Bolachas natalinas da Vovó Elza tem receita tradicional

As deliciosas e tradicionais bolachas decoradas de Natal se destacam nessa época do ano e podem ser uma ótima opção para presentear quem a gente ama. Em Curitiba, a fábrica de bolachas da Vovó Elza, que começou em 1998, ficou famosa e já virou tradição na cidade. 

A fábrica segue à risca as receitas deixadas pela avó Elza, da família Spengler, e produz o ano inteiro as famosas bolachas decoradas e as tradicionais amanteigadas. No entanto, em época de Natal, a produção e a venda das bolachas aumentam ainda mais.  

Foto: Intagram @bolachas_vovo_elza

Com o passar dos anos, a fábrica foi crescendo, mas a essência da família se manteve. A qualidade e o sabor das bolachas também se manteve e foram melhorando a cada novo Natal. Atualmente quem está à frente da fábrica é a neta de Elza, a Ana Luiza Spengler, que conta com a ajuda de toda a família. 

As bolachas da vovó Elza podem ser encontradas em três lojas. Uma na  Rua Lodovico Geronazzo, 2.284, no bairro Boa Vista, também na Rua Alberto Folloni, 407, no bairro Juvevê. E a outra na Rua Voluntários da Pátria, 285, no Centro.,

Além disso, as bolachas também podem ser encontradas nas feirinhas do Largo da Ordem e na de Natal da Praça Osório.

Foto: Intagram @bolachas_vovo_elza

Tradição no Natal

A história da tradição das bolachas de Natal é diferente em cada região, mas a mais contada é que as bolachas eram muito tradicionais na Europa e eram preparadas em um momento de união entre as famílias. 

Na Europa o Natal ocorre no inverno, então os homens coletavam mel antes do frio e as mulheres preparavam a massa. Essa massa era montada em formato de bolachas, assadas e as crianças se envolviam na decoração. Então foi assim que surgiu a tradição das bolachas no Natal.

A receita das bolachas natalinas é bem simples e também podem ser preparadas em casa, por todos da família. A decoração é feita com glacê, que hoje pode ser facilmente encontrado já pronto. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

De leite condensado a pimenta: festival de caipirinhas celebra o verão em Curitiba

3ª edição do CaipiFest do Bar Quermesse, que terá releituras da clássica bebida a preço único de R$ 15, começa nesta terça-feira (11)

Paixão unânime entre os brasileiros, ainda mais durante o verão, a Caipirinha tem seu próprio festival na cidade de Curitiba: o CaipiFest. Promovido pelo Bar Quermesse, um dos mais tradicionais da capital paranaense, o evento terá sua 3ª edição nesta semana, entre os dias 11 e 16 de janeiro. Durante seis dias, o público poderá saborear versões clássicas e releituras originais, com cachaça ou vodka, por apenas R$ 15 cada unidade.

Entre as versões sobre sua origem, o Instituto Brasileiro da Cachaça conta que a receita original da caipirinha era receitada no combate a gripes, por causa do limão, incluindo o surto de Gripe Espanhola de 1918. Dizem que era muito popular no interior, por isso o nome “caipirinha”. Inicialmente feita com mel, acabou recebendo o açúcar, que vivia grande expansão no mercado brasileiro.

Divulgação

Resgatando essa tradição, uma das principais pedidas do Quermesse é a Caipirinha Três Limões. Na receita, o preparo recebe as variedades tahiti, siciliano e caipira combinadas a cravo e açúcar. Outra versão de sabor bem marcante é a Manga Rosa, de manga com pimenta. Para as pessoas de paladar mais leve, a Caipilé é a caipirinha de morango servida com um picolé de leite condensado. Versões mais tradicionais também fazem parte do evento, como a caipirinha de limão tahiti e a de uva (um sucesso da casa). Para completar o menu, a 3ª edição do festival terá um lançamento especial: a caipirinha de abacaxi com gengibre e melaço de cana.

O Bar Quermesse tem variadas dicas de petiscos e pratos cara acompanhar a programação do Caipifest, com uma gastronomia focada em culinária regional de boteco. O Torresmo de rolo é um dos mais pedidos, assim como as três versões de Carne de Onça (tradicional, carne de onça japonesa ou no canudinho crocante). Opções individuais, como o Pão com bolinho e o Choripan, são outras saborosas escolhas.

O Bar Quermesse fica na Rua Carlos Pioli (nº 513), no bairro Bom Retiro. A casa funciona de terça a sexta, das 17h às 23h, e aos sábados e domingos, das 11h30 às 23h. Mais informações no perfil oficial do empreendimento no Instagram (@barquermesse) ou pelo telefone (41) 3026-6676.

