Campo Magro terá ‘Natal Encantado Drive-Thru’ com caminho até a casa do Papai Noel

A secretária de Educação e Cultura, Giovana Mion Casagrande, explicou em detalhes como acontecerá o evento

A cidade de Campo Magro, região metropolitana de Curitiba, terá uma atração de Natal para lá de especial entre os dias 10 e 13 de dezembro. Os visitantes vão se encantar com a decoração, show de luzes, apresentações e a grande chegada do Papai Noel ao município, respeitando as medidas sanitárias devido à pandemia da covid-19.

A secretária de Educação e Cultura, Giovana Mion Casagrande, explicou em detalhes como acontecerá o evento. “Os visitantes vão passar por algumas estações antes de chegar à casa do Papai Noel. Conforme o carro for andando, eles acenam para o Papai Noel. A gente tem as normas de segurança e um dos itens é que se use máscara, ocupantes do carro deve se da mesma casa e não se pode deve sair do veículo”, descreveu à Banda B.

De acordo com a secretária, o acesso será simples aos visitantes. “A rua estará toda sinalizada para os carros, das 19h30 às 21h30. Sem inscrição, é só chegar e participar”, concluiu.

Atrações;

1º.Estação Natal das Fábulas
2º. Festa Campo Magro 25 anos
3°. Floresta Encantada
4°. Tocando o Céu
5º. Presépio Vivo
6º. Oficina do Papai Noel
7º. Coral Infantil de Campo Magro
8º. Casa do papai Noel

Normas de segurança:
– A velocidade máxima durante o trajeto é de 10 Km/h
– Mesmo dentro do veiculo é obrigatório o uso de máscara
– O veiculo deve estar com ao menos um dos vidros abertos sempre que possível para melhor circulação do ar
– Não é permitido sair do veiculo durante o percurso
– Os ocupantes dos carros devem morar na mesma casa
Realização; Prefeitura de Campo Magro.

Informações Banda B.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Em três meses, 40 mil multas de radar são aplicadas em cidade da RMC e moradores protestam

Moradores de Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba, voltaram a reclamar nesta quinta-feira (25) dos radares instalados na cidade e o excesso de multas já registradas. Em um período de 90 dias, quase 40 mil multas de trânsito foram aplicadas, segundo o secretário de Urbanismo da cidade, coronel Lanes Prates.

Osmar Correia, morador de Fazenda Rio Grande há mais de 20 anos, reportou à Banda B sua indignação com o elevado número de multas recebidas por ele e outros moradores.

“Sempre dirigi por várias cidades e dentro da Região Metropolitana de Curitiba e nunca tive uma decepção tão grande com relação a multas de trânsito. Em 40 dias, eu recebi 6 multas em Fazenda Rio Grande”, iniciou ele.

Correia afirmou que as multas são aplicadas de forma irregular e que, assim como ele, outros milhares de cidadãos têm reivindicado mudanças no sistema de radares e entrado com recursos contra a prefeitura.

“A situação dos radares aqui na cidade está um caos. Precisamos que elas sejam canceladas”, protestou.

Já o policial militar Francisco Monteiro, que diz apenas trabalhar no município, explicou que já recebeu três multas em seu trajeto até o trabalho.

“Infelizmente sou um dos contemplados pela indignação em relação às multas e radares. Depois que recebi essas três multas, eu recorri. Apesar disso, eu tenho a plena consciência de que não passei nos radares da forma como mostram as multas”, disse, indignado.

O servidor da segurança pública também destacou que tem conhecimento sobre os perigos do trânsito e afirmou que é preciso haver melhores condições de sinalização na cidade, bem como conscientização.

“Eu tenho consciência de que não posso fazer do meu veículo um instrumento de morte, mas é preciso que haja um trabalho efetivo de conscientização e sinalização em Fazenda Rio Grande”, concluiu.

O que diz a prefeitura

Procurado pela Banda B, o secretário de Urbanismo de Fazenda Rio Grande, coronel Lanes Prates, respondeu ao questionamento sobre quais medidas a administração do município está tomando no que se refere às reclamações dos moradores.

“A prefeitura notificou a empresa de radares e decidiu não renovar o contrato com ela. Então, não haverá continuidade do serviço, apesar de os equipamentos continuarem em operação mesmo assim”, afirmou.

O contrato com a empresa responsável pelos radares no município chegou ao fim, após um ano. Os equipamentos deixaram de funcionar a meia-noite desta quinta-feira (25).

Sobre o elevado número de infrações registradas no período de 90 dias – mais de 30 mil –, o secretário demonstrou preocupação com o cenário, porém deu um diagnóstico.

“Vemos isso com muita preocupação porque os equipamentos mostram que os cidadãos de Fazenda Rio Grande estão dirigindo de forma errada, com excesso de velocidade. Neste período, já identificamos uma baixa sensível no número de acidentes e principalmente de mortes”, contou.

No entanto, Prates revelou que foram aplicados 39 mil autos de infração em três meses, e pouco mais de 2 mil recursos.

“A grande maioria, ao nosso ver, identificou que realmente praticou infração. Mas aquele cidadão que se sentiu prejudicado com as multas deve entrar com recurso para que analisemos individualmente o caso”, continuou.

