Estado amplia leitos e UTIs no Litoral, mas alerta para limites de estrutura

Governo do Estado vai aumentar o número de leitos exclusivos para tratamento da Covid-19 no Litoral antes do início da temporada de verão, mas a região já apresenta índices de ocupação hospitalar para tratamento da doença na casa dos 100%. Por isso, o apelo é para que as pessoas evitem viajar para as praias nas celebrações de fim de ano e não promovam aglomerações que permitam a disseminação do vírus. O alerta ocorre em razão do risco de estrangular o sistema de saúde, que tem limites de estrutura.

Maior complexo médico disponível no Litoral, o Hospital Regional de Paranaguá vai ativar na próxima semana mais 15 espaços de enfermaria e 5 unidades de terapia intensiva (UTI). Com isso, passará a contar com 50 leitos adultos, sendo 25 para cada modalidade, todos voltados para atendimentos de pacientes infectados pelo coronavírus. O centro médico tem ainda 14 UTIs para procedimentos gerais via Sistema Único de Saúde.

Apesar da ampliação de 67% na estrutura para a população adulta, a Secretaria de Estado da Saúde alerta para a seriedade do panorama atual da pandemia no Paraná. Houve um crescimento do número de casos e mortes em decorrência da doença a partir de novembro, com reflexo imediato também na região litorânea.

Para evitar o estrangulamento do serviço de saúde, o governador Carlos Massa Ratinho Junior reforçou o pedido para a população colaborar com o distanciamento social. Segundo ele, sem a efetivação de uma vacina comprovadamente eficaz, é o distanciamento físico, aliado ao uso da máscara, do álcool gel e da higiene pessoal, que serve de proteção contra a doença.

SEM AGLOMERAÇÃO – “Volto a pedir para quem puder ficar em casa. Que as pessoas evitem aglomerações, evitem viajar para as praias do Estado neste período de verão. Estamos fazendo o possível para dar conta, mas sem a ajuda de todos pode ser que os leitos não sejam suficientes. Que falte estrutura para atender a população local e também a itinerante em caso de necessidade extrema”, afirmou o governador.

A preocupação é que o movimento da virada. Em 2019, Guaratuba, Matinhos e Pontal do Paraná reuniram mais de 2,5 milhões de pessoas durante os festejos de Réveillon. “Precisamos ter consciência de que será um Natal, um Réveillon e um verão diferentes. É necessário ficarmos isolados e seguros para que tudo volte ao normal o mais rapidamente possível”, ressaltou Ratinho Junior.

INCIDÊNCIA – Os números da Covid-19 no Litoral são preocupantes. Os sete municípios que formam a 1a Regional de Saúde têm a segunda maior incidência de casos da doença por 100 mil habitantes no Paraná. São 3.949, enquanto a média do Estado é de 3.113. Apenas a 9a Regional, de Foz do Iguaçu (Oeste), tem índice pior, com 5.769.

O mesmo vale para o recorte de mortes em razão do vírus. A média na região de praias é de 81,6 óbitos por 100 mil habitantes, contra 61,5 de todo o Estado. Fica atrás apenas a 2ª Regional, que abrange a Região Metropolitana de Curitiba, com 87,6 de média.

OCUPAÇÃO – De acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde de terça-feira (15), a regional apresentava 100% na taxa de ocupações de leitos, tanto de enfermaria quanto de UTIs – na ocasião todos os 30 quartos exclusivos para Covid-19 e os 14 voltados para outras finalidades estavam ocupados.

Índice caiu para 95% na quarta-feira (16), mas havia apenas uma UTI livre. Já em relação às enfermarias, eram seis ocupados e quatro livres no Hospital Regional de Paranaguá. “Não existem leitos de sobra, a estrutura é finita”, ressaltou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto. “O Litoral conta com apenas um hospital que pode ser utilizado, em Paranaguá”.

O secretário explica que há um esforço para ofertar vagas, mas alerta que também não serão suficientes se a população não tiver consciência. “Haverá reforço de segurança e fiscalização, mas o que fazer se mais de 2 milhões de pessoas decidirem se aglomerar”, afirma ele.

Segundo Beto Preto, o Estado está preparando uma resolução que servirá de balizador de comportamento nas praias durante o verão. A normativa vai orientar também a atuação das forças de segurança pública e as prefeituras municipais no combate a aglomerações e festas clandestinas no período.

