Curitiba vacinou 272.011 pessoas contra a covid-19

A Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba imunizou, até sábado (17), 272.011 pessoas com a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus. Até esta data foram vacinados: 203.465 idosos, 60.692 profissionais dos serviços de saúde da cidade (incluindo as equipes de vacinação), 5.930 moradores, funcionários e cuidadores de instituições de longa permanência, 1.851 trabalhadores das forças de segurança e 73 indígenas.

Na sexta (16) e no sábado (17), a secretaria registrou recorde de vacinação. Nos dois dias foram aplicadas 32.123 doses, sendo 16.846 no sábado.

Segunda dose

Nesta segunda-feira (19) continua a vacinação com segunda dose da CoronaVac para idosos que já receberam a primeira aplicação há mais de 21 dias.

Em Curitiba, 109.464 pessoas receberam a segunda dose da vacina até sábado (17). A vacinação com a segunda dose está sendo feita nas instituições de longa permanência, em profissionais de saúde e idosos.

Vacinas

Até o momento, Curitiba recebeu do Ministério da Saúde, repassadas pelo Governo do Paraná, 530.040 doses de vacinas, sendo 312.350 para primeira dose e 217.690 para segunda dose. Nesse montante já está contabilizado os 5% de reserva técnica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agências do Trabalhador têm 3.158 vagas disponíveis no Paraná; 1.059 são em Curitiba e RMC

As 216 Agências do Trabalhador do Paraná disponibilizam nesta semana 3.158 vagas de empregos com carteira assinada em empresas do Paraná. Do total, 1.059 estão disponíveis nas agências de Curitiba e Região Metropolitana.

As Agências do Trabalhador são vinculadas à Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho. As vagas ofertadas neste período abrangem todos os setores econômicos – indústria, serviços, comércio e construção civil. As principais oportunidades são para auxiliar de linha de produção (2.063 mil vagas), abatedor de aves (165 vagas), operador de telemarketing ativo e receptivo (160 vagas) e auxiliar administrativo (95 vagas).

“A oferta de vagas é um reflexo direto do esforço do governo Ratinho Junior para atrair empresas ao Estado e da política adotada por nossa secretaria de uma gestão proativa de captação de novas vagas de emprego”, afirma o secretário de Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost.

ATENDIMENTOS

Os atendimentos presenciais são realizados mediante agendamento prévio, das 9h às 17h. Os interessados nos serviços podem agendar pelo site http://www.justica.pr.gov.br/Trabalho.

O atendimento presencial e os horários podem ser alterados de acordo com decretos municipais relacionados a medidas de combate à Covid-19.

Os interessados nas vagas ofertadas também podem buscar orientação entrando em contato com as Agências do Trabalhador do município, pela página da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho com as regionais ; ou pelo aplicativo Sine Fácil, disponível gratuitamente para celulares Android e IOS, ou ainda pelo site Emprega Brasil 

O trabalhador também pode habilitar o Seguro Desemprego através do Aplicativo Carteira de Trabalho Digital, disponível nas lojas de aplicativos de celular Android ou IOS.

SUPORTE

 Empresários e trabalhadores que ofertam ou buscam vagas de trabalho e que tenham dificuldade de finalizar o atendimento nas ferramentas digitais podem buscar o suporte técnico por meio do Chat do Trabalhador

Em Curitiba, para ofertar vagas, o contato pode ser feito através dos telefones (41) 3883-2220, 3883-2228, 3883-2239 e 3883-2236.

Sancionada lei que isenta pagamento de outorga de taxistas e transportadores escolares em Curitiba

O prefeito Rafael Greca sancionou, nesta quarta-feira (5), dois projetos de lei que vão ajudar a compensar as perdas econômicas geradas pela pandemia de covid-19 a taxistas e transportadores escolares. As medidas terão um impacto de R$ 4,3 milhões e beneficiarão diretamente 2.775 taxistas e 975 transportadores escolares. As leis devem ser publicadas ainda hoje no Diário Oficial no município.

A lei nº 15.835 permite a remissão da cobrança de outorga para taxistas e do preço público para transportadores escolares referentes ao exercício de 2020.

“Esses dois setores foram duramente afetados pela pandemia. Os taxistas, com a redução de circulação de pessoas, e os transportadores escolares com a suspensão das aulas presenciais”, diz o prefeito.

O valor da outorga para táxi é de R$ 1.350 e para transporte escolar é de R$ 640. Os operadores que eventualmente fizeram o pagamento do preço público e de outorga, referente a 2020, ou que efetuaram parcelamento dos débitos referentes a esse período, terão o valor convertido em crédito referente ao exercício financeiro de 2022. A forma de compensação será regulamentada em breve.

A  lei nº15.834, por sua vez, prevê um crédito suplementar de R$ 4,3 milhões à Urbanização de Curitiba (Urbs), proveniente do superávit financeiro de 2020, que irá ser usado para compensar o perdão dos débitos. O aporte terá validade até 31 de dezembro de 2021.

Os dois projetos de lei foram aprovados por unanimidade nessa semana pela Câmara Municipal de Curitiba (CMC). Encaminhados ao Legislativo no último 12 de abril, eles foram votados em regime de urgência. Nesta quarta-feira, foi aprovado, em segundo turno, o projeto que cria o crédito suplementar de R$ 4,3 milhões.