Curitiba é recordista na geração de empregos em 2019

A capital paranaense fechou 2019 com um saldo de 19.325 novos postos de trabalhos, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). É o meslhor desempenho dos últimos sete anos e representa um crescimento de 38% em relação ao mesmo período do ano de 2018, quando foram 14.000 empregos criados em Curitiba.

Foto: Valdecir Galor/SMCS

Dentre todos os 5.570 municípios brasileiros, Curitiba ficou na terceira colocação em geração de postos de trabalho, atrás apenas de Belo Horizonte, com um saldo de 22.703 empregos formais criados, e São Paulo, com saldo de 80.831 empregos gerados. “Estes números de Curitiba se justificam nos resultados do estado do Paraná, que apresentou o melhor resultado dos últimos seis anos”, explica a economista do Departamento do Trabalho, Suelen Glinski.

SERVIÇOS LIDERAM – Os setores que mais se destacaram na geração de empregos em Curitiba foram Serviços, com um saldo de 4.272 novos empregos, Construção Civil (2.901) Indústria de Transformação (222 novos empregos gerados).

CIDADES – Depois de Curitiba, as cidades paranaenses que mais criaram postos de emprego no acumulado do ano foram Maringá (3.781), São José dos Pinhais (3.158), Cascavel (2.265) e Pato Branco (2.159).

Número de empregos formais gerados em Curitiba de 2013-2019:
2013: 11.839
2014: 7.270
2015: – 32.024
2016: -20.908
2017: – 7.705
2018: 14.000
2019: 19.325.