Conheça o Parque Estadual do Monge

Publicidade
Publicidade

O Parque Estadual do Monge, localizado na Lapa, Região Metropolitana de Curitiba, será reaberto para receber visitantes, a partir deste sábado (20). O local ficou fechado para obras de melhorias a fim de atender às necessidades sanitárias impostas pela pandemia. E devido a reabertura do parque, o Busão preparou essa matéria pra vocês conhecerem melhor o local e marcarem aquele passeio que todo mundo gosta!

Atrações

A Gruta do Monge, local de peregrinação religiosa, é uma das principais atrações do parque. Neste espaço viveu por algum tempo o monge João Maria D’Agostinis, que se dedicava ao estudo das plantas da região, medicava enfermos, fazia profecias e orações. Para chegar à gruta o visitante passa por uma escada em pedra que desce até uma fonte de água pura.

Gruta do Parque do Monge/ Foto: AEN PR
Acesso a Gruta/ Foto: AEN PR

O parque tem também um mirante com estrutura em concreto, piso em deck de madeira ecológica e guarda-corpo metálico que proporciona ampla visão da cidade da Lapa. Os visitantes também podem percorrer trilhas e admirar a Pedra Partida, originada devido ao desgaste ao longo de milhares de anos. O atrativo é considerado pelos visitantes um local onde é possível ver a imagem do monge João Maria D’Agostinis.

Mirante do Parque/ Foto: AEN PR
Trilhas do Parque do Monge/ Foto: AEN PR
Trilhas do Parque do Monge/ Foto: AEN PR
Vista para a cidade da Lapa/ Foto: AEN PR

Quem gosta de praticar a meditação junto à natureza pode aproveitar o Espaço Monge. O parque ainda abriga ainda espécies da fauna como cachorro-do-mato, lobo-guará, irara, furão, lontra, gato-mourisco, cutia, curicaca, garça-vaqueira, jacuaçu, saracura-do-mato, asa-branca, beija-flor-preto e martim-pescador-pequeno.

Espaço Monge/ Foto: AEN PR
Espaço Monge/ Foto: AEN PR

A flora é formada por erva-mate, pinheiro-do-paraná, gerivá, ipê-roxo, carvalho-brasileiro, canela, canela-branca, imbuia, cedro-branco, cambuí e outros.

Os parques estaduais do Paraná estão sendo os destinos mais procurados pela população durante a pandemia e o nosso estado tem atrativos belíssimos, como é o caso do Parque do Monge, um passeio que proporciona o contato com a  natureza e que pode ser aproveitado por toda família!

Parque do Monge na Lapa/ Foto: AEN PR

Melhoria e cuidados com a pandemia

As novas estruturas garantem o cumprimento das normas e orientações estabelecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e a secretaria estadual da Saúde para prevenir o contágio da Covid-19.

Assim como todas as Unidades de Conservação do Estado, o Parque do Monge funcionará de acordo com as regras estabelecidas para evitar a proliferação do coronavírus. Entre elas, estão o agendamento e cadastro do visitante, uso de máscaras, álcool em gel e o distanciamento social. Mantenham o cuidado sempre e divirtam-se! 

Como chegar

O Parque Estadual do Monge está localizado a aproximadamente três quilômetros da Prefeitura da Lapa. O acesso é pela Rodovia do Xisto (BR-476) e pela Avenida Getúlio Vargas, no perímetro urbano do município.

Serviço:

Reabertura do Parque Estadual do Monge para visitação

Data: 20/02 (sexta-feira)

Horário: 10 horas

Local: Av. Getúlio Vargas, 51 – Lapa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vagas de EstaR são ampliadas no Rebouças incluindo a Avenida Getúlio Vargas

Publicidade
Publicidade

Até a próxima semana, equipes da Superintendência de Trânsito (Setran) devem finalizar os trabalhos de implantação de nova sinalização (placas e pintura no pavimento) delimitando 337 vagas de Estacionamento Regulamentado (EstaR) no bairro Rebouças.

O EstaR passará a valer na Rua Santo Antonio e vias transversais a ela, o que inclui a Avenida Presidente Getúlio Vargas e as ruas Engenheiros Rebouças, Brasílio Itiberê, Almirante Gonçalves, Baltazar Carrasco dos Reis e Chile.

De 15 e 19 de março, agentes de trânsito farão apenas orientações aos motoristas que estacionarem nas vagas sem ativar os créditos obrigatórios. A partir do dia 22, começa efetivamente a fiscalização e o condutor que insistir em não ativar o aplicativo necessário para uso da vaga será multado.

Projeto

A nova sinalização indicará estacionamento para 359 vagas. São 337 para o EstaR: 327 para uso com limite de até 2h, sete vagas para veículos exclusivos de carga e descarga, duas vagas exclusivas para idosos e uma vaga para pessoa com deficiência. Também há sete vagas para motos, sete para estacionamento 15 minutos com pisca-alerta e oito para táxis.