O coronel também garantiu que a prefeitura irá analisar as reclamações sobre a possível falta de sinalização na cidade, porém frisou que “os radares têm alta precisão”.

Protesto

Há quase um mês, no dia 27 de outubro, moradores de Fazenda Rio Grande protestaram contra o excesso de multas aplicadas por radares na cidade. A manifestação foi encerrada em frente à casa do prefeito do município, Dr. Nassib (PSL).

“Todos os radares estão irregulares. Não tem como fazer esse tanto de multa em um mês”, disse o administrador de empresas Everson Pereira, durante o protesto.

Foto: Eliandro Santana/ Banda B

Conforme noticiado pela Banda B, Nassib determinou a realização de uma auditoria no sistema de fiscalização eletrônica da cidade.

Segundo nota enviada à Banda B à época, uma perícia técnica nos equipamentos seria feita para avaliar sua funcionalidade, verificar os critérios para definição dos locais de instalação de radares e recebimento dos recursos apresentados pela população contra notificações de infração.

Informações Banda B

Obras do Gramadão entram na reta final para receber atrações natalinas em Foz do Iguaçu

Montagem de atrativos como a roda gigante e últimos detalhes da reforma ocorrem de forma paralela

Operários das obras da reforma do Gramadão da Vila A e prestadores de serviços envolvidos com a montagem das atrações do Natal de Águas e Luzes de Foz do Iguaçu atuam de forma coordenada para que tudo esteja pronto para o início dos eventos no local, no próximo dia 4 de dezembro. Ao todo, mais de 100 pessoas trabalham no local. Oficialmente, a programação do Natal terá abertura no dia 1º de dezembro, na Praça da Paz, área central da cidade.

Foto: José Carlos Costa/Itaipu Binacional


As obras no Gramadão estão na reta final e as atenções estão voltadas principalmente para o chafariz que será instalado próximo à Avenida Silvio Américo Sasdelli, junto ao Centro Executivo. Ali, a instalação hidráulica e elétrica dos onze pontos de água e luzes de led já está sendo finalizada. No próximo dia 26, será feita a primeira concretagem do piso de 450 metros quadrados e, no dia 29, a segunda.


“Agora tudo converge para a fonte”, afirmou o engenheiro responsável pela empreitada, Ewton Oda Sartori, da Oda Engenharia, acrescentando que outras atividades ainda necessárias são a desmontagem dos tapumes e mais alguns detalhes finais que estarão concluídos até o dia 3 de dezembro.
Paralelamente, funcionários da empresa Mill Ideias já estão montando a roda gigante e outros atrativos natalinos que vão compor o cenário para a abertura das atividades no Gramadão, com show interativo da Trupe Circense, voo cativo de balão, e apresentações de BMX Freestyle e da Banda Sinfônica do Exército. Além do início da programação do Natal de Águas e Luzes no local, o evento marca o encerramento dos Jogos de Aventura e Natureza – Etapa Lindeiros, e a reinauguração do Gramadão, um dos principais pontos de lazer de Foz do Iguaçu.

Foto: José Carlos Costa/Itaipu Binacional


Para o diretor-geral brasileiro de Itaipu, João Francisco Ferreira, a reinauguração do espaço com tantos atrativos está na contagem regressiva de iguaçuenses e demais moradores da fronteira. “Vai ser uma grande festa de muita magia para toda a população”. Opinião compartilhada pelo prefeito Chico Brasileiro, que está apostando no Natal de Águas e Luzes de Foz para a consolidação de um novo produto turístico na região. “Estamos confiantes de que esse evento entrará no calendário de grandes programações de Natal no Brasil”.


Programação


De 1º de dezembro a 5 de janeiro, o Gramadão da Vila A e a Praça da Paz vão receber grandes espetáculos musicais. O mais esperado é o do cantor Daniel, astro da música pop sertaneja, no dia 19 de dezembro. No dia 22, o padre Reginaldo Manzotti fará uma missa seguida de show no Gramadão.
Nos dias 1º e 2 de dezembro, a Cia Sorriso com Arte fará o espetáculo “Um encanto de Natal”; nos dias 4 e 5, a Banda Sinfônica do Exército se apresenta no Gramadão. O espetáculo de encerramento, no dia 23, será com a Cia Arte & Manhas.


A partir do dia 3 e até o dia 22 de dezembro, a população poderá acompanhar o show diário de acendimento das luzes de Natal, chamado “Encantamento”, como um anúncio da magia do Natal, no Gramadão e na Praça da Paz.
Grupos locais e regionais de cultura popular, dança, bandas e corais também se apresentarão nos dois palcos principais, mas a festa se espalhará pela cidade. “Teremos apresentações nos bairros e na carreta-palco que vai circular pelos bairros”, explica o diretor da Fundação Cultural de Foz do Iguaçu, Juca Rodrigues.


O Natal de Águas e Luzes de Foz do Iguaçu é uma iniciativa da Prefeitura, Itaipu, Fundo Iguaçu e outros parceiros. Outro destaque será a iluminação cênica da Ponte da Amizade, que liga o Brasil ao Paraguai.


Mais informações sobre as atrações do Natal de Águas e Luzes 2021 no site http://www.natalaguaseluzes.com.br.