Cinco unidades de saúde terão horário estendido até 21h para multivacinação

Cinco unidades de saúde terão horário estendido até 21h para multivacinação

Na próxima semana, Curitiba terá mais uma ação para que os moradores coloquem em dia as carteiras vacinais. De segunda (25/7) a sexta-feira (29/7), a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) vai estender até as 21h o horário de multivacinação em cinco unidades de saúde: Hauer, Mãe Curitibana, Bairro Alto, Santa Felicidade e Vila Feliz (endereços abaixo).

Serão ofertados os imunizantes do calendário nacional para pessoas de todas as idades, além das vacinas contra a covid-19 e contra a gripe (influenza) para o público convocado.

O objetivo é oferecer horários alternativos de acesso à imunização, para que a população fique protegida contra doenças que podem causar internamentos, sequelas ou até a morte. 

“A vacina é a principal ferramenta que temos para combater doenças. Por isso, desenvolvemos diversas ações, como o atendimento no período noturno, para que as pessoas sejam imunizadas”, diz a secretária municipal da Saúde de Curitiba, Beatriz Battistella. 

 

Todas as vacinas 

Estarão disponíveis todas as vacinas oferecidas na rede municipal: as do calendário geral (como hepatite B, pentavalente, rotavírus e as demais da lista abaixo), para crianças, adolescentes, adultos e idosos (leia mais abaixo).

Todas as pessoas acima de 6 meses também podem receber a vacina contra a gripe (aquelas que ainda não receberam este imunizante em 2022).

Podem procurar a vacina contra a covid-19 todas as pessoas com 5 anos ou mais já chamadas e que ainda não compareceram, além das crianças de 3 e 4 anos, conforme convocação por faixa etária escalonada deste grupo. Confira aqui o cronograma para os curitibinhas.

Além da semana com atendimento em horário estendido, Curitiba também realiza neste sábado (23/7) o segundo Dia D de multivacinação deste ano, em 19 Unidades de Saúde, das 9h às 17h. 

Imuniza Já Curitiba

A oferta a vacinação até as 21h em cinco unidades de saúde na próxima semana é um dos esforços que Curitiba tem feito para ampliar o acesso da população aos imunizantes.

Esta ação é feita em conjunto com a Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), como parte das ações do movimento Vacina Mais, lançado em 29 de junho pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), com o Conselho Nacional de Secretarias Municipais da Saúde (Conasems), o Conselho Nacional da Saúde (CNS) e o Conselho Nacional de Secretários da Saúde (Conass).

Para imunizar a população, SMS também vacina de segunda a sexta-feira em 107 unidades de saúde, tem feito campanhas de multivacinação aos sábados, como o Dia D, e oferta informações sobre as vacinações da covid no site Imuniza Já Curitiba e em seus canais oficiais (site e redes sociais).

A Prefeitura também lançou a campanha de comunicação Quem Ama, Vacina, espalhada pelo mobiliário urbano da cidade, e levou a carteira vacinal para a palma da mão dos curitibanos com o Aplicativo Saúde Já Curitiba, que informa as doses já recebidas pelo usuário, as que estão em atraso e as que ele ainda tem a receber.

Como consultar doses pendentes

Para verificar se há vacinas pendentes, basta acessar o Aplicativo Saúde Já Curitiba (site ou smartphone), clicar na opção “Carteira de Vacinação” e escolher a aba “Pendentes”, que irá mostrar as doses do calendário nacional de vacinação em atraso.

No caso das vacinas contra a covid-19, confira aqui quais doses você precisa tomar e quais os intervalos entre uma aplicação e outra.

O site Imuniza Já Curitiba também informa quais grupos estão sendo convocados e quais podem comparecer nas repescagens contínuas. 

Vacinas disponíveis

– Vacinas do calendário – BCG, hepatite B, pentavalente, VIP/VOP (pólio), rotavírus, meningo C, febre amarela, tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola), tetraviral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela), varicela, hepatite A, dupla adulto, HPV, dTpa adulto, pneumo 10, pneumo 23, meningo ACWY e DTP (tríplice bacteriana).

