Covid-19: sem data para vacinação, ministro da Saúde adia reunião com governadores

Nova reunião foi marcada para a próxima terça-feira, dia 19

Ainda sem data para começo da vacinação contra a covid-19, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, adiou uma reunião com governadores que seria feita nesta terça-feira, 12. O encontro serviria justamente para planejar a campanha de imunização contra a pandemia.

Nova reunião foi marcada para a próxima terça-feira, dia 19, segundo o governador do Piauí, Wellington Dias (PT). “Não fazia sentido fazer uma agenda para marcar outra”, disse Dias. Além da falta de uma data para a imunização, Pazuello pediu adiamento por estar em Manaus, cidade que volta a viver grave crise por causa da covid-19.

Dia ‘D’ e hora ‘H’

Em cerimônia na segunda-feira, 11, na capital do Amazonas, Pazuello disse que a vacinação vai começar no “dia D, na hora H” “Todos os Estados receberão simultaneamente a vacina, no mesmo dia. A vacina vai começar no dia D, na hora H. No dia D, na hora H, no Brasil”, afirmou o ministro, sem definir datas.

A equipe de Pazuello tem dito que, no melhor cenário, a vacinação contra a covid-19 começa no dia 20 de janeiro. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) avalia pedidos de uso emergencial de dois imunizantes: a Coronavac e o modelo de Oxford/AstraZeneca. Estas vacinas serão distribuídas no País, respectivamente, pelo Instituto Butantan e pela Fiocruz.

O governo Jair Bolsonaro tem sido pressionado para antecipar o calendário de vacinação contra a covid-19. A comissão da Câmara dos Deputados que trata da covid-19 convidou o ministro Pazuello, além de representantes da Anvisa e das secretarias de saúde dos Estados e municípios, para audiência pública na quarta-feira, 13, para dar detalhes sobre a campanha no Brasil.

Informações Banda B.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como receber vale-gás? Auxílio começa a ser pago em dezembro

A partir de dezembro, o governo federal pagará um vale-gás a famílias de baixa renda, para recompor a alta do preço do gás de cozinha. O Programa Gás do Brasileiros foi sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro na semana passada e ficará em vigor por cinco anos.

Quem tem direito?

O benefício é destinado a famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo nacional, ou famílias que tenham entre seus integrantes quem receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Quando começa?

O pagamento começa em dezembro e, no primeiro mês, o Ministério da Cidadania informou que utilizará recursos próprios da pasta, no valor de R$ 300 milhões. Para os pagamentos de 2022, o governo ainda precisa encontrar espaço para a liberação de recursos do orçamento.

Pela lei, o programa será financiado com recursos dos royalties pertencentes à União na produção de petróleo e gás natural sob o regime de partilha de produção, de parte da venda do excedente em óleo da União e bônus de assinatura nas licitações de áreas para a exploração de petróleo e de gás natural. Além disso, serão utilizados outros recursos que venham a ser previstos no Orçamento Geral da União e dividendos da Petrobras pagos ao Tesouro Nacional.

O programa tem ainda como uma das fontes de financiamento o montante que cabe à União da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) incidente sobre combustíveis.

Qual o valor?

Cada família elegível receberá, a cada dois meses, o valor correspondente a uma parcela de, no mínimo, 50% da média do preço nacional de referência do botijão de 13 quilos de gás de cozinha, estabelecido pelo Sistema de Levantamento de Preços (SLP), da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) nos seis meses anteriores, conforme regras que ainda serão definidas em decreto.

De acordo com o levantamento, o valor médio do botijão em 2021 é de R$ 102,48. Ou seja, cada família deve receber R$ 51,24. A estimativa para o ano que vem é que o valor médio do botijão suba para R$ 112,48.

Como cadastrar?

Não é necessário cadastramento, será usada a base de dados do CadÚnico e do BPC. O governo utilizará a estrutura do Programa Auxílio Brasil para realizar os pagamentos do vale-gás, por meio da Caixa Econômica Federal.

Ele será concedido, preferencialmente, às famílias com mulheres vítimas de violência doméstica que estejam sob o monitoramento de medidas protetivas de urgência. A preferência de pagamento também será para a mulher responsável pela família.

Calendário de pagamento do vale-gás

Mesmo confirmando o início dos pagamentos do novo benefício para o mês de dezembro, o Ministério da Cidadania não deu uma data para iniciar a liberação do vale. Como será o primeiro pagamento, o grupo que vai receber inicialmente deverá ser menor e terá novos ingressantes a cada mês. A previsão inicial do governo é atender 6 milhões de pessoas em dezembro.

Curitiba terá vacinação contra covid-19 neste sábado

Neste sábado (27/11) a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) abrirá 30 locais de vacinação contra a covid-19 para atender convocados para a segunda dose. Cerca de 37 mil pessoas tem agendamento para esta data.

Também haverá oferta de repescagem para primeira e segunda dose e para reforço. Moradores de Curitiba com 12 anos ou mais que ainda não se vacinaram poderão buscar os pontos neste grande mutirão de atualização vacinal.