NÚMEROS – As estatísticas do novo coronavírus nos sete municípios do Litoral do Paraná até a quarta-feira (16) são as seguintes, de acordo com a Sesa:

  Casos Óbitos
 Antonina 1068 28
 Guaraqueçaba 158 4
 Guaratuba 1320 28
 Matinhos 716 25
 Morretes  948 19
 Paranaguá 6581 118
 Pontal do Paraná 973 21

Informações AEN.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OS BARÕES DA PISADINHA E ATITUDE 67 EM GUARATUBA

Fenômeno musical do momento, Os Barões da Pisadinha fazem sua estreia na melhor programação de verão do litoral paranaense.  Rodrigo Barão (voz) e Felipe Barão (teclado) desembarcam nas areias de Guaratuba na sexta, dia 21 de janeiro, para animar a galera em uma das noites mais esperadas do Verão 2022 do Café Curaçao (R: Brejatuba, 500). A casa abre às 21h30.

A carreira dos músicos deu um salto nos últimos anos e Os Barões da Pisadinha realizaram recentemente uma turnê pelos Estados Unidos, comprovando o sucesso de hits como “Tá Rocheda”, “Recairei”, “Meia noite”, “Unha de Gel” e “Esquema preferido”, que vão estar no set list do show. No Réveillon 2021, Os Barões da Pisadinha tiveram a música mais tocada no mundo. Segundo serviço de streaming, entre o dia 31 dezembro e 1 de janeiro, “Recairei” foi a canção mais executada no planeta.

E, claro, já são sucesso entre os jovens na internet: com mais de um milhão de ouvintes mensais no Spotify, os Barões estão no Top 100 de artistas dentro da plataforma no Brasil e têm várias músicas com pelo menos 2,5 milhões de plays na plataforma. Além disso, vídeos de usuários no YouTube com a música da banda chegam a 60 milhões de views.

Os Barões saíram de Heliópolis, na Bahia, para conquistar o país: hoje, eles não fazem menos de vinte shows por mês. Só em novembro, foram 33 apresentações marcadas. Em outubro, foram 24 e em setembro, 31. E não há limites geográficos para o sucesso: em Tocantis, na cidade de Porto Nacional, cantaram para mais de 30 mil pessoas; em Parauapebas, no Pará, se apresentaram para um público igual. E até as fronteiras já ultrapassaram: Neymar, em Paris, já dançou ao som de Tá Rocheda, outro sucesso de Felipe e Rodrigo.

Os ingressos estão disponíveis e variam a partir de Pista – R$80,00 (meia-entrada) + taxa adm/ Área Vip – R$160,00 (meia-entrada) + taxa adm. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.

Enquanto isso no sábado, dia 22 de janeiro, uma mistura de pagode com elementos do samba, rap, reggae e funk vai ditar o ritmo no Café Curaçao Guaratuba (Av. Brejatuba, 500). Atitude 67 vai levantar o público com a grande festa que acontece no beach club. Todo o astral já começa, a partir das 21h30, no deck à beira-mar com músicos convidados.

Se Mato Grosso do Sul tem fama de ser o celeiro do universo sertanejo — de lá vieram nomes como Luan Santana e Michel Teló —, a banda Atitude 67 está aí pra provar que as coisas mudaram. As músicas “Cerveja de Garrafa” e “Saideira” não só caíram no gosto do público como chamaram a atenção de ninguém menos do que Thiaguinho. O cantor é um dos empresários da banda e, inclusive, gravou uma versão de um dos sucessos do Atitude 67, divindo os vocais com os músicos. Além disso, ele gravou uma canção composta pelo grupo (Seu Tom).

Além de apresentarem novo trabalho, não ficarão de fora sucessos como ‘Tudo ao Contrário’, ‘Casal do Ano’, ‘Vou Te Escrever Um Rap’ e ‘Tá Gostando Mais ou Menos’.

Os ingressos estão disponíveis e variam a partir de Pista – R$50,00 (meia-entrada) + taxa adm/ Área Vip – R$100,00 (meia-entrada) + taxa adm. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.

Os ingressos estão à venda através do www.diskingressos.com.br , bilheteria do Café Curaçao e demais pontos de venda. O pagamento pode ser feito em até 3x pelo cartão de crédito. Pessoas VACINADAS com pelo menos 1 dose pagam meia-entrada. A meia-entrada é para estudantes, maiores de 60 anos, professores, doadores de sangue, portadores de necessidades especiais (PNE) e de câncer. Clientes Clube Prime e Clube Disk Ingressos possuem 50% de desconto na compra de até dois ingressos por associado. Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei.  Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio. Os ingressos podem ser adquiridos através do Disk Ingressos (Ventura Shopping – de segunda a sexta, das 11hs às 22hs, aos sábados, das 10 às 22 horas, e aos domingos, das 14 às 20hs), Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22hs, e aos domingos, das 9 às 18hs), bilheteria do Café Curaçao (das 11 às 20h), Guarasurf (Caiobá e Guaratuba), Crocosfiha (Guaratuba), Red Point (Garuva),  DVICZ (Paranaguá), Maxi Mundial (Praia de Leste,  Caiobá, Morretes e Paranaguá), Óticas Diniz (Joinville, Londrina, Jaraguá do Sul, Francisco Beltrão, Ibiporã, Apucarana, Arapongas, Cambé e Rolândia), Posto Dubai e Canadá (Maringá), Lojas Havaianas (Cascavel), Livraria Verbo (Ponta Grossa), Rede Farma (Umuarama), Casa Ajita (Foz do Iguaçu) e Royal Comércio de Roupas (Campo Largo). É obrigatória a apresentação de documento previsto em lei que comprove a condição do beneficiário na compra do ingresso e na entrada da casa.

