Defesa Civil disponibiliza telefone para doações de cilindros de oxigênio aos hospitais do Paraná

Empresas e pessoas físicas podem contribuir para evitar a falta de cilindros de oxigênio nos hospitais do Paraná. A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil disponibilizou um número de telefone, com atendentes disponíveis 24 horas por dia, para quem puder doar ou emprestar os equipamentos para aumentar os estoques no Estado, comprometidos com o avanço das internações por causa da Covid-19.

Quem puder fazer a doação, é só ligar para o número (41) 3281-2532 para receber as orientações da Defesa Civil. Em parceria com o Corpo de Bombeiros, o órgão fará a logística para receber os insumos e disponibilizá-los aos hospitais, conforme as demandas apresentadas pela Secretaria de Estado da Saúde. As doações podem ser feitas de qualquer lugar do Paraná e os cilindros poderão ser devolvidos quando a situação acalmar.

Em reunião com os secretários municipais de Saúde na manhã desta terça-feira (23), o coordenador-geral da Defesa Civil, coronel Fernando Schunig, reforçou o apoio do órgão para evitar um colapso maior no Paraná. A demanda do Estado é 1,2 mil a 1,5 mil cilindros de oxigênio.

“Já acompanhamos a chegada, no domingo (21), dos 200 cilindros que vieram do Amazonas e quase todos eles já foram entregues. Com este número comercial, faremos todo o encaminhamento para quem puder doar ou nos emprestar mais cilindros de oxigênio”, explicou. “É a contribuição da Defesa Civil, que também se coloca à disposição dos municípios para contribuir com o que for preciso para amenizar os impactos da pandemia”.

Informações AEN PR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Boletim da Saúde registra mais 5.659 casos e 192 mortes por Covid-19 no Paraná

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta sexta-feira (16) mais 5.659 casos confirmados de Covid-19 e 192 mortes no Paraná. Os óbitos são referentes aos meses ou semanas anteriores e não representam a notificação das últimas 24 horas.
Os dados acumulados do monitoramento da doença mostram que o Estado soma 897.066 casos confirmados e 20.052 mortos, desde o início da pandemia.

Os casos confirmados divulgados nesta sexta-feira são de janeiro (46), fevereiro (172), março (745) e abril (4.572) de 2021 e dos seguintes meses de 2020: junho (1), julho (4), agosto (6), setembro (4), outubro (2), novembro (17) e dezembro (90).

VACINA 

O site da Secretaria de Estado da Saúde possui um Vacinômetro atualizado em tempo real à medida que os municípios inserem as doses aplicadas no sistema.

INTERNADOS

O boletim relata que 2.408 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados. São 1.919 em leitos SUS (918 em UTI e 1.001 em enfermaria) e 489 em leitos da rede particular (295 em UTI e 194 em enfermaria). 

 Há outros 2.427 pacientes internados, 958 em leitos UTI e 1.469 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão na rede pública e rede particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo Sars-CoV-2.  

ÓBITOS

A Secretaria da Saúde informa a morte de mais 192 pacientes. São 84 mulheres e 108 homens, com idades que variam de 1 a 97 anos. Os óbitos ocorreram de 18 de novembro de 2020 a 16 de abril de 2021.

Os pacientes que foram a óbito residiam em Curitiba (19), Maringá (14), Londrina (12), Joaquim Távora (11), Cascavel (9), Campo Largo (8), São José dos Pinhais (8), Colombo (6), Pinhais (5), Paranaguá (4), Sarandi (4), Araucária (3), Castro (3), Fazenda Rio Grande (3), Matinhos (3), Ponta Grossa (3), São Miguel do Iguaçu (3), Apucarana (2), Assis Chateaubriand (2), Balsa Nova (2), Francisco Beltrão (2), Jacarezinho (2), Paraíso do Norte (2), Paranavaí (2), Pato Branco (2), Piraquara (2), Ribeirão do Pinhal (2), Saudade do Iguaçu (2) e Umuarama (2).

O boletim informa, ainda, a morte de uma pessoa em cada um dos seguintes municípios:  Andirá, Antonina, Assaí, Astorga, Bandeirantes, Bela Vista do Paraíso, Bocaiuva do Sul, Campina do Simão, Campina Grande do Sul, Campo Mourão, Cândido de Abreu, Capitão Leônidas Marques, Carambeí, Céu Azul, Cianorte, Guaíra, Guaraniaçu, Guarapuava, Guaratuba, Ibiporã, Igaraçu, Inajá, Itapejara D’Oeste, Ivaiporã, Jaguapitã, Jaguariaíva, Japira, Luiziana, Mandirituba, Mangueirinha, Marialva, Marilândia do Sul, Mauá da Serra, Nova Esperança do Sudoeste, Palmas, Palotina, Planaltina do Paraná, Presidente Castelo Branco, Renascença, Rio Branco do Sul, Santa Fé, Santa Isabel do Ivaí, São João do Triunfo, São Pedro do Iguaçu, Siqueira Campos, Telêmaco Borba, Terra Boa, Tijucas Do Sul, Tuneiras do Oeste e União da Vitoria.

FORA DO PARANÁ

O monitoramento da Secretaria da Saúde registra 5.560 casos de residentes de fora, sendo que 130 pessoas foram a óbito.

Confira o informe completo.

Hospital Evangélico está arrecadando alimentos e itens de higiene para familiares de pacientes

O Hospital Universitário Evangélico Mackenzie vai participar da Live Solidária – A fome não espera, promovida pelo Instituto Presbiteriano Mackenzie, neste sábado (17). O objetivo é arrecadar alimentos e itens de higiene pessoal para famílias de pacientes com Covid, pessoas com câncer e outras famílias cujos provedores estejam internados ou infelizmente foram a óbito.

“Muitas famílias de pacientes estão com necessidade de alimentos, pois os provedores estão internados e os familiares não possuem recursos para adquirirem o básico”, ressalta o Pastor Hilário, capelão do hospital.

No site do Mackenzie existe um QR code para doações em dinheiro (https://www.mackenzie.br/en/noticias/artigo/n/a/i/participe-da-acao-a-fome-nao-espera-para-doacao-de-alimentos).

No sábado, das 13h às 18h, voluntários estarão na portaria 1 do Hospital para receber os donativos no sistema drive thru. Cestas básicas e produtos de higiene serão recebidos com toda a segurança sanitária, seguindo protocolos de distanciamento, para evitar riscos de transmissão do coronavírus.

A live solidária no dia será transmitida pelo canal da TV Mackenzie no YouTube, das 13h às 18h, e contará com a presença de diversos artistas e esportistas como Zezé de Camargo, Luciano e Oscar do basquete. Doe e participe!