Curitiba prorroga suspensão das aulas em escolas municipais

As aulas presenciais na rede municipal de ensino de Curitiba devem continuar suspensas, pelo menos, até o início do mês de agosto com o atendimento sendo retomado nas escolas e creches no segundo semestre deste ano. O anúncio foi feito prefeito Rafael Greca nesta terça-feira (28/04).

A decisão foi tomada pela Prefeitura a partir do cenário do coronavírus na capital do Estado. “Esse vírus mata, já somamos 17 óbitos”, ressaltou o prefeito.

A data exata de retorno dependerá da evolução dos casos na cidade.

Videoaulas

As crianças e estudantes que estão em casa cumprindo o isolamento têm videoaulas que podem ser acompanhadas pelo canal 9.2 UHF da TV Paraná Turismo, das 8h às 21h, de segunda-feira a sábado, ou pelo canal TV Escola Curitiba no YouTube. Já são mais de 37,5 mil inscritos e 1,6 milhão de visualizações desde o início das atividades, em 13/4.

Além das propostas da educação infantil, as videoaulas incluem matemática, língua portuguesa, robótica, geografia, educação física, arte, ciências, história, ensino religioso, literatura, direitos humanos e família, além da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Aos sábados, o conteúdo é apresentado com adaptações metodológicas para estudantes em inclusão.

O primeiro período de suspensão de aulas foi antecipação do recesso escolar de julho, mas desde o último dia 13 os estudantes têm acesso às videoaulas. Todo o conteúdo, que faz parte do currículo da rede municipal, será retomado no retorno das aulas presenciais.

“As crianças não retornarão às unidades para fazer provas desses conteúdos. Elas receberão mediação presencial, para rememorar o que viram, o que aprenderam. Os professores levarão as crianças e os estudantes adiante com mais desafios ou com mais auxílio se assim necessitarem”, explica a secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila.

A medida de suspensão do atendimento é válida para escolas, Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), Centros Municipais de Atendimento Educacional Especializado (CMAEEs) e Centros de Educação Infantil (CEIs) contratados.

A rede municipal de ensino curitibana atende atualmente 145 mil estudantes, matriculados em 185 escolas, 230 CMEIs e 95 Centros de Educação Infantil contratados.

Como evitar transmissões

Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, as decisões sobre as regras de isolamento social exigem avaliação e calibragem permanente, conforme a evolução da doença na cidade.

É fundamental que a população mantenha o distanciamento e as práticas de higiene contra o vírus.

Polícia Civil e PM prendem 15 envolvidos com tráfico de drogas

As Polícias Civil e Militar cumpriram nesta terça-feira (22) 48 mandados judiciais (11 de prisão e 37 de busca e apreensão) para desarticular associações criminosas que gerenciavam o tráfico de drogas na Capital, na Região Metropolitana de Curitiba e Litoral.

Foram presas 15 pessoas, sendo 11 em cumprimentos de mandado prisão preventiva (destas, seis também foram autuadas em flagrante) e quatro em flagrante. Também foram apreendidas quatro armas de fogo, 87 munições de diversos calibres, R$ 8,3 mil e 5 quilos de drogas como maconha, crack e cocaína.

Curitiba, 22 de setembro de 2020. Operação Lisboa

“Identificamos o tráfico de drogas no bairro e a investigação acabou se expandindo para outros núcleos que faziam o abastecimento da região central de Curitiba. Com a operação, tivemos a apreensão significativa de armas, drogas e a captura de pessoas que tinham mandado de prisão”, disse o delegado da Polícia Civil, Ricardo Casanova.

O comandante do 1º Comando Regional da PM, coronel Hudson Leôncio Teixeira, salientou a importância da integração com a Polícia Civil, que envolveu diversas equipes ao longo de seis meses. “Foi um trabalho intenso, em que muitas vezes os policiais militares e civis trabalharam uníssonos, inclusive trabalhando na mesma viatura, para alcançar o melhor resultado possível”, disse.

INVESTIGAÇÃO – A operação foi feita com base em levantamentos feitos pela Polícia Civil e pelo 1º Comando Regional de Polícia Militar. Ao longo de seis meses, as equipes policiais estiveram nas ruas, buscando informações, identificação de líderes, gerentes, fornecedores e distribuidores que atuavam em pontos de venda, armazenamento e distribuição de drogas. Durante o período, 21 pessoas foram presas, além de duas armas, 170 gramas de cocaína, 2,3 quilos de cocaína e 4,8 quilos de maconha.

As investigações apontaram que o bairro São Francisco era o principal ponto de venda e consumo de drogas de uma organização criminosa. Também foi apurado que os fornecedores estavam instalados em três núcleos: um no bairro Cajuru, em Curitiba, que também alcançava de São José dos Pinhais, outro núcleo no município de Pinhais, e o terceiro no Centro de Curitiba.

LITORAL – Em uma das abordagens, equipes do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) deram cumprimento a um mandado de busca e apreensão e de prisão a um casal que coordenava o tráfico no centro da Capital. “A liderança estava homiziada em uma residência em Matinhos, e houve o confronto. Tivemos várias prisões e apreensões por parte das equipes da PM e da Polícia Civil”, disse o coronel Hudson Leôncio Teixeira.

A operação contou com efetivos da Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam) do 1º CRPM, do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) e a Companhia de Operações com Cães (COC) da PM. Diversas unidades da Polícia Civil estiverem envolvidas na ação, além do grupamento aéreo e cães.

Informações AEN.

Curitiba registra 348 novos casos e nove mortes por covid-19

Curitiba registrou nesta terça-feira (22/9) 348 novos casos de covid-19 e nove óbitos de moradores da cidade infectados pelo novo coronavírus, conforme boletim da Secretaria Municipal da Saúde.

As novas vítimas são três homens e seis mulheres, com idades entre 21 e 94 anos. Sete destes óbitos ocorreram nas últimas 48 horas. Os demais foram nos dias 19 e 20 de setembro.

Até agora são 1.213 mortes na cidade provocadas pela doença neste período de pandemia.

Novos casos

Com os novos casos confirmados, 41.717 moradores de Curitiba testaram positivo para a covid-19 desde o início da pandemia, dos quais 36.297 estão liberados do isolamento e sem sintomas da doença.

São 4.207 casos ativos na cidade, correspondentes ao número de pessoas com potencial de transmissão do vírus.

UTIs do SUS

Nesta terça-feira (22/9), a taxa de ocupação dos 334 leitos de UTI SUS exclusivos para covid-19 é de 79%. Todos os pacientes que são internados com quadro de síndrome respiratória aguda grave vão para os leitos exclusivos covid-19 e não apenas os casos confirmados da doença. No momento restam 70 leitos livres.

Números da covid-19 em 22 de setembro

348 novos casos
9 novos óbitos

Números totais

Confirmados – 41.717
Investigação: 670
Recuperados – 36.297
Óbitos – 1.213