Campo de Santana ganha binário de trânsito e ciclofaixas

A partir das 15h de quinta-feira (14/1), as ruas Lucas Carvalho e Iracema Gonsalves Carvalho, no bairro Campo de Santana, passam a funcionar em sentido único para o tráfego de veículos. É o mais novo binário de trânsito da cidade, que nas próximas duas semanas ganhará também ciclofaixas. Ao todo, na região serão 3,5 quilômetros novos para quem se desloca com bicicleta – previstos no Plano de Estrutura Cicloviária da Prefeitura e que está sendo expandido para os bairros.

“O binário do Campo de Santana, com sentidos únicos opostos, organiza melhor o tráfego e proporciona mais segurança em ruas de pista dupla com canteiro central, por conta da melhor visibilidade”, explica a superintendente de Trânsito, Rosangela Battistella.

Com extensão de 1.250 metros em cada sentido, o binário do Campo de Santana compreende o trecho entre o Parque Linear do Rio Barigui (Rua General Luiz Carlos Pereira Tourinho) e a rotatória Rio Bonito.

A partir da implantação do binário, na quinta-feira (14/1), a Rua Lucas Carvalho terá sentido único da rotatória em direção ao parque. Já o motorista que acessar a Rua Iracema Gonsalves Carvalho – paralela à Lucas Carvalho – poderá seguir somente em direção à rotatória (veja mapa). 

A nova sinalização – horizontal (pintura) e vertical (placas) – começa a ser implantada por equipes da Superintendência de Trânsito (Setran) nos próximos dias, antes do início do funcionamento do binário. Na quinta-feira (14/1), agentes de trânsito estarão no local a partir das 8h e continuam presentes para as devidas orientações aos motoristas ao longo de todo o dia. Em caso de chuva, a implantação do binário será adiada.

Mais mobilidade

Tão logo seja implantado o binário de trânsito, a Setran dará seguimento à instalação de uma nova estrutura cicloviária que deve ser concluída até o fim do mês. Todo o binário – com a sua continuação – ganhará ciclofaixas para aumentar a segurança de quem utiliza a bicicleta para se locomover pela região. 

“A estrutura permitirá deslocamentos mais seguros para quem for ao parque, a comerciantes, a moradores e, também, à comunidade escolar do Colégio Estadual Guilherme Pereira Neto”, ressalta a superintendente de Trânsito. 

As ciclofaixas farão a ligação com a estrutura cicloviária sobre a calçada já existente na Rua General Luiz Carlos Pereira Tourinho, que ladeia o Parque Linear do Rio Barigui.

Pelo binário, as ciclofaixas unidirecionais serão implantadas nas duas vias, no mesmo sentido dos carros, rentes ao canteiro e separadas dos demais veículos por tachões na pista.

Depois do binário (e da rotatória), a nova estrutura cicloviária continuará pela Rua Lucas de Carvalho até a Estrada Delegado Bruno de Almeida, trecho de mais um quilômetro onde haverá uma ciclofaixa bidirecional.

Vem mais por aí

Ao longo desta gestão municipal, o bairro e toda a Regional Tatuquara receberão outras estruturas cicloviárias, cujos projetos já estão previstos e integram o plano cicloviário do município.

Implantado em novembro de 2019, o plano tem a meta de ampliar em 200 quilômetros as vias destinadas à ciclomobilidade em Curitiba. Quando da implantação do plano, a cidade contava com 208 quilômetros de extensão de malha cicloviária. Nos últimos quatro anos, a estrutura implantada, em execução e projetada já soma 50,7 quilômetros.

Novo pavimento

Para garantir mais segurança a motoristas e passageiros que trafegam na região do binário, a Secretaria Municipal de Obras Públicas já realizou uma intervenção para melhorar o pavimento da Rua Lucas Carvalho. O serviço foi feito no trecho de 440 metros entre as ruas Lydia Girardi Bertholdi e Alda Bassete Bertholdi. Outras duas obras de pavimentação estão em andamento na mesma via: uma no trecho de 315 metros entre a Rua Lydia Girardi Bertholdi e a Rua Marcos Bertoldi e, outra, nos 482 metros que ficam entre as ruas General Luiz Carlos Pereira Tourinho e Marcos Bertoldi. 

Também estão acontecendo trabalhos de requalificação do piso da Rua Iracema Gonsalves Carvalho. Novas camadas de asfalto farão parte do trecho de 590 metros entre as ruas Marcos Bertoldi e Luis Bertoldi e dos 480 metros que ficam entre as ruas General Luiz Carlos Pereira Tourinho e Marcos Bertoldi.

De acordo com o secretário municipal de Obras Púbicas, Rodrigo Rodrigues, o bairro Campo de Santana conta com outras 12 ruas com asfalto novo, além das duas vias que compõem o binário.

