Estão abertas as inscrições para alistamento militar obrigatório

Desde o início do ano está aberto o prazo de inscrição para o alistamento militar obrigatório para os jovens brasileiros do sexo masculino que completam 18 anos durante o ano de 2021. O prazo iniciou em 1º de janeiro e vai até 30 de junho. A prestação de serviço militar tem duração de 12 meses. As inscrições online podem ser feitas pelo site www.alistamento.eb.mil.br.

Para a inscrição online é necessário ter em mãos os seguintes documentos: CPF, carteira de identidade, comprovante de endereço com CEP, endereço de e-mail e telefone. Após preencher o formulário, o candidato pode acompanhar os próximos passos no mesmo site. O acesso é feito com o número do CPF e a senha criada no momento do cadastro.

Para quem não tem acesso à internet, a inscrição deve ser feita em uma Junta do Serviço Militar (JMS), mais próxima da sua residência. Nesse caso, o jovem deve apresentar certidão de nascimento ou prova equivalente e comprovante de residência ou declaração firmada por ele.

Casos especiais

Em alguns casos, o alistamento só pode ser feito presencialmente. É a situação do jovem que for arrimo de família, ou seja, o único responsável pelo sustento da família. Nessa situação, o jovem deve apresentar um requerimento pedindo dispensa de incorporação e também apresentar documentos que comprovem sua condição de arrimo.

Outra situação é para os jovens que se enquadrem na condição de pessoa com deficiência. De acordo com o Ministério da Defesa, para solicitar a dispensa o “portador de necessidade especial física aparente, entregará requerimento solicitando isenção do serviço militar e atestado médico com diagnóstico de incapacidade e o respectivo CID, que é a Classificação Internacional de Doenças”.

Caso a pessoa não tenha condição de comparecer à JSM por incapacidade absoluta, ele poderá ser representado por tutor ou curador.

Nome social

A legislação prevê ainda a a possibilidade de o jovem se alistar com o nome social. Nesse caso, o jovem deve se dirigir à junta militar com certidão de nascimento ou equivalente, comprovante de residência, documento oficial com foto, como: carteira de identidade, de trabalho, profissional ou passaporte e requerimento para uso de nome social, disponível neste endereço.

Para quem mora no exterior, é necessário dirigir-se à repartição consular com certidão de nascimento, comprovante de residência e documento oficial com foto.

A seleção dos jovens para ingresso nas Forças Armadas ocorre no período de 1º de julho a 28 de outubro. A primeira etapa é um teste de conhecimentos gerais, seguido de exames médicos e psicotécnicos. Após o resultado, os jovens podem ser incorporados ou dispensados do serviço militar. Caso seja dispensado, o jovem recebe o Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI). Ele participa de uma cerimônia onde se compromete a se apresentar futuramente, caso seja necessário.

Informações Banda B.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jogadores da seleção brasileira decidem disputar Copa América

Jogadores da seleção brasileira decidiram que irão disputar a Copa América no Brasil. Houve uma possibilidade de boicote quando Rogério Caboclo ainda era o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O dirigente foi afastado do cargo por 30 dias após ser acusado de assédio sexual por sua secretária na entidade.

No entanto, os jogares irão divulgar um manifesto contrário a realização do evento no país devido ao agravamento da pandemia de Covid-19 e de desaprovação com a maneira como a Copa América foi transferida para o Brasil depois da desistência de Colômbia e Argentina.

Desde o anúncio da Conmebol de que a Copa América seria disputada no Brasil, os jogadores se manifestaram contrários a realização do evento. Na sexta (4), o capitão Casemiro afirmou que a posição do elenco e da comissão técnica sobre o evento era unânime e de conhecimento público.

“Não podemos falar do assunto. Todo mundo já sabe do nosso posicionamento. Mais claro impossível. O Tite deixou claro para todo mundo o que nós pensamos da Copa América. Existe respeito e hierarquias que respeitamos. Claro que queremos dar a nossa opinião, rolou muitas coisas”, contou o jogador, em entrevista à TV Globo, ainda no gramado do Beira-Rio.

Na ocasião, ele disse que os jogadores e a comissão técnica tornariam pública a posição sobre o torneio nesta terça. Foi Tite quem deu apoio às decisões do elenco, mas pediu que só se posicionasse depois da partida contra o Paraguai.

Ainda na sexta, após o jogo, Caboclo teria ido ao vestiário e deixado a situação ainda mais complicada. Na semana passada, o presidente foi afastado da CBF por denúncia de assédio sexual e moral.

