Confira os destaques do 9º Olhar de Cinema – Festival de Curitiba

O 9º Olhar de Cinema – Festival Internacional de Curitiba acontece em um formato diferente este ano, de 7 a 15 de outubro. Ser online é uma novidade, mas a inspiração e o cuidado da seleção de filmes continuam os mesmos, com o diferencial de que nesta edição todo o país tem a oportunidade de conhecê-la. 

A Mostra Outros Olhares mescla em sua seleção longas e curtas-metragens ainda inéditos e filmes que já possuem uma trajetória em festivais e mostras internacionais recentes. São várias propostas, estilos, linguagens e abordagens feitos em torno de uma série de extremidades que reflete o mundo atual.

Fazem parte da seleção de longas-metragens os brasileiros inéditos O Índio Cor de Rosa, de Tiago Almeida, e A Flecha e a Farda, de Miguel Antunes Ramos, além de O Reflexo do Lago, que esteve na seleção Festival de Berlim. Da Berlinale também chegam o indiano Crônica do Espaço, de Akshay Indikar, a co-produção França, Bélgica e Burkina Faso, Traverser (Após a Travessia), dirigido por Joël Akafou, e o longa argentino Responsabilidade Empresarial, de Jonathan Perel. 

Do FIDMarseille chega a co-produção Eslovênia e República Tcheca, Oroslan, de Matjaz Ivanisin, do NY Film Festival vem Trouble, uma co-produção entre Estados Unidos e Reino Unido dirigida por Mariah Garnett e, por fim, o longa chileno Visão Noturna, dirigido por Carolina Moscoso Briceño.

Curtas de todos os lugares

A seleção de curtas-metragens também traz um recorte na nova produção brasileiro, com os títulos Manual do Zueiro Sem Noção, de Joacelio Batista; Memby, de Rafael Castanheira Parrode e Rafameia, de Mariah Teixeira e Nanda Felix. Representantes de vários outros países também estão na seleção, como Irã, Argentina, Camboja, Cuba e Rússia.

Sobre o Olhar de Cinema

O Olhar de Cinema é um festival que busca destacar e celebrar o cinema independente produzido no mundo. São propostas estéticas inventivas, envolventes e com comprometimento temático, que abrange desde a abordagem de inquietações contemporâneas acerca do micro universo cotidiano de relacionamentos, até interpretações e posicionamentos sobre política e economia mundial.

A seleção apresenta ao público filmes que se arriscam em novas formas de linguagem cinematográfica, que estão abertos ao experimentalismo e que, ainda assim, possuem um grande potencial de comunicação com o público.

Nesta edição, serão seis mostras: Mostra Competitiva, Novos Olhares, Outros Olhares, Olhares Brasil, Exibições Especiais e Mirada Paranaense.

O 9º Olhar de Cinema – Festival Internacional de Cinema conta com apoio da Copel, Governo do Estado do Paraná, Ademilar, Lojacorr, incentivo da Lei de incentivo à cultura, Fundação Cultural de Curitiba, Prefeitura de Curitiba e PROFICE.

Confira a lista completa de selecionados para a mostra:

OUTROS OLHARES

Longas-metragens

Oroslan (Oroslan, Eslovênia, República Tcheca, 71 min.), de Matjaz Ivanisin

Responsabilidade Empresarial (Responsabilidad Empresarial. Argentina, 68 min.), de Jonathan Perel

Quem Tem Medo de Ideologia? (Who Is Afraid of Ideology?, Líbano, Siria, Curdistão iraquiano, 57 min.), de Marwa Arsanios;

Traverser (Após a Travessia) (Traverser [After the Crossing], França, Bélgica, Burkina Faso, França, Bélgica, Burkina Faso, 77 min.), de Joël Akafou;

Crônica do Espaço (Sthalpuran [Chronicle of Space], Índia, 86 min.) de Akshay Indikar;

Trouble (Estados Unidos, Reino Unido, 82 min.), de Mariah Garnett;

O Reflexo do Lago (Brasil, 80 min.), de Fernando Segtowick.

O índio Cor de Rosa (Brasil, 71 min.), de Tiago de Almeida.

