Em Paranaguá, PM encontra depósito com pasta base de cocaína estimada em R$ 150 milhões

Uma tonelada de pasta base de cocaína foi localizada esta segunda-feira (21) por policiais militares da Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam), do 9º Batalhão da PM da Polícia Militar do Paraná. A ação, que aconteceu no bairro Vila Guarani, em Paranaguá, no Litoral, gerou um prejuízo estimado de R$ 150 milhões ao tráfico de drogas. Nenhuma pessoa foi localizada na casa durante a ocorrência. Esta é a maior apreensão de cocaína feita durante uma temporada de verão pela PM.

Segundo o comandante do 1º Comando Regional da PM e coordenador das ações da Corporação no Litoral no Verão Paraná, coronel Renato de Oliveira Ribas Filho, a apreensão faz parte das ações de combate ao crime organizado e do reforço pré-carnaval conduzidos pela Polícia Militar na região litorânea do Paraná. “Esta grande apreensão que tivemos demonstra o quanto estamos atentos e prontos para coibir o tráfico de drogas nesta região, inclusive durante o Carnaval deste ano”, diz. 

De acordo com as informações repassadas pelo comandante da Rotam e coordenador da ação, tenente Guilherme Arnoldo Stelle Neto, por volta das 18h policiais militares faziam patrulhamento pela cidade quando houve uma denúncia. Ao seguirem para o local, na Vila Guarani, constataram uma casa com muros altos, portões grandes e de alumínio, com cercas elétricas e duas câmeras apontadas para a rua, com alarme disparado. 

Diante da situação, os policiais perguntaram aos moradores sobre o paradeiro do dono da casa, o que não souberam informar. Diante disso, a equipe policial acionou apoio e entrou no terreno, momento em que viram uma prensa, comumente usada para prensar e embalar drogas. Eles notaram que as janelas estavam cobertas com lonas pretas e perceberam um forte odor de cocaína. 

“Ao entrarmos na casa logo encontramos vários sacos com cocaína e alguns pacotes espalhados. Durante as buscas os policiais localizaram um fundo falso na cozinha onde havia mais uma grande quantidade de droga, escondida e armazenada em mochilas”, afirma o tenente Stelle.

Após as medidas de praxe, a droga foi levada à Polícia Federal, onde foi pesada e totalizou uma tonelada. “Foi nos repassado pela Polícia Federal que essa droga é avaliada em aproximadamente R$ 150 milhões. É uma apreensão de tráfico internacional de drogas, até pelo tipo das mochilas que estavam com a cocaína, inclusive dentro de uma delas havia um pequeno rastreador”, acrescentou o tenente. Ainda de acordo com ele, a apreensão da substância em sua forma pura (pasta base) multiplica o prejuízo estimado aos criminosos.

DENÚNCIA – O tenente Stelle pede que a população faça denúncias de qualquer situação suspeita. “O Disque Denúncia 181 é de grande ajuda e os cidadãos podem repassar informações de forma anônima. Mesmo que a pessoa ache que situação que ela presenciou não é importante, para a polícia todas são importantes, pois podem levar às grandes redes de tráfico e gerar apreensões de drogas como esta”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.