Decoração natalina se espalha por Curitiba e pode ser apreciada com segurança

Curitiba definitivamente é a cidade luz dos Pinhais e também a mais “instagramável” neste fim de ano. Árvores de Natal, estrelas de Belém, guirlandas, rosáceas, contornos de luz e concertos luminosos se espalham pelo Centro e bairros, enchendo os olhos de quem percorre espaços públicos da cidade. As atrações, é claro, são um convite para aquele registro de fotos e vídeos nas redes sociais.

A decoração do Natal de Curitiba – Luz dos Pinhais 2020 foi toda pensada para que o público possa apreciar os belos cenários com toda a segurança, priorizando o distanciamento social e obrigatoriedade do uso de máscara ao ar livre.

As grandes novidades, é claro, são os inéditos circuitos de carro (drive-thru) “Caminho de Luz” nos parques Barigui, Náutico e Passeio Público.

Natal Condor no Passeio Público, uma das atrações do Natal de Curitiba – Luz dos Pinhais 2020 – Curitiba, 02/12/2020 – Foto: Daniel Castellano / SMCS

Sempre destaques da decoração, as 24 árvores do Natal 2020 encantam pela estrutura imponente toda iluminada ou com milhares de vasinhos de flores para torná-las “vivas”. Com até 22 metros de altura, as enormes estruturas podem ser conferidas no Parque Barigui, Rua XV de Novembro, Passeio Público, Parque Náutico, Jardim Botânico, rotatória da Avenida Cândido de Abreu (Centro Cívico), Bosque Alemão, Parque Tanguá, Asilo São Vicente de Paulo, portal de Santa Felicidade, Mercado Municipal e Igreja do Perpétuo Socorro.

Todas as Ruas da Cidadania também receberam árvores de Natal, com alturas entre 6,5 metros e 15 metros, que ainda dividem a atenção com rosáceas de luz. No Bairro Novo, são duas árvores de 12 metros.

Guirlandas & cia

Além das árvores de Natal, guirlandas foram instaladas para valorizar as fachadas do Mercado Municipal e de prédios históricos, como o Palacete Wolf, o Solar do Rosário, a Igreja do Rosário, a Igreja da Ordem, a Casa Hoffmann e o Palácio Garibaldi. O Oratório de Bach do Bosque Alemão ficou ainda mais encantador com alegorias em forma de pirulitos, bolachas, confetes e algodão doce que transformaram o local na Casa do Pão de Mel.

Também fazem parte da decoração de alguns espaços as tradicionais estrelas de Belém, como as instaladas no jardim do Portal do Bosque Alemão e na Praça Tiradentes (em frente a Catedral); as estrelas de Natal de piso espalhadas ao redor da ninfa de bronze da Praça Eufrásio Correia, junto à Câmara Municipal; e os laços de presente gigantes como na fachada do Restaurante Madalosso, em Santa Felicidade, que também é palco de espetáculos de ópera.

Já os contornos de luz estão sendo usados na decoração para valorizar a arquitetura de edifícios, como Palácio Avenida, Capela da Glória e shoppings centers, bem como em estruturas de áreas verdes, como pontes, portais, ilhas e oratórios do Parque Tanguá, do Passeio Público e do Bosque Alemão.

Concertos luminosos, por outro lado, podem ser conferidos na Vila de Natal Electrolux no Parque Tanguá e na Estufa do Jardim Botânico. 

Além disso, tradicionais presépios são um convite para visitar o Parque Lago Azul, no Umbará, e a Rua da Cidadania do Bairro Novo; e o minicircuito “A Vida é um Presente”, do Consórcio Servopa, reúne túnel de luz em formato de “iglu” e pacotes de presentes em tamanho humano na Rua Mário Tourinho.

Parcerias

Como nos últimos três anos, Curitiba celebra o Natal de 2020 com uma programação descentralizada, contemplando o Centro e os bairros, e apoio financeiro de patrocinadores para várias das atrações, como Rede Condor (Caminho de Luz Parque Barigui e Passeio Público), Electrolux (Vila de Natal no Parque Tanguá), Consórcio Servopa (minicircuito a Vida é um Presente), Banco do Brasil (Casa do Pão de Mel do Bosque Alemão), Loterias Caixa e Governo Federal (Caminho de Luz Parque Náutico).

“Curitiba já se consolidou no roteiro nacional natalino e, mesmo durante a pandemia, mostra que uma cidade inteligente como é a nossa capital consegue recriar, através de parcerias público-privada, lindos cenários que retratam o caráter lúdico do nascimento de Jesus Cristo. E tudo pode ser apreciado com segurança”, destaca Tatiana Turra, presidente do Instituto Municipal de Turismo.

Segundo Maria do Carmo Gonçalves da Rocha, superintendente de Rede Curitiba da Caixa Econômica Federal, o patrocínio do Natal de Curitiba 2020 pelas Loterias Caixa reforça a parceria do banco com a capital paranaense. “Nos sentimos honrados em contribuir para a realização de atrações acessíveis aos cidadãos curitibanos e que reforçam o espírito natalino das pessoas”, afirma.