O atendimento será feito das 8h às 17h (lista abaixo).

“Muitas pessoas têm dificuldade de buscar a vacina durante a semana, então estamos oportunizando mais um sábado para regularização da situação vacinal contra a covid-19. Precisamos que todos estejam vacinados para garantir maior proteção para nossa cidade”, explicou a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak.

 

O que fazer para receber a primeira dose

Para agilizar o processo de vacinação, a SMS orienta fazer o cadastro prévio na plataforma Saúde Já pelo site www.saudeja.curitiba.pr.gov.br ou pelo aplicativo do celular.

Levar o termo de consentimento preenchido é outro passo para dar maior agilidade à vacinação. O documento está disponível para impressão no site Imuniza Já. Adolescentes deverão comparecer a um dos pontos acompanhado dos pais e/ou responsáveis pela assinatura do termo de consentimento.

Também é preciso apresentar um documento de identificação com foto e CPF. Adolescente que não possui documento com foto pode levar a certidão de nascimento, que deve ser apresentada com um documento com foto do responsável.

Além disso, para a primeira dose é preciso apresentar comprovante de residência com endereço de Curitiba.

Para os casos de locações não formalizadas por imobiliárias, deverá ser apresentado o comprovante do endereço da residência com uma declaração do proprietário do imóvel, com responsabilização legal pela locação e pela informação.

O que fazer para receber a segunda dose ou o reforço

Para receber a segunda dose ou o reforço da vacina, basta procurar um dos pontos de vacinação, levar um documento de identificação com foto e CPF.

Quem pode receber vacina anticovid neste sábado

Primeira dose
– Primeira dose para pessoas com 12 anos completos ou mais;
– Primeira dose  para adolescentes com até 12 anos completos com comorbidades;
– Primeira dose para gestantes e puérperas (mães que tiveram bebê até 45 dias) com 12 anos completos ou mais.

Segunda dose
– Segunda dose agendada;
– Repescagem de segunda dose de pessoas anteriormente convocadas;

Dose de reforço
– Repescagem de dose de reforço de pessoas anteriormente convocadas.

Locais de vacinação

Das 8h às 17h

1 – US Ouvidor Pardinho
Rua 24 de Maio, 807 – Praça Ouvidor Pardinho

2 – US Parigot de Souza
Rua João Eloy de Souza, 111 – Sítio Cercado

3 – Salvador Allende 
Rua Celeste Tortato Gabardo, 1712 – Sitio Cercado

4 – Nossa Senhora Aparecida
Rua Carlos Amoretty Osório, 169 – Sítio Cercado

5 – US Bairro Alto
Rua Jornalista Alceu Chichorro, 314 – Bairro Alto

6 – US Vila Diana
Rua René Descartes, 537 – Abranches

7 – US Tingui
Rua Nicolau Salomão, 671 – Tingui

8 – Fernando Noronha
Rua João Mequetti, 389 – Santa Cândida

9 – US Visitação
Rua Dr. Bley Zornig, 3136 – Boqueirão

10 – US Jardim Paranaense
Rua Pedro Nabosne 57 – Alto Boqueirão

11 – Menonitas
Rua Domicio da Costa, 52 – Xaxim 

12 – US Camargo
Rua Pedro Violani, 364 – Cajuru

13 – US Uberaba 
Rua Cap. Leônidas Marques, 1392 – Uberaba

14 – US Salgado Filho
Avenida Senador Salgado Filho, 5265 –  Uberaba

15 – US Iracema
Rua Professor Nivaldo Braga, 1571 – Capão da Imbuia

16 – US Cândido Portinari
Rua Durval Leopolpo Landal, 1529 –  Cidade Industrial

17 – US Oswaldo Cruz
Rua Pedro Gusso, 3749 – Cidade Industrial

18 – US Atenas
Rua Emilia Erichsen, 45 – Cidade Industrial

19 – US Vila Feliz
Rua Pedro Gusso, 866 – Novo Mundo

20 – US Aurora
Rua Theofhilo Mansur, 500 – Novo Mundo

21 – US Sagrado Coração
Rua Antônio Claudino, 375 – Pinheirinho

22 – US Vila Guaíra
Rua São Paulo, 1.495 – Guaíra

23 – US Santa Quitéria 2
Rua Bocaíuva, 310 – Santa Quitéria

24 – US Parolin
Rua Sergipe, 59 – Vila Guaíra

25 – US Santa Amélia
Rua Berta Klemtz, 215 – Fazendinha

26 – US Pinheiros
Rua Joanna Emma Dalpozzo Zardo, 370 – Santa Felicidade

27 – US Orleans
Avenida Vereador Toaldo Tulio, 4.577 – Orleans

28 – US Campina do Siqueira
Rua General Mário Tourinho, 1684 – Campina do Siqueira

29 – US Vista Alegre
Rua Miguel de Lazari, 85 Pilarzinho

30 – Rua da Cidadania do Tatuquara
Rua Olivardo Konoroski Bueno, s/n