Começa a distribuição de 2,2 milhões de insumos para a vacinação no Paraná

O Governo do Estado inicia neste sábado (16) a distribuição da primeira remessa de insumos destinados à vacinação da Covid-19 no Paraná. A operação logística é da Secretaria Estadual da Saúde. Quatro caminhões sairão pela manhã da central de abastecimento e suprimentos da Secretaria da Saúde, no Jardim Botânico, em Curitiba, rumo ao Interior, carregados com 2,2 milhões de itens que serão entregues a 20 Regionais de Saúde do Estado.

Apenas duas Regionais, a Metropolitana e a de Paranaguá, pela proximidade com central da Saúde, receberão os materiais na segunda-feira (18). A expectativa é que até a noite de segunda todo o material já tenha sido entregue.

Nesta primeira remessa seguirão 506.400 unidades de seringas 25 x 0,6; 509.600 unidades de seringas 25 x 0,7; 150 mil unidades de máscaras descartáveis, 4 mil unidades de máscaras Face Shield e 30 mil aventais. Além destes materiais, foram enviadas mais de 1 milhão de carteirinhas de vacinação.

“O Paraná vem se preparando há meses para este momento. E agora, com a previsão da chegada das primeiras doses da vacina, já estamos encaminhando o reforço de insumos aos municípios, por meio das Regionais de Saúde. O Estado está preparado para a imunização contra a Covid-19 e conta com 1.850 salas de vacinação e equipes profissionais capacitados para este trabalho”, afirmou o secretário da Saúde, Beto Preto.

SUPORTE – A entrega do material terá o acompanhamento da Secretaria de Estado Segurança Pública, com as Polícias Civil e Militar. “Equipes de segurança darão todo o suporte a esta operação de entrega para garantir que o material chegue às regionais. Contaremos com o apoio das  Polícias Militar e Civil e também da Defesa Civil”, explicou o secretário de Estado da Segurança Pública, Rômulo Marinho Soares.

O coordenador de Material e Patrimônio da Secretaria da Saúde, Evandro Wisnicwski, ressaltou outro ponto de segurança no deslocamento: todos os caminhões que farão as entregas dos insumos durante a vacinação estão equipados com rastreadores. “São dezenas de profissionais da coordenadoria envolvidos nas etapas de compra, recebimento, armazenamento e no envio de materiais para as Regionais de saúde do Paraná”, relatou.

TOTAL – O Estado já conta com um estoque de 11 milhões de seringas e agulhas e outras 16 milhões estão em fase final de aquisição. O material garante as duas doses de vacinação para os todos paranaenses.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, faz o carregamento das seringas e equipamentos para a distribuição das 22 Regionais de Saúde na estratégia de vacinação da Covid-19 nesta sexta-feira (15). Foto: Geraldo Bubniak/AEN

Os itens que serão utilizados na vacinação estão armazenados em dois pontos centrais de Curitiba: além da central de abastecimento e suprimento da Secretaria da Saúde, o Ginásio do Tarumã, cedido pela Paraná Esportes, para esta finalidade. A Central também armazenará as doses das vacinas assim que chegarem ao Paraná.

“Temos capacidade para aplicar a primeira dose em toda a população da primeira fase da vacinação do Paraná, no mesmo dia. A logística planejada pelas equipes e profissionais da Secretaria garante que o paranaense possa receber a vacina rapidamente e perto da sua casa, sempre na unidade básica de saúde, nas salas de vacinação, local de referência histórica para a população”, disse Beto Preto.