“No total, alcançamos mais de 18.000 metros de pavimento totalmente requalificado no bairro. São obras que atendem as solicitações dos moradores e melhoram a qualidade de vida de todos”, disse Rodrigues.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Semana começa com 3.491 vagas ofertadas pelas Agências do Trabalhador

As 216 Agências do Trabalhador do Estado ofertam nesta semana 3.491 vagas de empregos com carteira assinada em empresas do Paraná. Destas, 1.458 estão disponíveis nas agências de Curitiba e Região Metropolitana.

As principais vagas disponíveis são para alimentador de linha de produção (275); auxiliar administrativo (255), operador de telemarketing ativo e receptivo (249) e ajudante de carga e descarga de mercadoria (192).

A Agência do Trabalhador de Curitiba disponibiliza vagas, para contratação imediata, para vendedor interno (16 vagas), pizzaiolo (4 vagas), torneiro mecânico (2 vagas), trabalhador de preparação de pescados (1 vaga) e técnico em saúde bucal (1 vaga).

O secretário estadual da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost, destaca que a Sejuf tem intensificado o trabalho de captação e intermediação de vagas, procurando estabelecer parcerias com as empresas do Estado. “O melhor programa social que existe é o emprego. O trabalhador precisa ter autonomia e dignidade para sustentar a família”, afirma.

ATENDIMENTOS – Os interessados em algumas das vagas ofertadas devem buscar orientações entrando em contato com a Agência do Trabalhador de seu município. Na capital paranaense, a Agência do Trabalhador de Curitiba voltou a atender o público de forma presencial.

Para evitar aglomeração, e respeitando todas as orientações das autoridades sanitárias, o atendimento é feito somente com horário marcado, das 9h às 17h. Os interessados devem fazer o agendamento pelo site da secretaria através deste LINK.

Curitiba chega a 61% da população com imunização completa

Curitiba ultrapassou, nesta quinta-feira (23/9), a marca de 60% de pessoas com 18 anos ou mais com a imunização completa contra a covid-19. Até quinta, 849.681 curitibanos da população adulta haviam recebido a segunda dose da vacina e outras 38.082 pessoas receberam a vacina em dose única, totalizando 61% da população adulta.

Desde o início da campanha de vacinação contra o novo coronavírus, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba imunizou, até quinta-feira (23/9), um total de 1.424.260 pessoas com a primeira dose da vacina anticovid ou com o imunizante de dose única (Janssen).

Já são 1.386.178 curitibanos que receberam a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus. Desse total, foram vacinados: 864.232 pessoas da população entre 18 e 64 anos (convocadas por idade); 213.576 idosos com 65 anos ou mais; 117.890 pessoas com comorbidades; 13.390 gestantes e puérperas; 8.710 pessoas com deficiência; 82 indígenas; 1.141 pessoas em situação de rua; 7.017 moradores, funcionários e cuidadores de instituições de longa permanência; 97.903 profissionais dos serviços de saúde da cidade (incluindo as equipes de vacinação); 16.360 trabalhadores das forças de segurança; 42.593 educadores (entre professores e trabalhadores da Educação Básica e Ensino Superior) e 1.252 trabalhadores da limpeza pública.

Total de aplicações

O município também está aplicando as doses de reforço para idosos de 70 anos ou mais que já completaram o ciclo de imunização e pessoas imunossuprimidas com o esquema vacinal anticovid completo. Até esta quinta-feira (23/9), 17.894 pessoas receberam a dose de reforço. 

A cidade já aplicou 2.291.835 unidades da vacina anticovid – primeira, segunda doses, dose única e dose de reforço. Ao todo, 98% da população de Curitiba acima de 18 anos já recebeu ao menos uma dose e 61% da população acima de 18 anos de idade foram vacinadas com as duas doses ou a vacina de dose única, concluindo o esquema de imunização contra o novo coronavírus.

Doses recebidas

Até o momento, Curitiba recebeu do Ministério da Saúde, repassadas pelo Governo do Paraná, 2.593.864 doses de vacinas, sendo 1.529.218 para primeira dose, 1.025.671 para segunda dose e 38.975 doses de aplicação única. Nesse montante já estão contabilizados os 5% de reserva técnica.

A reserva técnica é uma medida de segurança, faz parte dos protocolos da logística e é necessária para evitar problemas no fluxo de imunização que possam ser causados por imprevistos eventuais, como por exemplo, quebra acidental de frascos.

O município tem capacidade para vacinar até 30 mil pessoas por dia e o avanço do cronograma de imunização ocorre à medida que as doses são enviadas pelo Ministério da Saúde ao governo estadual, responsável por distribuir os lotes do imunizante aos municípios.