Confira os locais de vacinação contra a gripe para curitibanos de 65 anos ou mais

A Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba começa nesta quinta-feira (9/4) a vacinação contra a gripe para pessoas com 65 anos ou mais. Desde o início da campanha, em 23 de março, foram imunizados 152 mil idosos, 76% do público da faixa acima dos 60 anos.

Nos dois primeiros dias da campanha foram 130 mil doses aplicadas. A partir de então, a vacinação em Curitiba está sendo feita por faixa etária para evitar aglomerações nesse período de pandemia do novo coronavírus.

O critério de vacinar por faixa etária também dimensiona a quantidade de doses que estão sendo enviadas pelo Ministério da Saúde. Até agora foram atendidos idosos acamados e em casas de repouso, acima dos 80 anos e 70 anos, além de profissionais da saúde.

“A vacina é contra gripe, não protege do novo coronavírus, mas evita que as pessoas adoeçam, principalmente os idosos, e procurem as Unidades de Saúde nesse período tão delicado”, disse a superintendente de Gestão em Saúde, Flávia Quadros.

Pessoas com 65 anos ou mais

Nesta quinta-feira, as pessoas com 65 ou mais devem procurar um dos 21 locais externos para a imunização. Os pontos de vacinação continuam os mesmos das etapas anteriores, porém o atendimento por drive-thru será oferecido apenas na CIC. O horário também será o mesmo, das 9h às 17h.
 

Locais da vacinação para pessoas com 65 anos ou mais

Quinta-feira, 9 de abril   

Regional BOA VISTA
Paróquia São Marcos – Rua Roberto Gava, 310 – Pilarzinho
Paroquia Santo Antonio – Av. Paraná, 1939 

Regional BAIRRO NOVO              
Centro de Esporte e Lazer Bairro Novo (Ginásio Bairro Novo). Rua Ourizona 1681 – Sítio Cercado.
Paróquia São Pedro do Umbará – Rua Nicola Pellanda 5000 – Umbará

Regional BOQUEIRÃO
Rua da Cidadania do Carmo – quadra esportiva Av. Mal. Floriano Peixoto, 8430 – Boqueirão
Centro da Juventude Eucaliptos – Rua Pastor Antônio Pólito, 2200 – Alto Boqueirão

Regional CAJURU
Rua da Cidadania Cajuru – Av. Prefeito Maurício Fruet, 2150 – Cajuru
Parque Peladeiro – Rua Rivadávia Fonseca de Macedo, 510 – Cajuru

Regional CIC
Clube da Gente CIC – Rua Hilda Cadilhe de Oliveira, S/N
Paróquia São João Batista – Rua Luiz Tramontin, 2570
Drive-thru – Rua Manoel Valdomiro de Macedo, 2460 – Cidade Industrial de Curitiba

Regional SANTA FELICIDADE
Rua da Cidadania de Santa Felicidade – Rua Santa Bertila Boscardin, 213
Paróquia São José Trabalhador – Rua Major Heitor Guimarães, 1526 – Campina do Siqueira

Regional MATRIZ
Praça Oswaldo Cruz – Praça Oswaldo Cruz, S/n – Centro
Colégio Esperança – Rua Aquelino Orestes Baglioli, 155

Regional PINHEIRINHO
Rua da Cidadania Pinheirinho – Av. Winston Churchill, 2033 – Capão Raso
Paróquia Santuário São José do Capão Raso – Rua Albino Vico, 32 – Capão Raso

Regional PORTÃO
Rua da Cidadania Fazendinha – quadra esportiva – Rua Carlos Klemtz, 1700
Centro de Referência em Esporte e Atividade Física – Rua Augusto de Mari, 2150 – Guaíra

Regional TATUQUARA
Rua da Cidadania Tatuquara – Rua Olivardo Konorski Bueno, 100
Clube da Gente Tatuquara – Rua Evelázio Augusto Bley, 151

Festival da Carne de Onça vai agitar Curitiba

O Bar Quermesse, um dos mais tradicionais da capital paranaense, vai oferecer versões especiais do clássico preparo curitibano por apenas R$ 20

É impossível falar da gastronomia curitibana sem pensar na tradicional Carne de Onça, patrimônio cultural da cidade. Indispensável no cardápio de centenas de bares da capital paranaense, a receita tradicional é preparada com carne bovina magra (sem nervo ou gordura), sem tempero, servida com broa preta, pimenta do reino, sal, azeite de oliva extravirgem, cebola branca, cebolinha e pimenta do reino.

