Empresários doam mais de 2 mil metros de tecidos para confecção de máscaras

Dezesseis empresários da Rua Bley Zornig, polo de lojas de tecidos e aviamentos de costura em Curitiba, doaram 2,1 mil metros quadrados de tecidos e 300 metros de elástico para a Prefeitura. O material, que será usado na confecção de máscaras, foi entregue ao prefeito Rafael Greca, nesta sexta-feira (8/5), no Salão Brasil, por dois representantes do grupo.

A doação foi encaminhada para a Fundação de Ação Social (FAS) que ficará responsável pela confecção dos equipamentos de proteção facial.

“Nós temos cinco Liceus de Ofícios com laboratórios de costura. Vamos abrir essas unidades para que costureiras voluntárias possam ajudar na produção das máscaras”, explicou o prefeito.

Greca ressaltou que a ideia é criar uma fábrica curitibana de máscaras para proteger as pessoas do risco de contaminação pelo novo coronavírus. “Não queremos ter ninguém desavisado andando sem máscara na rua e no ônibus, porque esse vírus mata e nós queremos escapar dele. Queremos que a cidade, voltando a funcionar, gradativamente, tenha proteção e proteja, cada pessoa a si mesmo e a todos que lhe são próximos”, disse.

Ação solidária

A quantidade de tecido doada pelos empresários garantirá a produção de até 12 mil máscaras que serão entregues pela FAS a pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Foi essa certeza que levou o empresário Nelson Okamura, da Fane Tecidos, a doar 480 metros quadrados de tricoline 100% algodão para o município, mesmo sendo este o produto mais vendido no momento.

“Esse é o melhor produto que tem para se fazer máscara. É o indicado por todos os órgãos de Saúde, mas decidi doar porque sei que a Prefeitura também vai fazer uma boa ação ao entregar para as pessoas mais carentes que não têm condições de comprar uma máscara”, explicou o empresário.

Okamura esteve na Prefeitura acompanhado do empresário José Antônio Souza, da Souza Tecidos, que doou 120 metros de material para a ação solidária.

Participaram da entrega oficial dos tecidos o presidente da FAS, Fabiano Vilaruel, e o administrador regional do Boqueirão, Ricardo Dias, que fez a articulação junto aos empresários para a doação.

Empresários que doaram tecidos

Cleberson Rodrigo Silva – Fortex Malhas e Tecidos

Eduardo Asagra – Inova Têxtil

Emerson Gonçalves – Megatêxtil

José Antônio Souza – Souza Tecidos

Claudio Toso – RVC Tecidos

Vanderlei Kohler – Kolimanhas Linha Íntima

Edilmar Aparecido Messiano – Araucária Tecidos

Alvacir Cubas Ribas – ACR Malhas e Tecidos

João de Souza e Silva – Djohn Malhas

Imperial Tecidos – Gabriel Tacla

Josemar – Paranatex Têxtil

Nelson Okamura – Fane Tecidos

Luciana Leal – Aquarela Aviamentos

Dricor Comércio de Armarinhos

Kilomalhas

Pano & Cia

Trufas frescas estrelam festival no Marcondes Cozinha Autoral

Ingredientes de alto padrão costumam ser ponto de destaque em restaurantes de alta gastronomia. Insumos raros, preparados com excelência de forma criativa são celebrados nas maiores cozinhas do mundo. E um dos itens mais celebrados, a trufa, estrela um festival completo no Marcondes Cozinha Autoral. Ao invés de usar pastas e cremes de trufa, mais comuns de encontrar, a casa tem um menu completo que leva trufas frescas vindas direto da Itália. O menu sai a R$ 159 por pessoa e começa a ser servido a partir desse sábado (05/11), por tempo limitado.

Iniciando a sequência, o couvert tem Pão feito no vapor com manteiga trufada, e a entrada conta com Bocado de pasta e sálvia, umamassa grano duro com molho cremoso de sálvia. Como prato principal, o cliente pode escolher entre quatro opções. Uma delas é o Mignon ao molho de mostarda apresentado com risoto milanês e finalizado com trufas frescas. Já o Entrecot tem nhoque ao molho de vinho Barolo e finalizado com as trufas.

Uma terceira pedida é o Fettuccine artesanal ao molho pesto e espuma de parmesão, que leva as trufas frescas na finalização. Já a quarta escolha apresenta uma Polenta cremosa com ragu de ossobuco, finalizados com as trufas frescas. Na sobremesa, a sequência leva Zabaglione com sorvete de café.

As trufas frescas têm procedência garantida pela ÉlEat Tartufi, uma das fornecedoras de destaque na região de Piemonte, no norte italiano. As trufas, de aroma marcante, são raras, crescendo na comuna de Alba. São colhidas à noite para garantir o frescor característico. O Festival de Trufas Frescas do Marcondes Cozinha Autoral acontece por tempo limitado. O menu com couvert, entrada, prato principal e sobremesa sai a R$ 159,90 por pessoa. A casa abre de segunda a sábado para jantar, às 18h30, e para almoço de sábado, das 11h30 às 15h30. O Marcondes funciona na R. Recife, 220 – Cabral. Mais informações no perfil oficial do restaurante no Instagram (@marcondesrestaurante). Reservas por WhatsApp (41) 3205-4982.

Happy Hour no ST 444 Batel: de terça a domingo, restaurante italiano-mediterrâneo oferece opções exclusivas de porções

O St 444 Batel, empreendimento gastronômico que atua no segmento italiano-mediterrâneo, está lançando um menu de porções exclusivas para o Happy Hour, que acontece de terça a domingo, das 16h às 20h, para preencher as noites curitibanas com muito sabor.

O novo cardápio com porções exclusivas para o horário de Happy Hour mantém os ingredientes característicos da gastronomia mediterrânea mas com um toque de refinado sem perder a facilidade que as porções precisam no momento do consumo.

As opções formam um menu completamente irresistível. Para os apaixonados por crocância, o restaurante oferece frutos do mar – mais especificamente a lula, camarão e iscas de peixe – empanados na farinha panko acompanhados de molho especial da casa, além da versão do requintado polvo à grega, regado a azeite de oliva e condimentado com sal grosso, páprica picante e acompanhado de pequenas fatias de pão.

Para os fãs dos clássicos, uma boa pedida pode ser as batatas rústicas que vêm acompanhadas com molho de páprica picante. Aos que preferem a maciez e suculência marcante das carnes bovinas, têm a opção de degustar a fraldinha na mostarda e/ou o entrecôte – também conhecido como bife ancho –, este último acrescido de farofa crocante e chimichurri. No horário de Happy Hour, os pratos presentes no menu comum não estarão disponíveis.

Para acrescentar uma dose de personalidade brasileira à refeição, o chopp Pilsen de 300ml chega – bem gelado – à mesa por apenas R$10; os valores variam de R$29 a R$49 por porção.

SERVIÇO

Happy Hour no ST 444 Batel

Onde: Alameda Presidente Taunay, 444 – Curitiba – PR

Quando: de terça a domingo, das 16h às 20h

Como: (41) 3044-0444

Instagram: @st444batel

Fotos: Rafael Ribeiro.