Câmara de Curitiba aprova, em 1º turno, educação como atividade essencial

Os vereadores da Câmara Municipal de Curitiba (CMC) aprovaram, em primeira discussão, durante a sessão desta segunda-feira (15), o projeto que correm em regime de urgência, transforma a educação como atividade essencial durante a pandemia de Covid-19 na capital paranaense.

O texto contempla as redes públicas e privada de Curitiba. A proposta teve 23 votos favoráveis, 10 contrários e 2 abstenções. O projeto é de autoria das vereadoras Amália Tortato e Indiara Barbosa, ambas do Novo, e do vereador Denian Couto (Pode). Um dos trechos que mais chamou à atenção na proposição foi de que “o exercício das atividades presenciais não estará sujeito a suspensão ou interrupção”.

Painel mostra como cada vereador se posicionou sobre o tema. Foto: Reprodução / CMC

O tema foi debatido por 3 horas e meia e o texto do projeto dá poder para que à Prefeitura de Curitiba estabeleça a ocupação máximas dos estabelecimentos de ensino e as normas sanitárias que precisam ser cumpridas.

Entre os argumentos para aprovação do projeto estão a função social da escola pela redução da desigualdade no mercado de trabalho, assim como para a saúde e a segurança das crianças.

Se aprovada novamente nesta terça-feira (16), a proposta segue para sanção do prefeito Rafael Greca (DEM). A ideia é que essa regra se torna permanente até o fim da pandemia ou das demais circunstâncias de calamidade pública.

Dispensa do grupo de risco

De acordo com uma emenda apresentada pelo vereador Alexandre Leprevost (PSD), a prefeitura vai precisar identificar professores, funcionários e alunos do grupo de risco para contágio da Covid-19. O pedido é para que eles sejam dispensados das atividades presenciais até que sejam vacinados. A sugestão foi aprovada em plenário.

Volta ás aulas

As aulas na rede pública estão programadas para retornar nesta quinta-feira (18). Durante a sessão na Câmara, a secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, afirmou que, até esta segunda-feira (15), 61% dos pais das crianças escolheram optar pelo modelo híbrido de ensino.

As aulas presenciais estão paralisadas desde março de 2020. Em todos os momentos em que houve agravamento da pandemia, a Prefeitura de Curitiba permitiu apenas o funcionamento de atividades essenciais. Se a proposta for aprovada, as escolas vão poder continuar independente da situação da Covid-19 na cidade.

Informações Banda B.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pista Municipal de BMX recebe novas bicicletas para aulas gratuitas

A Pista Municipal de BMX da Prefeitura, no Parque Olímpico do Cajuru, recebeu novas bicicletas e equipamentos para serem usados nas aulas gratuitas de BMX do projeto Escola+Esporte=10 (EE10). Foram entregues, nesta quinta-feira (21/10), 31 novas bicicletas e 20 capacetes.

Os equipamentos foram comprados com recursos do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comtiba) da Fundação de Ação Social (FAS). 

A pista com padrões internacionais foi inaugurada em junho e desde o início de agosto oferece aulas gratuitas para crianças e adolescentes do projeto EE10 e para a comunidade aos fins de semana. 

Para participar, os interessados devem conferir turmas e horários disponíveis no portal Curitiba em Movimento e também disponível no Curitiba App. Informações sobre horários de aulas também podem ser conseguidos pelo telefone do Núcleo Regional do Cajuru da Smelj, no 3221-2353, ou pelo 3221-2484.

A entrega das novas bicicletas foi acompanhada pelo vice-prefeito Eduardo Pimentel, e pelo secretário municipal do Esporte, Lazer e Juventude, Emilio Trautwein. 

Parque Olímpico do Cajuru

O endereço do Parque Olímpico do Cajuru é Rua Rivadávia Fonseca de Macedo, 510, Cajuru. Além da Pista Municipal de BMX, o complexo esportivo conta com campos de futebol de areia, de rua e americano, quadra de futebol de salão, academia ao ar livre, área de treinamento de atletismo, um estádio municipal de beisebol e softbol, pista de caminhada e canchas de voleibol.

Nissei vai aplicar vacinas contra a H1N1 gratuitamente a partir dessa quinta-feira (21)

Nessa quinta-feira (21), a Rede de Farmácias Nissei inaugura mais uma sala de Serviços Avançados Nissei (SAN). A unidade está localizada no Ventura Shopping. Para marcar a data, a Nissei vai aplicar gratuitamente 1.674 doses de vacinas tetra contra a gripe H1N1. Além da nova sala do Ventura, a aplicação também poderá ser feita nas farmácias 24h dos bairros Bacacheri, Hauer, Portão e Seminário

Os interessados devem se cadastrar e agendar um horário no site da Nissei (https://www.farmaciasnissei.com.br/influenza-tetra-gripe-influvac-tetra), escolhendo a loja onde será realizada a imunização. 

A vacina tetraviral do vírus Influenza tem indicação de aplicação anual, pois o imunizante passa por atualização constante, realizada por conta das cepas variantes. Pessoas acima dos seis meses de idade, sem restrição, podem receber a vacina.