Entradas nos prontos-socorros de Curitiba diminuem 35% nesta segunda-feira

Os seis prontos-socorros de Curitiba e Região Metropolitana amanheceram nesta segunda-feira (7/12) com 35% menos movimento em comparação com a segunda-feira passada (30/11).

Nesta segunda deram entrada 109 pessoas nos prontos-socorros dos hospitais do Trabalhador, Cajuru, Evangélico, Angelina Caron, São José dos Pinhais e Municipal de Araucária. Na segunda-feira passada foram 169 entradas registradas nesses mesmos locais.

A queda é reflexo direto das medidas de isolamento adotadas para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus, que passaram a valer na capital na última sexta-feira (4/12), por meio do decreto municipal nº 1640/2020.

“Segunda é sempre dia de lotação nos prontos-socorros devido a traumas que ocorrem nos fins de semana. Com o isolamento social a tendência é ter menos pessoas acidentadas, seja no trânsito ou por outras causas”, fala Pedro de Almeida, diretor do Departamento de Urgência e Emergência da Secretaria Municipal da Saúde.

Desafogar os atendimentos do trauma também é um dos objetivos das Secretaria Municipal da Saúde com as medidas de isolamento. “Isso ajuda a diminuir a pressão nos hospitais, sobrando mais vagas de leitos para outras linhas de cuidados emergenciais”, explica Almeida.

Para os casos de covid-19, a Secretaria Municipal da Saúde espera uma diminuição nos número de internamentos daqui uns 10 dias, pois a adoção de estratégias de isolamento social surte efeito, em média, de 10 a 14 dias após o início da medida – mesmo período de incubação do vírus.

Desde sexta-feira (4/12) Curitiba ampliou as medidas restritivas de circulação de pessoas e funcionamento de atividades.

As regras são necessárias para aumentar o isolamento social e evitar aglomerações para conter o avanço da covid-19 na capital, que desde novembro teve uma escalada de casos, deixando pressionado o sistema de saúde tanto da rede pública como privada.

Entradas nos PS nas últimas segundas-feiras

16/11 – 158 pessoas
23/11 – 175 pessoas
30/11 – 169 pessoas
07/12 – 109 pessoas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curitiba abre repescagem contínua nos pontos de vacinação anticovid

A partir desta terça-feira (21/09), os pontos de vacina anticovid terão sempre doses disponíveis de repescagem para todos os grupos já convocados. As repescagens contínuas são referentes a primeira dose, segunda dose e dose de reforço.

Primeira Dose

A primeira dose estará disponível para todos com 18 anos ou mais que ainda não se vacinaram.  A primeira dose também estará disponível para gestantes e puérperas (mães que tiveram filhos até 45 dias) que tenham 12 anos ou mais, com apresentação de declaração médica.

Para receber a vacina de primeira dose, a Secretaria Municipal da Saúde a realização de cadastro antecipado na plataforma Saúde Já no site www.saudeja.curitiba.pr.gov.br ou pelo aplicativo do celular. O cadastro agiliza o processo da vacinação.

Também é preciso apresentar um documento de identificação com foto e CPF. Além disso, é preciso apresentar comprovante de residência com endereço de Curitiba.

Segunda Dose

Também estará disponível a segunda dose para todos que já foram chamados e ainda não compareceram. A data de convocação da segunda dose pode ser conferida no aplicativo Saúde Já.

Para receber a segunda dose da vacina, basta procurar um dos pontos de vacinação da cidade e levar um documento de identificação com foto e CPF.

Dose de Reforço

Além da primeira e segunda dose, os pontos de vacina oferecerão de forma permanente a dose de reforço para idosos com 70 anos ou mais, que vacinaram a segunda dose há 180 dias ou mais. Também são contemplados imunossuprimidos que já completaram 28 dias ou mais da segunda dose.

As pessoas que têm direito à dose de reforço receberam uma mensagem de “pop-up” com a convocação no aplicativo Saúde Já Curitiba. Esta mensagem deve ser mostrada no momento da vacinação.

