Conheça a história da famosa “mulher da cobra” da Rua XV

Passar pela Rua XV, no centro de Curitiba e ouvir “olha a cobra!” ou “borboleta treze!”, fez por muitos anos parte do cotidiano da cidade. Dona Terezinha Leonirce dos Santos, popularmente conhecida como “a mulher da cobra” e sua voz, marcaram a história da cidade. 

Dona Terezinha, com muita simplicidade e alegria, nos contou como começou trabalhar na Rua XV e por que está afastada do trabalho. Confira na matéria: 

“Mulher da cobra” da Rua XV

Terezinha nasceu em Santa Catarina e quando criança sua família se mudou para Curitiba. Casou-se bem cedo, aos 14 anos e começou constituir uma família. Com o marido, com quem ficou casada por 20 anos – já falecido – teve seis filhos. Hoje já é avó e bisavó. 

Dona Terezinha morou por um tempo no Hauer, onde teve sua primeira casa própria, quando ganhou de doação um terreno no bairro. Atualmente ela reside sozinha no Tatuquara. Os seis filhos moram longe da mãe. 

Por ter engravidado muito jovem, sempre foi difícil conseguir trabalho e conciliar com o cuidado aos filhos, foi então que Terezinha começou vender loterias, aos 19 anos. Só na Rua XV, já fazem 50. “Me sinto muito bem trabalhando lá, como se eu estivesse em casa”, conta ela, hoje com 70 anos. 

Fonte: Curitiba Antiga

Há 10 meses, dona Terezinha está afastada do trabalho. No início do ano, foi mordida na perna por uma aranha e teve complicações. Desde então está fazendo tratamento, que infelizmente custa caro – gastos com remédios, consultas médicas e transporte até o hospital, entre outros. Além disso, também precisou se ausentar devido aos riscos da pandemia. “No mês passado perdi meu irmão, vítima da covid, isso me deixa ainda mais preocupada. Precisamos nos cuidar”, conta.

No entanto, ela conta que não pretende se aposentar tão cedo e que não vê a hora de melhorar e da pandemia passar, para que possa voltar ao trabalho. “Não pretendo parar, quando isso passar quero voltar. Sinto saudades da Rua XV”, completa. 

Sem trabalho e tendo que se manter apenas com o auxílio do governo – usado para custear as contas da casa -, dona Terezinha depende da solidariedade de vizinhos e de desconhecidos. “Já recebi muito ajuda e sou grata, mas infelizmente ainda preciso”, afirma. 

Dona Terezinha pediu gentilmente que nós divulgássemos seu contato, caso alguém tenha interesse em ajudá-la – (41) 99871-9192. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Exposição de flores gigantes é atração no Shopping Crystal

Criações que já cativaram famosas como Gisele Bundchen, Déborah Secco, Cléo Pires e Xuxa têm mais de 1,5m, variedade de cores e tipos de flores que encantam quem passa pelo shopping até fevereiro

Já se imaginou no mundo de Alice no País das Maravilhas? Esse é o objetivo da exposição de Flores Gigantes “Bem me Quero”, da designer Jacqueline Benevides, exibida no piso L2 do Shopping Crystal. Aberta ao público, a exposição busca transportar o expectador para um mundo diferente, sendo possível contemplar a harmonia das cores e formas da natureza. Além disso, a artista buscou trabalhar o lúdico e a conexão consigo mesmo, o bem querer a si próprio.

As flores são feitas 100% manualmente e levaram dois meses para serem montadas. Celebridades como Gisele Bundchen, Déborah Secco, Cléo Pires, Xuxa e muitas outras já posaram em suas flores instagramáves.  “Iniciei o processo pensando em levar um mix de flores, mostrando as infinitas possibilidades neste tipo de decoração e busquei trabalhar cada arranjo em cores diferentes para dar a sensação de um jardim”, diz Jacqueline.

Divulgação

Uma das vantagens da decoração com flores gigantes é que elas podem ser expostas tanto em ambientes fechados, quanto abertos, já que são feitas com acetato de vinila e modeladas no calor do fogo. Assim, as enormes flores resistem as adversidades do clima, durando assim, mais tempo.

Sobre a artista

Nascida em Cianorte, cidade do interior do Paraná, a artista é graduada em Administração de Empresas com MBA FGV (Fundação Getúlio Vargas) em Gestão. Ao passar um período sabático nos Estados Unidos descobriu nas Flores uma nova forma de ver e viver.

Neste período, começou a realizar pequenas decorações com flores como hobby, porém o amor pelas artes manuais era algo que estava apenas adormecido e foi desabrochando a cada flor que ela criava.

Com o tempo o hobby se tomou profissão, Jacqueline realizou especialização Russa em Flores Gigantes, criou sua escola on-line “Vivendo de Flores” e, hoje, cria decorações para o Brasil e EUA.

Serviço

Shopping Crystal
R. Comendador Araújo, 731 – Batel, Curitiba – PR, 80420-000
Horário: 10h às 22h, de segunda a sábado | 12h às 20h, aos domingos
Redes sociais: @shoppingcrystal
Site: www.shoppingcrsystal.com.br
Telefone: (41) 3883-3000

Crianças aproveitam o calor para se divertir com as atividades do Verão Curitiba 2022

As altas temperaturas do fim de semana na capital paranaense levaram curitibinhas e suas famílias para brincarem nas atividades do Verão Curitiba 2022. Foi o segundo fim de semana de programação nos seis parques da cidade: Barigui, Passaúna, Bacacheri, Náutico, Lago Azul e Passeio Público.

Até o dia 13 de fevereiro, aos fins de semana das 14h às 18h, serão feitas atividades gratuitas dentro do Verão Curitiba 2022. A coordenação das ações é da Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude (Smelj), com patrocínio da RIC TV e apoio da Megamania, MRV, Hospital de Olhos do Paraná e Jovem Pan Curitiba. 

As atividades seguem todos os cuidados e protocolos sanitários contra a covid-19.

Para se movimentar

Neste sábado (22/1) e domingo (23/1), os curitibinhas e seus pais aproveitaram para se divertir e correr ao ar livre. As atividades com maior procura das crianças foram a pinturinha no papel kraft e os circuitos de bike.

Em cada um dos seis parques foi feita uma atividade específica e diferente para atrair a participação dos pequenos e suas famílias. No Parque Náutico teve aulas de pilates, o Parque Passaúna recebeu atividades de capoeira.

No Bairigui foi a Ginástica Maluca que colocou as famílias para se mexer. Quem foi ao Passeio Público pode ter uma Vivência de Lutas e no Parque Bacacheri o Vôlei de Praia divertiu as famílias. No Parque Azul o Caçador deu o tom do fim de semana. 

Além disso, todos os seis parques tiveram as atrações sistemáticas do Verão Curitiba com jogos de tabuleiro gigantes, jogos lúdicos, ping-pong e perna de pau. 

Além da recreação gratuita para as famílias, os profissionais de Educação Física da Smelj ficam nos locais para orientar os participantes e para reforçar a importância dos cuidados sanitários durante a prática das atividades.

Cuidados

Caso algum integrante da família apresente sintomas respiratórios leves, a orientação é que não vá participar das ações do Verão Curitiba. A pessoa deve se isolar e procurar o suporte dos serviços de Saúde da Prefeitura, prioritariamente pela Central 3350-9000.

Aqui você pode conferir todas as orientações e cuidados em caso de suspeitas de covid-19 ou gripe.