– Vacina contra a gripe (influenza) – disponível para pessoas acima de 6 meses de idade que não receberam esta dose em 2022.

– Vacina contra a covid-19 – primeira e segunda doses e doses de reforço (veja aqui o intervalo mínimo entre as doses) para pessoas com 5 anos ou mais. Crianças de 3 e 4 anos também serão vacinadas, conforme convocação por faixa etária escalonada deste grupo (confira o cronograma para os curitibinhas aqui). 

Multivacinação em horário estendido

De segunda (25/7) a sexta-feira (29/7) – das 8h às 21h  

Oferta de todas as vacinas do calendário nacional de imunização, doses contra covid-19 e contra gripe

Distrito Sanitário Boa Vista

Unidade de Saúde Bairro Alto

Rua Jornalista Alceu Chichorro, 314 – Bairro Alto

Distrito Sanitário Boqueirão

Unidade de Saúde Hauer

Rua Waldemar Kost, 650 – Hauer

Distrito Sanitário Matriz

Unidade de Saúde Mãe Curitibana

Rua Jaime Reis, 331 – Alto do São Francisco

Distrito Sanitário Pinheirinho

Unidade de Saúde Vila Feliz

Rua Pedro Gusso, 866 – Novo Mundo

Distrito Sanitário Santa Felicidade

Unidade de Saúde Santa Felicidade

Via Veneto, 10 – Santa Felicidade

Veja a matéria no site da Prefeitura de Curitiba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Guarda Municipal de Curitiba inspira outros municípios do Paraná

O secretário de Defesa Social e Trânsito, Pericles de Matos e o comandante da Guarda Municipal, Carlos Celso dos Santos Júnior, recebem o prefeito de Pitangueiras, Samuel Teixeira e comitiva. Curitiba, 16/08/2022. Foto: Pedro Ribas/SMCS

Com 36 anos de história, a Guarda Municipal de Curitiba vem inspirando outros municípios do Paraná na formação de suas instituições próprias. Esse é o caso do município de Pitangueiras, no Norte do Paraná. Nesta terça-feira (16/8), uma comitiva formada pelo prefeito Samuel Teixeira e demais servidores visitou a sede da GM e conversou com o comando da corporação.

“Estamos em fase inicial da Guarda Municipal em nosso município, ainda com a votação do projeto de lei em andamento. Por isso, viemos aprender com Curitiba, que é uma referência para adaptar essa estrutura a nossa realidade”, afirmou o prefeito de Pitangueiras.

O secretário municipal de Defesa Social e Trânsito, Péricles de Matos, disse que a capital está à disposição para ajudar nessa criação. “Temos auxiliado municípios de todo o Paraná nessa estruturação, com condições de auxiliar na capacitação desses profissionais por meio do nosso Centro de Formação e orientar quanto à legislação vigente”, destacou Matos.

Segundo o comandante da Guarda Municipal de Curitiba, o inspetor Carlos Celso dos Santos Junior, todas as guardas existentes no Estado passaram por Curitiba.

“Hoje são 34 guardas municipais no Paraná e como somos a primeira temos esse cuidado e carinho em auxiliar nossos irmãos de farda”, disse o inspetor Celso.

Participaram da reunião a diretora do Centro de Formação da Guarda Municipal, inspetora Cleusa Pereira, o coordenador do Centro de Operações da GM, inspetor Gilberto Ramos de Oliveira, e demais representantes da Guarda Municipal e do município de Pitangueiras.

Veja a matéria no site da Prefeitura de Curitiba

MP faz orientação jurídica à população nos bairros; veja as datas

MP faz orientação jurídica à população nos bairros; veja as datas

Uma equipe do Ministério Público do Paraná (MP-PR) realizou na tarde desta terça-feira (16/8), na Rua da Cidadania do Cajuru, atendimentos descentralizados à população de forma gratuita.