Informações Banda B.

Aplicação de segunda dose da vacina em idosos começa nesta sexta-feira em Curitiba; confira a cronograma

Publicidade
Publicidade

A segunda aplicação da vacina contra a covid-19 para idosos que foram imunizados com a primeira dose começa nesta sexta-feira (5/3). O reforço da vacina será feito por escalonamento de idade começando pelos idosos de 95 anos ou mais.

Não será necessário agendamento. A Secretaria Municipal da Saúde orienta que para tomar a nova dose é necessário que os familiares dos idosos incluídos nesta etapa os levem ao mesmo local onde receberam a primeira 

“É muito importante que esse cronograma seja seguido, para evitar aglomerações e garantir o prazo adequado da aplicação da segunda dose”, explica a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak.

O cronograma de aplicação da segunda dose continua na segunda-feira (8/3) para pessoas com 93 anos ou mais; na terça-feira (9/3) os idosos de 90 anos ou mais; na quarta-feira (10/3) a imunização será para pessoas de 89 anos ou mais; na quinta-feira (11/3) a vacinação é para pessoas 88 ou mais e na sexta-feira (12/3) é a vez das pessoas com 87 anos ou mais.

A segunda aplicação da vacina contra a covid-19 para idosos que foram imunizados com a primeira dose começa nesta sexta-feira dia 5/03. Foto: Daniel Castellano/SMCS

O escalonamento continua na semana seguinte: na segunda-feira (15/3) serão imunizadas com a segunda dose pessoas de 86 anos ou mais e na terça-feira (16/3) a vacinação será para idosos de 85 anos ou mais. Lembrando que os idosos de 85 anos e mais tiveram duas datas de aplicação da primeira dose. Entram nesse cronograma da segunda dose aqueles que receberam a vacina no dia 19/2.

Naquele dia, a vacinação foi interrompida ao meio-dia por falta de envio de novas doses pelo Ministério da Saúde. Portanto, esta semana, na retomada da vacinação, idosos de 85 anos e mais foram imunizados no dia 1/3. Esses não devem tomar a segunda dose agora, nesse cronograma que está sendo anunciado. A partir dessa faixa etária a imunização passou a ser realizada com o imunizante da AstraZeneca que tem maior prazo para aplicação da segunda dose.

Idosos que tenham sido imunizados com a CoronaVac fora do cronograma de aplicação da primeira dose, deverão atentar para o intervalo entre a primeira e a segunda dose que deve ser de no mínimo 21 dias e no máximo 28 dias para a segunda aplicação. 

No dia, o idoso deve apresentar um documento de identificação com foto, CPF e a carteirinha recebida na primeira dose.

Os idosos acamados receberão a segunda dose nas suas residências dentro do prazo estabelecida para a segunda aplicação, que é entre 21 e 28 dias a contar da primeira dose.

Cronograma da segunda dose para idosos

  • 95 anos ou mais: sexta-feira, 5 de março
  • 93 anos ou mais: segunda-feira, 8 de março
  • 90 anos ou mais: terça-feira, 9 de março
  • 89 anos ou mais: quarta-feira, 10 de março
  • 88 anos ou mais: quinta-feira, 11 de março
  • 87 anos ou mais: sexta-feira, 12 de março
  • 86 anos ou mais: segunda-feira, 15 de março
  • 85 anos ou mais: terça-feira, 16 de março


LOCAIS FIXOS

Das 8h às 17h
1 – Pavilhão da Cura
Parque Barigui
2 – Unidade de Saúde Salvador Allende
Rua Celeste Tortato Gabardo, 1.712 –  Sítio Cercado
3 – US Vila Diana
Rua René Descartes, 724 – Abranches
4 – US Jardim Paranaense
Rua Pedro Nabosne, 57 – Alto Boqueirão
5 – US Camargo
Rua Pedro Violani, 364 – Cajuru
6 – US Ouvidor Pardinho
Rua 24 de Maio, 807 – Praça Ouvidor Pardinho
7- US Vila Feliz
Rua Pedro Gusso, 866 – Novo Mundo
8 – US Pinheiros
Rua Joanna Emma Dalpozzo Zardo, 370 – Santa Felicidade
9 – Clube da Gente CIC
R. Hilda Cadilhe de Oliveira
10 – Rua da Cidadania do Tatuquara
R. Olivardo Konoroski Bueno, s/n
11 – Rua da Cidadania do Fazendinha
Rua Carlos Klemtz, 1700

DRIVE-THRU

Das 9h às 16h
1 – Pavilhão da Cura – Parque Barigui (entrada somente pela BR-277)
2 – Estacionamento do Santuário Nossa Senhora do Carmo – Boqueirão (entrada será feita exclusivamente pelo segundo portão do estacionamento, pela Rua Frederico Mauer)
3 – Paróquia Santo Antônio – Boa Vista (entrada única pela Rua Geraldo Gustavo Oscar Mueller)