SERVIÇO:
VERÃO 2022 CAFÉ CURAÇAO GUARATUBA
OS BARÕES DA PISADINHA
LOCAL: 
Café Curaçao (Av. Brejatuba,500)
OS BARÕES DA PISADINHA
Quando:
 21 de janeiro de 2022 (Sexta)
Horário: a partir das 21h30
Ingressos: variam a partir de Pista – R$80,00 (meia-entrada) + taxa adm/ Área Vip – R$160,00 (meia-entrada) + taxa adm. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.
Pessoas VACINADAS com pelo menos 1 dose pagam meia-entrada.
A meia-entrada é para estudantes, maiores de 60 anos, professores, doadores de sangue, portadores de necessidades especiais (PNE) e de câncer. Clientes Clube Prime e Clube Disk Ingressos possuem 50% de desconto na compra de até dois ingressos por associado. Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei. 
Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.
É obrigatória a apresentação de documento previsto em lei que comprove a condição do beneficiário na compra do ingresso e na entrada da casa.

ATITUDE 67
Quando:
 22 de janeiro de 2022 (Sábado)
Horário: a partir das 21h30
Ingressos: variam a partir de Pista – R$50,00 (meia-entrada) + taxa adm/ Área Vip – R$100,00 (meia-entrada) + taxa adm. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.
Pessoas VACINADAS com pelo menos 1 dose pagam meia-entrada.
A meia-entrada é para estudantes, maiores de 60 anos, professores, doadores de sangue, portadores de necessidades especiais (PNE) e de câncer. Clientes Clube Prime e Clube Disk Ingressos possuem 50% de desconto na compra de até dois ingressos por associado. Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei. 
Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.
É obrigatória a apresentação de documento previsto em lei que comprove a condição do beneficiário na compra do ingresso e na entrada da casa.

Forma de pagamento: dinheiro, crédito em até 3x e Pix

Pontos de Venda:  Disk Ingressos (Ventura Shopping – de segunda a sexta, das 11hs às 22hs, aos sábados, das 10 às 22 horas, e aos domingos, das 14 às 20hs), Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22hs, e aos domingos, das 9 às 18hs), bilheteria do Café Curaçao (das 11 às 20h), Guarasurf ( Caiobá e Guaratuba), Crocosfiha (Guaratuba), Red Point (Garuva),  DVICZ (Paranaguá), Maxi Mundial (Praia de Leste,  Caiobá, Morretes e Paranaguá), Óticas Diniz (Joinville, Londrina, Jaraguá do Sul, Francisco Beltrão, Ibiporã, Apucarana, Arapongas, Cambé e Rolândia), Posto Dubai e Canadá (Maringá), Lojas Havaianas (Cascavel), Livraria Verbo (Ponta Grossa), Rede Farma (Umuarama), Casa Ajita (Foz do Iguaçu) e Royal Comércio de Roupas (Campo Largo).
Censura: 16 anos (de 12 a 16 anos somente com os pais ou acompanhado por um responsável maior de 18 anos).
Informações para o público: 41 33150808 / 41 98117532 (Whatsapp bilheteria)

OMS: com casos da Ômicron subindo, novas variantes do coronavírus devem surgir

O Diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom disse nesta terça-feira (18) que a alta no número de casos de covid-19, por conta da cepa Ômicron, torna provável que novos variantes do coronavírus surjam. Em coletiva à imprensa, Tedros Adhanom informou que na semana passada foram registrados mais de 18 milhões de casos da doença.

“O número de mortes permanece estável até o momento, mas nos preocupamos com o impacto da Ômicron está tendo em sistemas de saúde exaustos e sobrecarregados”, afirmou. Tedros afirmou que “esta pandemia não está nem perto do fim” e que é “enganosa” a narrativa de que a doença provocada pela Ômicron seja leve, ainda que na média seja menos grave.

O diretor reforçou sua preocupação especialmente com países onde a taxa de vacinação ainda é baixa. Tedros pontuou que, ainda que as vacinas tenham menor eficácia em prevenir a infecção e transmissão da Ômicron em relação às variantes anteriores, ainda são “excepcionalmente boas em prevenir casos sérios da doença e mortes”.

Informações Estadão Conteúdo