Para celebrar esta iguaria tão especial, o Bar Quermesse, um dos endereços gastronômicos mais badalados de Curitiba, famoso por seu trabalho com culinária regional e comida de boteco, vai promover, entre os dias 25 e 30 de janeiro, o seu já tradicional Festival da Carne de Onça. Durante o evento, o público poderá saborear receitas exclusivas do preparo que serão comercializadas pelo preço fixo de R$ 20.

Durante o evento, serão apresentadas opções especiais do preparo, entre elas a carne de onça tradicional servida na broa preta, a carne de onça japonesa e carne de onça na massa crocante de pastel. Outro grande destaque do evento ficará por conta do delicioso e criativo canudinho de carne de onça, receita que une o conhecido canudinho de maionese, servido em festas de aniversário, com a saborosa iguaria curitibanaNa releitura, a carne de onça ganha ainda mais sabor com o delicioso e crocante canudinho.

Bar Quermesse fica na Rua Carlos Pioli, (nº 513), no bairro Bom Retiro, e funciona de terça a sexta, das 17h às 01h, e aos sábados e domingos, das 11h30 às 01h. O Festival da Carne de Onça será realizado entre os dias 25 e 30 de janeiro. Mais informações no site www.quermesse.com.br ou pelo telefone (41) 3026-6676.

Regionais distribuem mudas gratuitas a partir de segunda (24/1)

Que tal começar o ano deixando Curitiba mais verde e resiliente às mudanças climáticas? A partir da próxima segunda-feira (24/1), as dez regionais da cidade começam a ser abastecidas por mudas de árvores nativas que podem ser retiradas gratuitamente pela população. (Veja o cronograma e os endereços abaixo). 

O trabalho faz parte do Desafio 100 Mil Árvores para Curitiba, que agora é anual. Cada regional terá 500 mudas para distribuição. Será necessário, apenas, o preenchimento de um cadastro simples, com o local e as características do plantio para que seja fornecida a muda mais adequada. 

Poderão ser plantadas espécies como os ipês amarelo, roxo e roxo anão, uvaia, pitanga, araçá vermelho, palmeira imperial, entre outras. O engenheiro ambiental responsável pelo Horto Municipal da Barreirinha, Roberto Salgueiro, lembra que em áreas privadas não há restrição de plantio, mas em via pública, além de autorização, é preciso seguir algumas regras.

“Isso porque a cidade tem normas de urbanização, fiação elétrica e outras características que precisam ser levadas em consideração, como a largura das calçadas, por exemplo”, esclarece.

Antes de acabe

Salgueiro reforça que a procura pelas mudas nas regionais é sempre grande e os estoques acabam rápido. Mas quem ficar sem, pode solicitar via Central 156 e retirar no Horto da Barreirinha (Av. Anita Garibaldi, 5550). “O critério é o mesmo, o cidadão faz um rápido cadastro e ajuda a cidade”, explica.

Além da beleza, as árvores garantem equilíbrio térmico e abrigo para a fauna silvestre.  

Onde buscar a sua muda?

A partir de segunda-feira (24/1)
Manhã – REGIONAL BAIRRO NOVO – Rua Tijucas do Sul, 1.700
Tarde – REGIONAL PORTÃO – Rua Carlos Klemtz, 1.700 

A partir de terça-feira (25/1)
Manhã – REGIONAL PINHEIRINHO – Avenida Winston Churchill, 2.033
Tarde – REGIONAL TATUQUARA – Rua Olivardo Konoroski Bueno, s/n 

A partir de quarta-feira (26/1)
Manhã – REGIONAL MATRIZ – Praça Rui Barbosa, 101 
Tarde – REGIONAL SANTA FELICIDADE – Rua Santa Bertilla Boscardin, 213 

A partir de quinta-feira (27/1)
Manhã – REGIONAL CIC – Rua Manoel Valdomiro de Macedo, 2.460 
Tarde – REGIONAL BOQUEIRÃO – Avenida Marechal Floriano Peixoto, 8.430

A partir de sexta-feira (28/1)
Manhã – REGIONAL BOA VISTA – Avenida Paraná, 3.600 
Tarde – REGIONAL CAJURU – Avenida Prefeito Maurício Fruet, 2.150