Entre os imunossuprimidos serão atendidos transplantados de órgão sólido em uso de imunossupressor, transplantados de medula óssea, pessoas vivendo com HIV/Aids, pessoas em tratamento de quimioterapia e outras condições de imunossupressão.

Imunossuprimidos que se enquadram nos critérios e que não recebam a convocação deverão enviar um email para o endereço eletrônico, sms-central@sms.curitiba.pr.gov.br, com as informações pessoais e documento que comprove a condição clínica. Já as pessoas que fazem hemodiálise receberão a dose de reforço nas clínicas que fazem tratamento.

Locais de vacinação

Das 8h às 17h

1 – US Ouvidor Pardinho

Rua 24 de Maio, 807 – Praça Ouvidor Pardinho

2 – Centro de Referência, esportes e atividade física

Rua Augusto de Mari, 2.150 – Guaíra

3 – US Salvador Allende

Rua Celeste Tortato Gabardo, 1.712 – Sítio Cercado

4 – US Parigot de Souza

Rua João Eloy de Souza, 111 – Sítio Cercado

5 – US Vila Diana

Rua René Descartes, 537 – Abranches

6 – Centro de Esporte e Lazer Avelino Vieira

Rua Guilherme Ihlenfeldt, 233 – Bacacheri

7 – US Bairro Alto

Rua Jornalista Alceu Chichorro, 314 – Bairro Alto

8 – US Santa Efigênia

Rua Voltaire, 139  – Barreirinha

9 – US Jardim Paranaense

Rua Pedro Nabosne, 57 – Alto Boqueirão

10 – US Visitação

Rua Dr. Bley Zornig, 3136 – Boqueirão

11 – US Camargo

Rua Pedro Violani, 364 – Cajuru

12 – US Uberaba

Rua Cap. Leônidas Marques, 1392 – Uberaba

13 – Clube da Gente CIC

Rua Hilda Cadilhe de Oliveira, nº 700

14 – US Oswaldo Cruz

Rua Pedro Gusso, 3749 – Cidade Industrial

15 – US Vila Feliz

Rua Pedro Gusso, 866 – Novo Mundo

16 – US Aurora

Rua Theofhilo Mansur, 500 – Novo Mundo

17 – US Pinheiros

Rua Joanna Emma Dalpozzo Zardo, 370 – Santa Felicidade

18 – US Orleans

Av. Ver. Toaldo Túlio, 4.577 – Orleans

19 – US Campina do Siqueira

Rua General Mário Tourinho, 1684 – Campina do Siqueira

20 – Rua da Cidadania do Tatuquara

Rua Olivardo Konoroski Bueno, s/n

21 – Rua da Cidadania do Fazendinha

Rua Carlos Klemtz, 1.700

22 – US Santa Quitéria

Rua Divina Providência, 1445 – Santa Quitéria

Vai começar o 5° Festival de Carne de Onça de Curitiba

Evento comemora 5 anos do petisco como patrimônio cultural imaterial de Curitiba

Servida na maioria dos bares e botecos curitibanos, a famosa Carne de Onça é tradição há mais de 80 anos. A receita leva carne bovina crua (não é do felino, ninguém precisa se preocupar!), servida sobre fatias de broa e coberta de cebola e cebolinha. O prato está completando cinco anos como Patrimônio Cultural Imaterial de Curitiba e para comemorar a data, a Curitiba Honesta, portal de gastronomia que realizou as pesquisas para elevar o prato a patrimônio, promove a quinta edição do Festival de Carne de Onça, de 21 de setembro a 10 de outubro. Participam 30 bares da cidade, servindo suas versões para o tradicional petisco ao valor fixo de R$ 19 a porção.