Edital do Enem 2021 é divulgado: confira o calendário

Após o ministro da Educação, Milton Ribeiro, ir às redes sociais e antecipar, na segunda-feira (31) que o Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) 2021 vai acontecer nos dias 21 e 28 de novembro, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou nesta quarta-feira (2) o edital com o cronograma do exame. As inscrições poderão ser feitas entre os dias 30 de junho e 14 de julho.

Como os processos do exame dependem da divulgação do edital, documento oficial com todas as diretrizes e datas das provas, a realização do Enem 2021 ainda neste ano vinha causando incertezas – normalmente, o edital é divulgado em março e as inscrições começam em maio. Agora, mesmo com atraso em relação a anos anteriores, pessoas interessadas já podem se planejar.

A seguir, confira o calendário e as principais perguntas sobre o exame

Provas

As provas do Enem Impresso e do Enem Digital serão aplicadas no mesmo dia, o que, segundo o Inep, deve otimizar a elaboração dos Cadernos de Questões, já que as duas versões utilizarão os mesmos itens. Além disso, a participação dos “treineiros” – estudantes que ainda estejam cursando ou não tenham concluído o ensino médio – está garantida na versão impressa.

Cronograma

– De 30 de junho a 14 de julho: inscrições.

– Até 19 de julho: pagamento da taxa de inscrição.

– De 30 de junho a 14 de julho: atendimento especializado.

– De 19 de julho a 23 de julho: pedido de tratamento pelo nome social.

– 21 e 28 de novembro: realização das provas.

Qual o horário de realização das provas?

As provas seguem o horário de Brasília.

– Abertura dos portões: 12h.

– Fechamento dos portões: 13h.

– Início das provas: 13h30.

– Término das provas no 1º dia: 19h.

– Término das provas no 2º dia: 18h30.

Como e onde fazer a inscrição?

Todas as pessoas interessadas em fazer o Enem 2021, inclusive aquelas que solicitaram isenção da taxa de inscrição do exame até o dia 28 de junho, devem efetuar a inscrição no site oficial do Inep, na Página do Participante, do dia 30 de junho ao dia 14 de julho de 2021 às 23h59 (horário de Brasília-DF).

Na hora de se inscrever, o participante deve informar os seguintes dados:

– Número do CPF e data de nascimento (o Inep aceita apenas uma inscrição por número de CPF).

– Optar pela participação no Enem 2021 digital ou impresso (após concluir a inscrição, não será possível alterar essa opção).

– Informar endereço de email e número de telefone fixo ou celular válidos.

– Indicar a unidade da federação e o município onde deseja realizar o exame.

– Solicitar, se necessário, atendimento especializado (válido, por exemplo, para pessoas com deficiência).

– Selecionar a língua (inglês ou espanhol) em que realizará a prova de Língua Estrangeira.

– Criar cadastro e senha de acesso para a Página do Participante

Qual o valor da taxa de inscrição?

A taxa de inscrição do Enem 2021 é de R$ 85,00. O valor deverá ser pago até 19 de julho de 2021, respeitando os horários de compensação bancária, sob risco de a inscrição não ser confirmada. O Inep informou que não haverá prorrogação no prazo. O pagamento da taxa de inscrição vale somente para o participante que não solicitou ou não teve aprovada a isenção da taxa de inscrição.

Quantas vagas o Enem Digital oferece?

O Inep informou que o Enem Digital 2021 ofertará 101.100 vagas para os primeiros participantes que optarem por essa modalidade. Aqui, vale lembrar que o Enem não tem limite de inscrições na modalidade impressa, mas, por questões logísticas, a versão digital estabelece um teto para controle e monitoramento dos candidatos.

Neste ano, os participantes que optarem pela versão digital do exame também terão a oferta de atendimentos especializados. Os recursos disponíveis serão prova ampliada, prova superampliada, prova com contraste e locais de prova com acessibilidade para pessoas com deficiência.

O Enem Impresso respeita regras sanitárias?

Para a realização do Enem 2021, o Inep considera o cenário atual da pandemia no Brasil. Atualmente, o instituto e o consórcio aplicador fazem o mapeamento de possíveis locais de realização das provas que garantam o cumprimento das medidas sanitárias de prevenção contra a covid-19, como o distanciamento social. Como na aplicação do Enem 2020, realizada em janeiro de 2021, houve aglomeração e o não cumprimento de todas as diretrizes sanitárias, uma das possibilidades em estudo pelo Inep é o aumento do número de municípios de aplicação.