A Flecha e a Farda ( Brasil, 90 min.), de Miguel Antunes Ramos.

Visão Noturna (Visión nocturna, Chile, 80 min.), de Carolina Moscoso Briceño

Curtas-metragens

Manual do Zueiro Sem Noção (Brasil, 16 min.) de Joacelio Batista;

Memby (Brasil, 15 min.) de Rafael Castanheira Parrode;

Rafameia (Brasil, 24 min.) de Mariah Teixeira, Nanda Felix;

Inner Self (Nahan, Irã, 15 min.) deMohammad Hormozi;

Playback. Ensaio de uma Despedida (Playback. Ensayo de una despedida, Argentina, 14 min.) de Agustina Comedi;

Alienígena (REONGHEE, África do Sul, 15 min.) de Jegwang Yeon;

Sonho Californiano (Soben California, Cambodja, 16 min.) de Sreylin Meas;

Garotas Crescem Desenhando Cavalo (Girls grow up drawing horses, EUA, 7 min.) de Joanie Wind;

Mary, Mary, So Contrary (Singapura, 15 min.) de Nelson Yeo;

As Chamas do Sol (Las llamas del sol, Espanha, 12 min.) de Pepe Sapena;

Botões Dourados (Zolotye Pugovitzi (The Golden Buttons), Russia, 19 min.), de Alex Evstigneev;

Os Meninos Lobos (Los niños lobos, Cuba, 18 min.) de Otávio Almeida;

Rio Solitários (Lonely Rivers, Espanha, França, 28 min.) de Mauro Herce.

SERVIÇO


9º Olhar de Cinema – Festival Internacional de Curitiba

De 7 a 15 de outubro

No site do Olhar de Cinema


R$ 5 por filme

Dinâmica das sessões

Os filmes serão exibidos no próprio site do Olhar de Cinema. Cada título estará disponível até às 23h59 da data divulgada na programação. A venda de ingressos para todas as sessões começa no dia 23 de setembro e o número de ingressos para cada filme é limitado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Oscar 2021: Confira a lista completa dos vencedores

A maior festa do cinema mundial chegou a sua 93ª edição. A cerimônia de entrega do Oscar 2021 aconteceu na noite deste domingo (25) e precisou ter seu formato modificado por causa da pandemia.

Veja a lista dos vencedores do Oscar 2021:

MELHOR FILME

Nomadland

MELHOR ATRIZ

Frances McDormand – Nomadland

MELHOR ATOR

Anthony Hopkins – Meu Pai

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Yuh-Jung Youn – Minari – Em Busca da Felicidade

MELHOR ATOR COADJUVANTE

Daniel Kaluuya – Judas e o Messias Negro

MELHOR DIREÇÃO

Chloé Zhao – Nomadland

MELHOR FILME INTERNACIONAL

Druk – Mais uma Rodada (Dinamarca)

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO

Meu Pai

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL

Bela Vingança

MELHOR FIGURINO

A Vos Suprema do Blues – Ann Roth

MELHOR TRILHA ORIGINAL

Soul – Trent Reznor, Atticus Ross e Jon Batiste

MELHOR ANIMAÇÃO

Soul

MELHOR CURTA

Two Distant Strangers

MELHOR CURTA DE ANIMAÇÃO

Se Algo Acontecer… Te Amo

MELHOR DOCUMENTÁRIO

Professor Polvo

MELHOR DOCUMENTÁRIO EM CURTA-METRAGEM

Colette (Time Travel Unlimited)

MELHOR FOTOGRAFIA

Mank

MELHOR MONTAGEM

O Som do Silêncio

MELHOR CABELO E MAQUIAGEM

A Voz Suprema do Blues

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL

Fight for You – Judas e o Messias Negro

MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO

Mank

MELHORES EFEITOS ESPECIAIS

Tenet

MELHOR SOM

O Som do Silêncio

Sexy Por Acidente, Meu Ex é um Espião e Ponto Cego estão entre os destaques de março no streaming do Telecine

Com Amy Schumer, Sexy Por Acidente chega ao streaming do Telecine no dia 2 de março. Na comédia, a atriz vive Renee Barrett, uma mulher insegura com a sua imagem. Depois de um acidente na academia, ela acorda confiante e empoderada, o que a leva a fazer coisas antes impossibilitadas pelo medo e baixa autoestima. O elenco ainda reúne Michelle Williams, Busy Phillips, Emily Ratajkowski e a modelo Naomi Campbell.

