qual é proibido estacionar, com a instalação de placas de trânsito que indicam ao motorista onde não é possível deixar o veículo.

Do total de veículos autuados, nove deles tinham débitos: multas em atraso, falta de pagamento de IPVA e taxas de licenciamento, situação que provocou a remoção da via pública com o apoio do serviço de guincho da Prefeitura.

Para a retirada do veículo do pátio da Setran, o proprietário precisa quitar os débitos, além de pagar a remoção e as diárias no pátio. O motorista encontra todas as informações necessárias no site da Setran.

Ações continuam

Agentes de trânsito e guardas municipais continuam a fiscalizar o estacionamento irregular – e outras infrações de trânsito – nos arredores dos parques Barigui, Tingui e em outros pontos que ainda registram grande concentração de pessoas, neste período de combate ao novo coronavírus e no qual a administração pública recomenda o isolamento social. 

Os motoristas devem manter atenção quanto à sinalização de trânsito. Ruas de acesso ao Parque Tingui também receberam nova sinalização, com placas, indicando proibição de estacionamento. 

Sérgio Moro recebe carteira da OAB e abre escritório em Curitiba

Antes de começar a advogar, no entanto, Moro deverá acabar de cumprir a quarentena de seis meses determinada pela Comissão de Ética da Presidência.

O ex-juiz federal que conduziu a Lava Jato e colecionou desafetos entre alguns criminalistas vai atender sua futura clientela em um endereço de Curitiba, base e origem da maior operação já desencadeada no País contra a corrupção.

Antes de começar a advogar, no entanto, Moro deverá acabar de cumprir a quarentena de seis meses determinada pela Comissão de Ética da Presidência. Levando em consideração a data em que anunciou sua renúncia e acusou o presidente de suposta tentativa de interferência na Polícia Federal, 24 de abril, a quarentena do ex-juiz terminará no fim de outubro.

Informações Banda B.

Curitiba tem 362 novos casos e sete mortes por covid-19

Curitiba registrou nesta quarta-feira (16/9), 362 novos casos de covid-19 e sete óbitos de moradores da cidade infectados pelo novo coronavírus, conforme boletim da Secretaria Municipal da Saúde.

As novas vítimas são três homens e quatro mulheres, com idades entre 39 e 92 anos. Quatro destes óbitos ocorreram nas últimas 48 horas. Os demais foram nos dias 9 e 14 de agosto.

Apenas um dos pacientes não apresentava fator de risco para as complicações da covid-19.  

Até agora são 1.156 mortes na cidade provocadas pela doença neste período de pandemia.

Novos casos

Com os novos casos confirmados, sobre 39.631 moradores de Curitiba testaram positivo para a covid-19 desde o início da pandemia, dos quais 33.831 estão liberados do isolamento e sem sintomas da doença.

São 4.644 casos ativos na cidade, correspondentes ao número de pessoas com potencial de transmissão do vírus.

UTIs do SUS

Nesta quarta-feira (16/9), a taxa de ocupação dos 334 leitos de UTI SUS exclusivos para covid-19 é de 87%. Todos os pacientes que são internados com quadro de síndrome respiratória aguda grave vão para os leitos exclusivos covid-19 e não apenas os casos confirmados da doença. No momento restam 47 leitos livres.

Números da covid-19 em 16 de setembro

362 novos casos
7 novos óbitos

Números totais

Confirmados – 39.631
Investigação: 630
Recuperados – 33.831
Óbitos – 1.156