O presidente da Rede Condor, Pedro Joanir Zonta, afirma que apoiar a programação de Natal de Curitiba é uma forma de minimizar a dor de 2020. “O Natal é uma data mágica e tem o poder de levar esperança e acalanto aos corações das pessoas, por isso, é fundamental manter a tradição, principalmente em um ano como este. Acredito que iluminar Curitiba é uma forma de ajudarmos a nossa população a renovar a fé e a buscar forças e motivação para superar as dificuldades enfrentadas neste ano”.

Saiba mais sobre as atrações do Natal de Curitiba – Luz dos Pinhais 2020:

Caminho de Luz chega ao Passeio Público

Caminho de Luz Parque Náutico tem sete estações

Bosque do Alemão ganha Casa do Pão de Mel 

Mario Tourinho ganha minicircuito natalino

Caminho de Luz Parque Barigui encanta público

Vila de Natal Electrolux deixa Parque Tanguá ainda mais lúdico

Palácio Avenida terá apresentação streaming em dezembro

Jardim Botânico tem concerto luminoso diário

Restaurante Madalosso se veste para o Natal e tem ópera

Linha Turismo é opção para percorrer atrações de Natal

PROGRAMAÇÃO COMPLETA NO SITE: https://natal.curitiba.pr.gov.br/

A programação está sujeita a alterações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ponto “instagramável” de Curitiba, Praça das Nações é revitalizada

A Praça das Nações, localizada na confluência dos bairros Alto da XV, Tarumã e Cristo Rei, é um desses locais da paisagem urbana chamados de “instagramáveis”: tem um bom plano de fundo para fotos postadas nas redes sociais, especialmente no Instagram. Por estar em uma área alta, a praça oferece uma vista privilegiada do skyline, o horizonte da cidade contornado pelos edifícios. Por isso, é bastante procurada para fotos no por-do-sol e em noites de lua cheia. 

Foto: Daniel Castellano / SMCS

Agora, a praça está ainda mais fotogênica com a revitalização feita pela Prefeitura. O trabalho foi realizado por equipes da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMMA) a pedidos de moradores da região e frequentadores do local. Incluiu reparos de rachaduras no concreto e correção dos desníveis na calçada.

“Recebemos com atenção os pedidos dos curitibanos para tornar a Praça das Nações ainda melhor. O prefeito Rafael Greca escutou as solicitações e determinou as melhorias, que proporcionam bem-estar aos frequentadores”, destaca a administradora da Regional Matriz, Rafaela Lupion.

Melhorias

Além da correção das rachaduras nos paredões das áreas de estar e do parquinho, feita com concreto armado, as equipes também melhoraram o sistema de drenagem, evitando o acúmulo de água das chuvas.

No parquinho, todos os equipamentos foram recuperados e os acessos foram refeitos, em cimento alisado. 

Foto: Daniel Castellano / SMCS

O calçamento da praça foi restaurado, inclusive com a correção de falhas no meio-fio. O piso em petit-pave do parquinho, da área de estar e junto à Rua Presidente Beaurepaire Rohan também foi reformado.

Trincheira sem pichação

As benfeitorias se estenderam à trincheira que liga a Avenida Victor Ferreira do Amaral (Tarumã) à Rua XV de Novembro (Alto da XV) e faz parte do complexo da Praça das Nações. As paredes receberam pintura antipichação em uma área de 5 mil m², serviço feito pelas equipes da Superintendência de Manutenção Urbana no projeto de revitalização assinado pelo Ippuc.

Foto: Daniel Castellano / SMCS

Múltiplas paisagem

A Praça das Nações oferece ainda outras paisagens para contemplação. Além da vista privilegiada da área central de Curitiba a partiir da Rua XV de Novembro, quem volta olhar em direção oposta, ao Tarumã, enxerga os contornos da Serra do Mar.

Foto: Daniel Castellano / SMCS

Outro atrativo da praça é o painel do artista curitibano Poty Lazzarotto na parede da casa de bombas do Reservatório Cajuru, a Caixa-d’Água do Alto da XV. Este ano, o mural de 23 metros de comprimento por 3 metros de altura completou 25 anos. Ele foi inaugurado como parte das comemorações dos 303 anos de Curitiba, em 1996.

Drive do Zoo de Curitiba vai arrecadar ração para pets resgatados

Quem agendar visitas de carro ao Zoo de Curitiba a partir da próxima semana vai poder colaborar com o Banco de Ração da Rede de Proteção Animal da Prefeitura. No passeio, podem ser doadas rações comerciais para cães e gatos secas ou úmidas, em embalagens fechadas, que serão distribuídas às ONGs e protetores de animais parceiros da Rede. 

Os interessados podem entrar no Agenda Online a partir das 20h desta sexta-feira (18). Serão abertos quatro horários por dia (10h, 11h, 14h e 15h) de terça-feira a sábado. As rações serão entregues na entrada do drive-thru à equipe de recepção dos visitantes.

Foto: Pedro Ribas/SMCS

“Além de matar as saudades dos animais do Zoo e aprender sobre eles de um jeito diferente, a população vai poder ajudar pets resgatados”, diz o diretor do Departamento de Pesquisa e Conservação da Fauna, Edson Evaristo.

O Banco de Ração da Prefeitura de Curitiba existe desde 2019. Até hoje foram distribuídas 107 toneladas de alimento para os animais resgatados.

Leia mais aqui