Disponível no Telecine a partir do dia 6, Meu Ex é um Espião traz Mila Kunis e Kate McKinnon no papel das melhores amigas Audrey e Morgan. Quando as duas descobrem que Drew (Justin Theroux), ex-namorado de Audrey, é um agente secreto e está sendo perseguido por saber de informações sigilosas, elas embarcam para uma aventura no mundo da espionagem em Viena, na Áustria. Direção de Susanna Fogel.

Ponto Cego é uma das novidades de março e entra na plataforma de streaming no dia 13. Estreia do diretor Carlos López Estrada no cinema, o filme conta a história do ex-presidiário Collin (Daveed Diggs) que, nos seus últimos dias de liberdade condicional, testemunha a morte de um negro pela polícia junto com seu melhor amigo, o imprevisível Miles (Rafael Casal).

Sexy Por Acidente

Disponível no streaming do Telecine a partir de 2 de março

Renee Bennett é uma mulher comum que, assim como muitas, tem dificuldades em lidar com os padrões de beleza da sociedade. Certo dia, ela sofre um acidente durante uma aula de spinning e bate a cabeça. O ocorrido faz com que Renee acorde sentindo-se muito mais confiante e bonita, o que acaba influenciando tudo ao seu redor.

Direção: Abby Kohn
Elenco: Amy Schumer, Michelle Williams, Emily Ratajkowski, Tom Hopper
China. EUA. 2018. Comédia.
Link no Telecine

Adam

Disponível no streaming do Telecine a partir de 3 de março

Adam Niskar é um jovem trabalhador que está em seu melhor momento. Além de receber uma promoção no emprego, ele vive um romance com Christine. No entanto, um acidente faz com que Adam fique tetraplégico, mudando sua vida completamente. Agora, ele precisa lidar com os desafios do novo mundo que bate à sua porta. Baseado em uma história real.

Direção: Michael Uppendahl
Elenco: Aaron Paul, Lena Olin, Michael Weston, Shannon Lucio
EUA. 2020. Drama.
Link no Telecine

Meu Ex é um Espião
Disponível no streaming do Telecine a partir de 6 de março

Na Europa, Audrey e a amiga Morgan são surpreendidas por criminosos que iniciam uma perseguição insana à dupla. Logo, Audrey descobre que os acontecimentos estão ligados ao seu ex-namorado Drew, que além de tê-la dispensado, não contou que é, nada menos, que um espião do governo.

Direção: Susanna Fogel
Elenco: Mila Kunis, Kate McKinnon, Justin Theroux, Lolly Adefope
Canadá. EUA. Hungria. 2018. Comédia.
Link no Telecine

Operação Obscura

Disponível no streaming do Telecine a partir de 9 de março

A policial Renee Lomito-Smith testemunha um brutal assassinato por meio da câmera ligada ao seu uniforme. Após o evento, ela começa a sentir que há algo de estranho no ar. De volta ao trabalho ao lado do colega Danny, tudo fica ainda mais macabro quando novas mortes sem explicação começam a acontecer.

Direção: Malik Vitthal
Elenco: Mary J. Blige, Nat Wolff, David Zayas, Anika Noni Rose
EUA. 2020. Terror. 94 min.
Link no Telecine

Ponto Cego

Disponível no streaming do Telecine a partir de 13 de março

Collin é um ex-presidiário negro precisando que seus últimos dias de condicional corram dentro do esperado para que consiga garantir, de vez, sua liberdade. Já seu melhor amigo Miles, um cara branco, mantém uma postura inconsequente e volátil. Em meio a isso, Collin presencia um tiroteio policial que o faz reavaliar suas prioridades, colocando em cheque a amizade da dupla.

Direção: Carlos López Estrada
Elenco: Daveed Diggs, Rafael Casal, Janina Gavankar, Ethan Embry
EUA. 2018. Comédia.
Link no Telecine