Confira a quantidade de insumos que cada Regional de Saúde vai receber neste primeiro momento:

Distribuição a partir de sábado (16)

3ª Regional de Ponta Grossa: 102.550 unidades

4ª Regional de Irati: 42.050 unidades

5ª Regional de Guarapuava: 79.200

6ª Regional de União da Vitória: 42.050

7ª Regional de Pato Branco 49.000

8ª. Regional de Francisco Beltrão: 64.050

9ª Regional de Foz do Iguaçu: 29.250

10ª Regional de Cascavel: 99.550

11ª Regional de Campo Mourão: 40.700

12ª Regional de Umuarama: 63.650

13ª Regional de Cianorte: 33.050

14ª regional de Paranavaí: 51.400

15ª Regional de Maringá: 76.000

16ª. Regional de Apucarana: 68.050

17ª Regional de Londrina: 139.000

18ª Regional de Cornélio Procópio: 29.850

19ª Regional de Jacarezinho: 69.350

20ª Regional de Toledo: 41.700

21ª Regional de Telêmaco Borba: 58.750

22ª Regional de Saúde de Ivaiporã: 24.700 unidades

Distribuição a partir de segunda-feira (18)

1ª Regional de Paranaguá : 44.550

2ª Regional Metropolitana de Curitiba: 508.700.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sábado tem aplicação da segunda dose da vacina da Pfizer e repescagem

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba fará aplicação de segunda dose da vacina da Pfizer contra covid-19 neste sábado (16/10). Serão atendidas para a segunda aplicação as pessoas com agendamento no aplicativo Saúde Já.

A estimativa é que 36 mil pessoas tenham agendamento da segunda aplicação da Pfizer marcado para este sábado. O atendimento será feito em 24 pontos de vacinação (lista abaixo), das 8h às 17h.

Neste sábado, também haverá repescagem de primeira e segunda doses e da dose de reforço para os que foram convocados pelo Saúde Já.

Repescagens

A repescagem de primeira dose será para pessoas nascidas até 31 de dezembro de 2005. 

Quem perdeu a data do agendamento da segunda e quem já recebeu a convocação da dose de reforço e ainda não foi vacinado também poderá ser atendido neste sábado.

“Estamos oportunizando este sábado para que a população em atraso possa colocar a situação vacinal em dia”, explicou a superintende de gestão da SMS, Flávia Quadros.

Para ampliar a campanha de vacinação para adolescentes o município aguarda a chegada de nova remessa de imunizantes destinadas para esse público.

Como consultar o dia da segunda dose

Pelo aplicativo Saúde Já:
1 – Abrir o aplicativo no celular;
2 – Clicar em “Carteira de Vacinação”;
3 – Visualizar a data que aparece em Próximas Vacinas;
4 – Procurar um dos pontos de vacinação da cidade que estejam abertos nesse dia.
Pelo site:
1 – Abrir www.saudeja.curitiba.pr.gov.br;
2 – Clicar em “Vacinação”;
3 – Visualizar a data que aparece em Próximas Vacinas;
4 – Procurar um dos pontos de vacinação da cidade que estejam abertos nesse dia.

O que levar

Para receber a segunda dose da vacina, basta procurar um dos pontos de vacinação da cidade, das 8h às 17h, levar um documento de identificação com foto e CPF.

Locais de vacinação deste sábado

Das 8h às 17h

1 – US Ouvidor Pardinho 
Rua 24 de Maio, 807 – Praça Ouvidor Pardinho
  
2 – US Salvador Allende 
Rua Celeste Tortato Gabardo, 1.712 – Sítio Cercado
 
3 – US Parigot de Souza 
Rua João Eloy de Souza, 111 – Sítio Cercado

4 – Nossa Senhora Aparecida
Rua Carlos Amoretty Osório, 169 – Sítio Cercado
 
5 – US Vila Diana 
Rua René Descartes, 537 – Abranches
 
6 – Centro de Esporte e Lazer Avelino Vieira 
Rua Guilherme Ihlenfeldt, 233 – Bacacheri
 
