Duas lojas no centro de Curitiba foram fechadas por aglomeração na Black Friday

O fechamento das portas aconteceu no primeiro dia de vigência da nova bandeira laranja na capital

A secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak, anunciou o fechamento de duas lojas da Rua XV de Novembro, no Centro de Curitiba, durante a tarde desta sexta-feira (27). A suspensão das atividades tem ligação com aglomerações causadas pela Black Friday, mas não foram detalhadas durante coletiva de imprensa.

“Nós estamos nesse exato momento fechando duas lojas na XV por aglomeração. Nossa equipe está nas ruas, quero avisar. Quem não entendeu o momento, nós vamos autuar. Lamento dizer, é triste para nós fazer esse papel”, disse Huçulak.

O fechamento das portas aconteceu no primeiro dia de vigência da nova bandeira laranja na capital.

Na noite de quinta-feira (26), dez bares e lanchonetes do bairro São Francisco foram vistoriados pelas equipes da Prefeitura, durante Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu). Todos os estabelecimentos foram notificados quanto à necessidade de adequação à resolução que reúne medidas sanitárias obrigatórias para evitar a disseminação da covid-19, como garantia de distanciamento social (1,5 metro mínimo entre cada pessoa), uso de máscara tanto por clientes quanto funcionários, álcool em gel à disposição, ambientes ventilados.

Informações Banda B.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prefeito Rafael Greca faz exames no Hospital Marcelino Champagnat

O prefeito Rafael Greca teve uma indisposição nesta terça-feira (25/01) e seguiu para averiguações médicas no Hospital Marcelino Champagnat. Greca passou bem a noite. Exames preliminares apontam ligação da indisposição com uma hérnia abdominal. Mais informações sobre o quadro clínico do prefeito serão divulgadas posteriormente.

Curitiba divulga novo cronograma de vacinação das crianças contra a covid-19

Com a chega de nova remessa de imunizantes pediátricos, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba amplia a vacinação contra a covid-19 para as crianças. Confira o cronograma para os próximos dias.

A vacinação das crianças seguirá de forma escalonada por data de nascimento. Entre quarta (26/1) e sexta-feira (28/1) poderão receber a primeira aplicação as crianças nascidas nos anos de 2012, 2013 e 2014 (veja o cronograma abaixo).

O atendimento para as crianças seguirá em dez Unidades de Saúde exclusivas, das 8 às 17 horas. Confira os endereços no site Imuniza Já na aba “Locais de vacinação”. 

Também poderão receber a primeira aplicação as crianças que já foram convocadas e não puderam comparecer na data. 

A ampliação para demais faixas etárias depende da avaliação de estoque ou da chegada de nova remessa de imunizantes pediátricos.

Orientação para a vacinação

A SMS orienta para que os responsáveis façam o cadastro prévio da criança no Aplicativo Saúde Já, essa ação agiliza o fluxo da vacinação. Crianças acompanhadas pelo SUS de Curitiba já estão cadastradas. 

No dia da vacinação é necessário que a criança esteja acompanhada de um familiar ou responsável para a assinatura do termo de consentimento.

Também deverá ser apresentado documento de identificação e CPF da criança, documento de identificação com foto e comprovante de residência em nome do responsável pela criança. 

As orientações detalhadas e a relação das comorbidades pode ser conferida no “Pequeno Manual para vacinação das crianças de 5 a 11 anos em Curitiba”.

Crianças acamadas

Equipes de vacinadores continuam fazendo em paralelo a vacinação das crianças acamadas, mediante agendamento. As crianças acamadas em leitos atendidas pelo SUS Curitibano terão sua dose agendada a partir de um contato telefônico das equipes da SMS. 

Aquelas que são atendidas pela rede privada devem fazer o cadastro, disponível desde o dia 13 de janeiro, via Aplicativo Saúde Já Curitiba – é necessário atualizar a versão do aplicativo nas lojas virtuais para plataformas Android ou iOS – ou pelo site.

Após baixar a atualização nas lojas de aplicativos para Android ou iOS – ou pelo site, escolhendo a opção “Paciente Acamado”.  

Recomendações

A vacina contra a covid-19 para crianças não deve ser aplicada de forma simultânea com imunizantes para outras doenças, a recomendação é de que seja dado um intervalo de 15 dias.

Crianças que testaram positivo para a doença também devem aguardar os intervalos para receber o imunizante, que nesse caso é de 30 dias após a data de início dos sintomas.

A vacinação das crianças com 5 anos e das imunossuprimidas de qualquer idade deve ser feita exclusivamente com o imunizante pediátrico da Pfizer, conforme recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa.

Após a liberação da Anvisa, o Ministério da Saúde incluiu na última sexta-feira (21/1) a Coronavac na campanha de vacinação contra a Covid-19 para a faixa etária de 6 a 17 anos

Cronograma de vacinação das crianças

•    26/1 (quarta-feira) – Todas as crianças nascidas em 2012;
•    27/1 (quinta-feira) – Todas as crianças nascidas em 2013;
•    28/1 (Sexta-feira) – Todas as crianças nascidas em 2014.