Curitiba registra nesta terça-feira (24/3) mais nove casos do novo coronavírus em moradores da cidade: oito mulheres e um homem com idades entre 22 a 63 anos.

Um dos pacientes esteve em viagem nos Estados Unidos. Os outros viajaram ou tiveram contato com pessoas que estiveram em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Santa Catarina. 

Com os novos registros, são 46 casos confirmados de covid-19 na capital paranaense. O número de casos suspeitos até o momento é de 210 e outros 185 foram descartados.

Dos 46 pacientes confirmados em Curitiba, sete precisaram de internamento. Um deles é o médico a UPA Boqueirão, que permanece internado em UTI, mas com evolução favorável.

Em 85% dos casos diagnosticados até o momento em Curitiba os sintomas foram leves e as pessoas foram orientadas a permanecer em isolamento domiciliar por 14 dias a contar do início dos sintomas. 

Indicação de internamento

A infectologista Marion Burger, da Secretaria Municipal da Saúde, explica que o internamento só é necessário em casos com complicações, como infecção pulmonar. E alerta que é essencial manter o isolamento domiciliar, quando indicado.

“Enquanto aguardam o resultado é importante que as pessoas sigam as orientações. Mesmo que a infecção não seja pelo coronavírus, a medida evita a contaminação de outros e auxilia no processo de recuperação”, orienta Marion.

Sete dos pacientes de Curitiba já cumpriram o período de isolamento e não apresentam mais sintomas. 

Casos suspeitos graves

Segundo Marion, desde sexta-feira (20/3), quando o Ministério da Saúde confirmou a transmissão comunitária da covid-19 em todo o país, passaram a ser monitorados prioritariamente os óbitos e casos graves de infecção respiratória – Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

Sintomas leves

A secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak, orienta que pessoas com sintomas leves de infecção respiratória não procurem as unidades de saúde e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). A orientação é ligar para o telefone (41) 3350-9000, para saber sobre como proceder em cada caso.

“Grande parte dos casos do novo coronavírus são leves e com boa resolução”, diz Márcia.

Via: Prefeitura de Curitiba