7 – US Bairro Alto 
Rua Jornalista Alceu Chichorro, 314 – Bairro Alto
  
8 – US Jardim Paranaense 
Rua Pedro Nabosne, 57 – Alto Boqueirão
 
9 – US Visitação 
Rua Dr. Bley Zornig, 3136 – Boqueirão
 
10 – US Camargo 
Rua Pedro Violani, 364 – Cajuru
 
11 – US Uberaba 
Rua Cap. Leônidas Marques, 1392 – Uberaba

12 – US Salgado Filho
Avenida Senador Salgado Filho, 5265 –  Uberaba
 
13 – Clube da Gente CIC 
Rua Hilda Cadilhe de Oliveira, nº 700
 
14 – US Oswaldo Cruz 
Rua Pedro Gusso, 3749 – Cidade Industrial
 
15 – US Vila Feliz 
Rua Pedro Gusso, 866 – Novo Mundo
 
16 – US Aurora 
Rua Theofhilo Mansur, 500 – Novo Mundo
 
17 – US Pinheiros 
Rua Joanna Emma Dalpozzo Zardo, 370 – Santa Felicidade
 
18 – US Orleans 
Av. Ver. Toaldo Túlio, 4.577 – Orleans

19 – Unidade de Saúde Vista Alegre 
 Rua Miguel de Lazzari, 51/55 – Pilarzinho

20 – US Campina do Siqueira 
Rua General Mário Tourinho, 1684 – Campina do Siqueira
  
21 – Rua da Cidadania do Tatuquara 
Rua Olivardo Konoroski Bueno, s/n
 
22 – Rua da Cidadania do Fazendinha 
Rua Carlos Klemtz, 1.700
 
23 – US Santa Quitéria 2 
Rua Bocaíuva, 310 – Santa Quitéria

24 – Centro de Referência, esportes e atividade física 
Rua Augusto de Mari, 2.150 – Guaíra

Curitiba chega a 60% da população totalmente vacinada contra a covid-19

Curitiba chegou, nesta quinta-feira (14/10), a 60,1% de sua população estimada totalmente vacinados contra a covid-19. São pessoas que já receberam as duas doses do imunizante ou a dose única (Janssen). Ao todo, 1.171.419 curitibanos estão com esquema vacinal completo.

“Esses números mostram que o curitibano aderiu à vacina. É um dado importante na diminuição de casos e de internações. Mas só a vacina não é suficiente, é necessário manter a máscara, ambientes arejados, uso de álcool em gel,  lavar as mãos”, destaca a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak.

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba aplicou, até esta quinta-feira (14/10), 2.668.087 unidades do imunizante, sendo 1.445.953 primeiras doses e 1.133.247 segundas doses, 38.172 doses únicas e 50.715 doses de reforço.

Vacinados com 18 anos ou mais

Entre a população com 18 anos ou mais, 1.398.954 curitibanos receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19 e 1.133.178 receberam a segunda dose. Outras 38.172 pessoas foram imunizadas com a dose única.

Assim, Curitiba chegou a 80,6% da população com 18 anos ou mais (1.171.350) com esquema vacinal completo até esta quinta-feira (14/10). Nesse público, 98,9% já receberam ao menos uma dose do imunizante.

Curitiba também está aplicando as doses de reforço em quem já completou o ciclo de imunização, nos seguintes grupos: idosos de 70 anos ou mais, pessoas imunossuprimidas e profissionais de saúde. Até esta quinta-feira (14/10), 50.715 pessoas receberam a dose de reforço.

Adolescentes de 12 a 17 anos

Até o momento, a SMS vacinou 46.999 adolescentes entre 12 e 17 anos. Destes, 69 já receberam também a segunda dose, sendo do grupo de gestantes abaixo de 18 anos.

Doses recebidas

Curitiba recebeu do Ministério da Saúde, repassadas pelo Governo do Paraná, 2.970.599 doses de vacinas, sendo 1.523.596 para primeira dose, 1.337.762 para segunda dose, 38.975 doses de aplicação única e 70.266 doses de reforço. Nesse montante já estão contabilizados os 5% de reserva técnica.

A reserva técnica é uma medida de segurança, faz parte dos protocolos da logística e é necessária para evitar problemas no fluxo de imunização que possam ser causados por imprevistos eventuais, por exemplo, quebra acidental de frascos.

O município tem capacidade para vacinar até 30 mil pessoas por dia e o avanço do cronograma de imunização ocorre à medida que as doses são enviadas pelo Ministério da Saúde ao governo estadual, responsável por distribuir os lotes do imunizante aos municípios.

Confira detalhes da vacinação contra a covid-19 no Painel Covid-19 Curitiba.