Curitiba registra três mortes por covid-19

A Secretaria Municipal da Saúde confirmou mais duas mortes de moradores de Curitiba por covid-19. Com isso, já é o terceiro óbito registrado nesta segunda-feira (6/4) em consequência da pandemia do novo coronavírus na capital paranaense.

Curitiba registra a primeira morte por covid-19.

Os dois óbitos aconteceram na manhã desta segunda. As vítimas são idosos: uma mulher de 87 anos e um homem de 94 anos. Ambos eram atendidos pela rede privada de saúde.

A mulher tinha histórico de doenças neurológicas e pulmonares e contraiu o vírus em uma viagem para o estado de Santa Catarina, onde teve contato com um caso confirmado. Ela iniciou os sintomas no dia 30 de março e buscou atendimento em um hospital de rede privada, onde permaneceu internada.

O outro óbito é um homem de 94 anos com comorbidades – hipertensão, diabetes, insuficiência cardíaca, insuficiência renal e mieloma múltiplo. Iniciou sintomas no dia 31 de março, foi levado pela família para atendimento em um hospital da rede privada em 1º abril, onde permaneceu internado desde então.

Mais 30 casos são confirmados

Além dos três óbitos, a Secretaria registrou nesta segunda-feira mais 30 novos casos de covid-19 em moradores da cidade. Com isso, Curitiba chega a 192 pacientes confirmados com infecção pelo novo coronavírus, entre eles uma criança de seis anos.

No monitoramento epidemiológico, a cidade tem 138 suspeitos, 681 casos descartados desde a confirmação dos primeiros casos, em 11/3. Dos pacientes confirmados, 71 estão liberados do isolamento.

Até o momento, 78 pessoas precisaram de internamento devido a complicações causadas pela infecção, 51 continuam hospitalizadas, sendo 16 em estado grave.

A idade média dos pacientes internados é 56,5 anos.

A Secretaria da Saúde de Curitiba também investiga óbitos suspeitos de covid-19. São 41 casos, 39 descartados, dois aguardam resultado.

Número de Covid-19 em Curitiba

192 confirmados
681 descartados
138 suspeitos
71 liberados
3 mortes

Universidade presta auxílio jurídico gratuito e online durante pandemia

Núcleo de Prática Jurídica da Universidade Positivo já atendeu mais de 500 pessoas durante a pandemia

Com o objetivo de garantir o direito ao acesso à Justiça, mesmo durante a pandemia, o Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) da Universidade Positivo (UP) está atendendo remotamente. Universitários do curso de Direito, sob supervisão de professores e advogados, prestam atendimento jurídico gratuito à população de Curitiba via e-mail, telefone e WhatsApp.

Com quatro postos de atendimento em Curitiba, instalados no câmpus sede – Ecoville e Santos Andrade, da Universidade Positivo, e nos Juizados Especiais Cíveis e Federais, o NPJ-UP mantém a execução dos termos de cooperação que tem com os órgãos do Poder Judiciário, ofertando um canal para que o atendimento à população continue acontecendo neste momento de isolamento social. “Entretanto, mesmo que seja possível realizar a petição sem advogado nos Juizados, muitas pessoas não sabem como os pedidos devem ser formulados e, consequentemente, ficam sem o adequado acesso à Justiça. Por isso, esse serviço, que alia tecnologia e o nosso compromisso com o ensino para o desenvolvimento sustentável, é fundamental neste momento”, explica. 

Em pouco mais de três meses de funcionamento remoto, mais de 500 pessoas já foram atendidas por meio do serviço gratuito. Para Thaís, considerando o atual momento e que o atendimento não pôde ser presencial, é um resultado excelente. “O alcance de tantas pessoas em tão pouco tempo superou nossas expectativas. Toda a equipe está satisfeita com o apoio prestado à população na promoção do acesso à justiça”, revela. 

O Núcleo de Prática Jurídica da Universidade Positivo atua nas áreas de Direito Penal, Direito Previdenciário e Direito Civil e de Família. Questões sobre pensão alimentícia e divórcio são as mais buscadas pela população. Em razão da pandemia, o NPJ também presta auxílio jurídico para demandas relativas ao auxílio emergencial. “Além disso, a pandemia impactou nas relações contratuais, como aluguéis, mensalidades de instituições de ensino privadas, academia, entre outros. Em todos esses temas, estamos prontos para ajudar a comunidade”, finaliza a supervisora. 

Serviço

Núcleo de Prática Jurídica Universidade Positivo

Residentes no CIC, Gabineto, e casos de auxílio emergencial (Curitiba e região metropolitana) | Telefone ou WhatsApp Business: 3317-3232 e administrativonpj@up.edu.br

Residentes no Centro e atendimento dos Juizados Especiais Cíveis (Ahú) | Telefone ou WhatsApp Business: 3526-6908 e npj.santosandrade@up.edu.br

Atendimento dos Juizados Especiais Federais | npjjef@up.edu.br

Agentes da Setran terão novo uniforme e viaturas também vão mudar em Curitiba

O trabalho de repaginação dos uniformes e das viaturas da Setran foi devido ao Dia Nacional do Agente da Autoridade de Trânsito, comemorado nesta quarta-feira (23)

Para comemorar o Dia Nacional do Agente da Autoridade de Trânsito, os fiscalizadores da Superintendência de Trânsito (Setran) de Curitiba ganharam uma nova identidade visual. A data simbólica, que acontece nesta quarta-feira (23), trouxe mudanças nos uniformes e na plotagem da viaturas usadas pelos agentes no trânsito da capital e pelos que verificam a utilização adequada do Estacionamento Regulamentado (EstaR).

Em entrevista exclusiva à Banda B, o secretário municipal de Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel, revelou que a mudança tem dois objetivos. “Os uniformes vêm para garantir uma maior visibilidade dos agentes, mas também para criar uma identidade visual e fazer com eles sejam reconhecidos pela população. Além disto, tem a segurança deles visto que vários usam motocicletas, por exemplo”, destacou.

Homenagem

Ainda nesta quarta-feira (23), os agentes de trânsito participaram de um evento na Setran e receberam uma homenagem. De acordo com Rangel, é uma forma de reconhecimento do trabalho dos agentes.

Foto: Daniel Castellano

“Sem dúvida nenhuma, eles são de grande relevância, uma vez que eles atuam diariamente na segurança viária com o intuito de salvar vidas, de organizar o nosso trânsito. Então, fizemos uma homenagem a estes profissionais que tanto lutam para garantir um trânsito seguro a todos nós”, concluiu à Banda B.

Informações Banda B.