Natal de Curitiba gera quase dois mil empregos temporários diretos

O Natal de Curitiba – Luz dos Pinhais 2021, além de encantar curitibanos e turistas, também integra o esforço do município para acelerar a retomada econômica da capital. Segundo levantamento preliminar do Instituto Municipal de Turismo, apenas com as atrações da Prefeitura, patrocinadores e parceiros foram gerados 1.826 empregos temporários diretos durante a programação natalina que se encerra no domingo (9/1).

Como o levantamento não contempla a maioria das atrações privadas, o número de empregos temporários gerados com a temporada natalina de Curitiba vai ultrapassar as duas mil vagas previstas no início dos eventos em novembro.

“Com a programação, que teve ópera, circuito natalinos drive-thru, balé, caravanas, autos e outras experiências que ainda continuam até o dia 9 de janeiro, como decoração, balão e carrossel, fortalecemos a rede de economia criativa da cidade ao criar oportunidade de emprego e renda para artistas, artesãos, cenógrafos, figurinistas, maquiadores, carregadores, monitores e mão de obra especializada, como técnicos de luz e som”, destaca o prefeito Rafel Greca.

Do total de empregos temporários criados com a programação, Prefeitura, Fundação Cultural de Curitiba, Instituto Curitiba de Arte e Cultura (ICAC) e Instituto Municipal de Turismo foram responsáveis pela contratação de 787 profissionais, sendo 229 atores, atrizes, cantores e instrumentistas e 558 profissionais para os bastidores das produções. 

O ator Matheus Gimenez, que interpretou um dos anjos da Ópera da Cura no Memorial Paranista, conta que havia muita expectativa dos 22 atores e atrizes que participaram da atração. “Foi incrível o contato com o público que, no Natal, está com o espírito aberto para apreciar espetáculos como este que preparamos”, afirma.

Patrocinadores 

Tatiana Turra, presidente do Instituto Municipal de Turismo, destaca o apoio de empresas patrocinadoras e parceiras para a criação de empregos durante a temporada natalina.  “Inovamos, mais uma vez, ao oferecer uma programação descentralizada, contemplando o Centro e os bairros, com apoio financeiro de empresas que foram responsáveis pela contratação temporária de quase 1,1 mil profissionais”, ressalta ela. 

Em 2021, o Natal de Curitiba teve como atrações patrocinadas o Natal Condor no Passeio Público, a Vila de Natal Electrolux no Mercado Municipal, o Caminho de Luz Copel Telecom no Parque Barigui, a Ópera da Cura no Memorial Paranista por Festval, o Caminho de Luz Loterias Caixa no Parque Náutico, o Natal O Boticário na Rua XV de Novembro, o Voo de Balão Ademicon no Jardim Botânico, o Natal Fonte de Energia Ebanx na Praça Santos Andrade, o carrossel Muffato no Parque Tanguá, a Direção da Vida Natal Servopa na Rua Mário Tourinho, o balé Quebra-Nozes nas Ruínas de São Francisco por Banco do Brasil e as árvores de Natal da rotatória da Avenida Candido de Abreu  (Volvo) e do Parque Barigui (ParkShoppingBarigui). 

Também integraram a programação de 2021 atrações de parceiros, já contabilizados no levantamento, como a caravana O Desfile Mágico do Natal 2021, organizada pela Lápis de Cor Produções, e os espetáculos do Restaurante Família Madalosso em Santa Felicidade, em uma parceria com a Fundação Cultural de Curitiba e ICAC.

Entre as experiências privadas que geraram empregos temporários, mas ainda não estão contabilizados no levantamento preliminar, estão o Natal da Família Moletta, o Natal no Palácio Avenida (que teve espetáculo virtual), o Natal Viva Pedreira, o show de luzes no Sesc Paço da Liberdade, o espetáculo de patinação sobre rodas na Praça Osvaldo Cruz e o musical da 1ª Igreja Batista do Batel.  

A presidente do Instituto Municipal de Turismo também destaca o papel dos servidores do município e dos órgãos ligados à programação para o sucesso do  Natal de Curitiba – Luz dos Pinhais 2021. “Muito antes de novembro, quando começou a temporada, funcionários da Prefeitura, Fundação Cultural de Curitiba, ICAC e Instituto Municipal de Turismo estão sendo incansáveis no planejamento, organização e operacionação das atrações”, acrescenta Tatiana. 

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA NO SITE https://natal.curitiba.pr.gov.br/. A programação está sujeita a alterações.

A Prefeitura promove o Natal de Curitiba – Luz dos Pinhais 2021 com o patrocínio das empresas O Boticário, Ademicon, Volvo, Muffato, Electrolux, Condor, Festval, Consórcio Servopa, Loterias Caixa/Governo Federal, Copel Telecom e ParkShoppingBarigüi. A programação começou no dia 18 de novembro e a decoração poderá ser vista até 9 de janeiro.