A ação é do Núcleo de Atendimento ao Cidadão e às Comunidades (NACC) e tem o objetivo de facilitar o acesso da população à Justiça. Além do Cajuru, até o mês de novembro serão realizados atendimentos descentralizados nos bairros Cachoeira, Caximba, Tatuquara e Bairro Novo.

O NACC atua especialmente para a população em situação de vulnerabilidade. Outros casos são direcionados para as Promotorias de Justiça especializadas na área.

Nos casos em que a demanda do cidadão não for de atribuição do Ministério Público, as pessoas são orientadas sobre quais órgãos devem buscar assistência

De acordo com Júlia Emanuele Ferreira, estagiária de pós-graduação do MP, nos atendimentos são prestadas orientações jurídicas e recebidas demandas relacionadas às áreas de atribuição do Ministério Público. Estão nesse rol, dificuldade em obter vagas em escolas, acesso a serviços públicos de saúde, problemas urbanísticos (como iluminação pública, coleta de lixo, saneamento básico).

Reconhecimento de paternidade

Além disso, o MP também atua no reconhecimento de paternidade e questões relacionadas ao direito de família.

“Quando a mãe procura para fazer o reconhecimento de paternidade da criança, nós colhemos as informações e vamos contatar o pai para buscar regularizar o registro. Tentamos resolver o caso sem processo quando possível”, explicou Roberta Ferst Sampaio, assessora da promotoria.

Em muitos casos, o pai aceita e faz o reconhecimento. Este ano o MP já fez 90 reconhecimentos de paternidade amigavelmente. No entanto, alguns pais questionam e pedem provas do processo.

“Quando é feito pedido de DNA, são as partes que pagam o exame do laboratório. O resultado vai direto para MP e nós damos ciência às partes e fazemos o encaminhamento dos papéis para o cartório. Se mesmo assim o pai questionar, aí o MP entra com um processo de reconhecimento de paternidade”, relatou Roberta.

Outros casos relacionados com o direito da família, como divórcio, guarda de crianças e pensão alimentícia, são encaminhados para o projeto Justiça no Bairro do Tribunal de Justiça do Paraná, que atua em parceria com o Ministério Público.

Regularização de imóvel

Uma situação bastante comum também é de busca de regularização de imóvel. “Nós analisamos os casos e procuramos orientar a pessoa sobre o que deve fazer para regularizar a área”, explicou Júlia.

Foi o que levou Edson Luiz de Paula procurar a ajuda do MP. “Soubemos que o Ministério Público estava aqui na Rua da Cidadania através do Cras e viemos buscar uma solução para nosso caso”, disse.

A casa de Edson foi erguida em uma área irregular e agora a família busca legalizar o terreno. Ele foi encaminhado para verificar a situação do terreno no núcleo da Secretaria Municipal do Urbanismo.

Próximos atendimentos do Ministério Público nos bairros

Bairro Cajuru

Dia 6/9 – 14h às 16h30

Dia 20/9 – 14h às 16h30

Dia 4/10 – 14h às 16h30

Dia 18/10 – 14h às 16h30

Dia 1/11 – 14h às 16h30

Local: Rua da Cidadania do Cajuru – Avenida Prefeito Maurício Fruet, 2.150

Bairro Cachoeira

Dia 12/9/ – 14h às 16h30

Dia 10/10 – 14h às 16h30

Dia 7/11 – 14h às 16h30

Local: Capela Bom Jesus – Rua David Bodziak, 872

Bairro Caximba

Dia 16/9 – 14h às 16h30

Dia 14/10 – 13h30 às 16h30

Dia 11/11 – 13h30 às 16h30

Local: Cras Caximba – Estrada Delegado Bruno de Almeida, 8.280

Bairro Tatuquara

Dia 22/8 – 14h às 16h30

Local: Associação Vovô Vitorino – Rua Tenente-Coronel Manoel Eufrásio de Assumpção, 375

Bairro Novo

Dia 31/8 – 14h às 16h30

Dia 26/9 – 18h às 20h

Local: Rua da Cidadania do Bairro Novo – Rua Tijucas do Sul, 1.700

Veja a matéria no site da Prefeitura de Curitiba