Bar do Dante | Foto: Gean Cavalheiro

Segundo Sergio Medeiros, editor do portal Curitiba Honesta, “o objetivo do festival é principalmente ajudar o setor de gastronomia em sua retomada e cada vez mais fortalecer a carne de onça como nosso patrimônio cultural”. A Curitiba Honesta realiza anualmente vários festivais gastronômicos, entre eles também o Festival do Pão com Bolinho (também muito típico da cidade),  Circuito do Sanduíche, Festival do Pêéffe e Circuito de Pizzas.

Quintal | Foto: Gean Cavalheiro

A Carne de Onça lembra três receitas internacionais muito conhecidas: o Hackepeter alemão, o Steak Tartare francês e o Quibe Cru libanês. Porém, como é servido em Curitiba, é algo próprio da cidade. A iguaria curitibana é feita da seguinte forma: uma fatia de broa preta, coberta com carne bovina moída (normalmente patinho), cebola branca cortada fininha, cebolinha verde picada, temperada com sal, pimenta do reino e regada com bom azeite de oliva extravirgem. No Festival, cada cozinheiro traz sua versão, com temperos e ingredientes que agregam sabores, mas tem tirar a essência do prato.

O 5º Festival de Carne de Onça tem o patrocínio da Gold Food Service, Roots Cerveja Artesanal e o Apoio do Instituto de Turismo de Curitiba, Curta Curitiba e Abrasel-PR.

Green Gate | Foto: Gean Cavalheiro

Origem da “Carne de Onça”

A carne de onça tornou-se Patrimônio Cultural e Imaterial Curitiba em setembro de 2016. A pesquisa e encaminhamento foram feitos por Sérgio Medeiros, um entusiasta da gastronomia curitibana. Na pesquisa, Medeiros descobriu a verdadeira história da carne de onça.

Maia Box | Foto: Gean Cavalheiro

Na década de 40, existia um time que foi várias vezes campeão paranaense, o Britânia. Seu diretor era o Cristiano Schimidt. Além do time, ele era dono de um bar na Marechal Deodoro, chamado Toca do Tatu – seu apelido. Para comemorar as vitórias do Britânia, o Schimidt, que não pagava bicho, fazia uma baciada de carne crua e colocava sobre fatias de broa, junto com cebola branca e cebolinha picadas, e servia para os jogadores. Um belo dia, Duia, o goleiro, reclamou: “Poxa, Schimidt, você só serve essa carne aí que nem onça come!”. Pronto! Estava criado o nome do petisco que todos os clientes da Toca do Tatu começaram a pedir e que hoje é servida nos bares da cidade.

Wit Bar | Foto: Gean Cavalheiro

Participantes

Confira os participantes do 5° Festival de Carne de Onça de Curitiba:

1)      A Ostra Bêbada

2)      Academia das Cervejas

3)      Armazém Santa Ana

4)      Bar do Dante

5)      Barbaram

6)      Baroneza

7)      Bodesza

8)      Brasil Craft Food

9)      Burguer Bar

10)   Canabenta

11)   Cartolas

12)   Charles Burguer

13)   Dom Cervantes

14)   Green Gate

15)   Hamburgueria Água Verde

16)   Hamburgueria das Américas

17)   Jabuti

18)   Jackson Assados

19)   Maia Box & Oba Gastronomia

20)   Mas Será o Benedito?

21)   Mavy Pub – São José dos Pinhais

22)   Mavy Pub Mondri – São José dos Pinhais

23)   Quermesse

24)   Quintal 68

25)   Rancho da Joaninha (delivery)

26)   Silzeus

27)   The Barbecue

28)   Ushuaia

29)   Wit Bar

30)  Zeppe Focacceria

Para conhecer todos as receitas e endereços, basta acessar o site www.curitibahonesta.com.br.

Serviço:

5° Festival de Carne de Onça de Curitiba

De 21 de setembro a 10 de outubro de 2021

#festivaldecarnedeonça

Informações: www.curitibahonesta.com.br

Instagram @curitibahonesta

Facebook:  https://www.facebook.com/curitibahonesta