E pra começar, Pão com Bolinho

Depois que comecei a escrever essa coluna, me obriguei a resgatar nas memórias todos os lugares que já passei e despertaram aquele tesão inexplicável em mim. Não poderia deixar de fora o Pra Começar (Rua José Merhy, 745), também conhecido como Bar do Gildo ou Bar do Véio pelo pessoal da zona norte.

Um templo da boêmia de fim de tarde no Boa Vista, foi ali que adentrei nessa vida de comer e beber bem.

Em 1994 – meu ano de nascimento – Marco, o dono do bar, junto com seu pai Gildo e seu irmão, abriram um lugar pra servir a galera da região. De começo modesto, boteco raiz, com bera gelada à preço justo e clientela fiel, ergueram uma tradição que se mantém forte há 23 anos.

Decidi que era perfeito para a próxima história. Convidei um amigo e fomos para lá no melhor dia e horário que tem: Segunda-feira à tarde.

Como bom cliente que sou, cheguei com antecedência pra abrir a casa.

Fazia tempo que não prestava uma visita ao Gildo, depois de anos de religiosa frequência ao lugar, foi bom reencontrar os amigos. Um deles mostrou que tinha tido parte do polegar esquerdo amputado num bizarro acidente com o portão de casa. Como de praxe num boteco raiz, todo mundo tirava com a cara dele pelo ocorrido, inclusive nós. Resolvi prestar uma homenagem e pedir um drink que ele me ensinou a beber: a famigerada Água de Valeta, que consiste na mistura de Underberg, água tônica, rodelas de limão e gelo.

Uma bebida que é a garantia de um belo porre, mas para o paladar de poucos eu diria, foi perfeita pra me trazer o sabor de tantas noites passadas ali, e como um bom digestivo me
abriu o apetite pro carro chefe da cozinha da casa.

Esse sanduichão da porra, de proporções colossais, é o Pão com Bolinho deles.

Feito pela mãe do Marco, a Dona Juçara, conquista estômagos e corações há pelo menos 18 anos. O enorme pão francês, crocante e fresquinho, é entregue diariamente no bar por um caprichoso fornecedor. O bolinho de carne frito, cortado ao meio pra preencher toda a extensão do sanduíche, tem um tempero balanceado e único. Uma generosa camada de queijo provolone gratinado te acerta com aquela explosão levemente defumada que só ele permite. Mas não vai pensar que o sabor fica forte demais por isso, eles capricham na cebolinha e salsinha picadas trazendo todo o frescor pra atestar esse como um dos melhores Pão com Bolinho que existe.

Ta salivando? Fica melhor agora. CUSTA SÓ 9 PILA.

Pra falar a real, já perdi a conta de quantos eu já comi. Nada enxuga melhor o álcool que um desses.

Pra Começar – O Bar do Gildo
Rua José Merhy, 745 – Boa Vista, Curitiba – PR.
Aberto de Segunda à Sexta, das 16:00 às 23:00.

0 Comments

  1. Preciso ir comer este pão com Bolinho, realmente pela descrição e foto parece maravilhoso lembrando aquelas comidinhas da vó.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Canudinho: prato popular em festas infantis ganha releitura em bar curitibano

Com 12 anos de história na cidade de Curitiba (PR) e consagrado como um dos empreendimentos mais tradicionais da gastronomia paranaense, o Bar Quermesse faz com que o visitante tenha a sensação de estar em uma daquelas deliciosas festas que antigamente espalhavam alegria pelo Brasil.

Em um ambiente descontraído, colorido e aconchegante que remete ao clima especial das festas de quermesse do interior, unindo cervejas e bebidas especiais a um cardápio baseado nas tradicionais comidinhas de boteco. Entre os pratos regionais inspirados na cultura  brasileira, um dos que mais se destaca no cardápio é o canudinho de carne-de-onça.

A criação exclusiva une a tradicional receita de canudinho de maionese, comumente servido em festas de aniversário, com a saborosa iguaria curitibana que se tornou patrimônio cultural da cidade e não pode ficar de fora do menu dos bares da capital. Na releitura, a receita clássica ganha ainda mais sabor com o delicioso e crocante canudinho. O preparo é feito com patinho moído e temperado com sal, pimenta do reino, azeite de oliva, cebolinha e cebola.

Cardápio completo

Conhecido nacionalmente pelo cardápio que oferece tradicionais receitas da culinária caseira, a casa ainda conta com opções especiais de caipirinhas, bebidas selecionadas e preparos extremamente saborosos, entre eles a carne de onça, torresmo, bife sujo de alcatra, brusqueta e batata brava. Aos sábados, o Quermesse oferece um almoço especial com preparos como feijoada, barreado e comida mineira, além de massas e 14 tipos de saladas e mais 4 opções de sobremesa.

O Bar Quermesse fica na Rua Carlos Pioli (nº 513), no bairro Bom Retiro, e funciona de terça a sexta, das 17h às 01h, e aos sábados e domingos, das 11h30 às 01h. Mais informações no site www.quermesse.com.br ou pelo telefone (41) 3026-6676.

Curitiba recebe o maior festival de burgers do Brasil

Durante o mês de novembro Curitiba e a região metropolitana recebem a 16ª edição do Burger Fest, com 38 restaurantes participantes e receitas exclusivas disponíveis nos formatos presencial, delivery e take out. Há opções até três hambúrgueres, hambúrguer de pernil, pão de milho, pão de batata, pão d’água, molhos e geleias especiais e muito mais.

Confira os restaurantes participantes

Peruano Gastronomia e Cultura, Jurassic Burger, Burger Beast, O Hamburgay, Maria Fumaça BBQ e Burger, Astro Burguer Delivery, HNF Hamburgueria, Whatafuck, Tomahawk Burger, Ruano Burger, Pimp Burger Shop, West Burger CWB, D’Bronx Burger (Almirante Tamandaré), Janela Bar, O Barba Hamburgueria, Velho Joe Rangueria, Chewie Burger, Cidadão do Mundo (Água Verde e Alto Boqueirão), Pilgrim Kitchen, Rafa The Burger, Villa Bistrô, Butcher Burger, Happyburger, Gigg’s Pub, Shelby Burguer, O Hamburgueiro Burgers (Campo Largo), O Hamburgueiro Smash, Fábrica Gourmet (Jardim das Américas, Centro e Bacacheri), Gas Food – Burguers e Defumados, Burguer Bar, BoardZ Game Pub, American Burger Delivery, Buena Onda – Gastronomia na Parrilla, Big Bear Burguer e Burger Beast.

SERVIÇO:

16ª edição do Burger Fest  – 01 a 30 de novembro de 2021