Feirão Limpa Nome termina hoje

Depois de mais de 40 dias, o Feirão Serasa Limpa Nome termina hoje (20) com mais de 4 milhões de acordos de renegociação de dívidas fechados. Até ontem (19), mais de R$ 10 bilhões em descontos foram concedidos em débitos com financeiras, bancos, empresas de telefonia, lojas de varejo e outros tipos de estabelecimento.

A iniciativa, que começou em 3 de novembro, inicialmente terminaria dia 6 de dezembro, mas foi estendida em duas semanas por causa da alta demanda. Neste ano, os mais de 100 parceiros da Serasa concederam descontos de até 99% em dívidas e permitiu o parcelamento do restante em até 72 vezes sem juros.

Além dessas opções, o feirão concedeu o auxílio dívida, um bônus em dinheiro para quem limpar o nome e fizer o pagamento à vista. Nesses casos, foi dado um crédito de R$ 50 para qualquer pessoa que negociar e pagar à vista acordos a partir de R$ 200. O auxílio é válido para uma ou várias dívidas somadas e negociadas através do aplicativo.

Participam do evento mais de 100 empresas parceiras de diversos setores, permitindo que dívidas com cartão de crédito, lojas, água, luz e telefone, entre outros, sejam negociadas por meios digitais e sem precisar sair de casa.

Para participar basta baixar o aplicativo Serasa, na loja de aplicativos do celular. Também é possível negociar as dívidas pela internet, pelo WhatsApp (11) 99575-2096 ou pelo 0800 591 1222. Além dos canais digitais, o interessado também pode ir até uma das agências dos Correios levando documento original com foto, fazer a consulta e gerar o boleto na hora.

Passo a passo para negociar

1º passo: Baixar o aplicativo da Serasa no celular (disponível para Android e iOS), digitar o CPF [Cadastro de Pessoas Físicas] e preencher um  cadastro. Ao entrar na plataforma, todas as informações financeiras do consumidor já aparecerão na tela.

2º passo: Após selecionar a opção “ver ofertas” é possível verificar as condições oferecidas para pagamento com o desconto do Serasa Limpa Nome já aplicado. Basta clicar em uma das dívidas disponíveis e serão apresentadas as opções para renegociar cada débito.

3 º passo: Depois que uma das opções for escolhida, o formato do pagamento selecionado deve ser à vista e deve acontecer até 30 de novembro. Depois disso, é importante revisar e finalizar o acordo feito.

4º passo: Após gerar o boleto, o pagamento deve ser efetuado até o dia 30 de novembro por meio da carteira digital da Serasa ou outro meio de preferência do consumidor.

5º passo: Após o pagamento, o valor de R$ 50 será creditado na Carteira Digital Serasa, que deve estar ativa. O depósito pode ocorrer até o dia 17 de dezembro. O crédito deve ser utilizado até 31 de janeiro de 2022. Se não for usado será estornado.

* Colaborou Flávia Albuquerque, de São Paulo

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.