BBB21: após atitude racista, Rodolffo é eliminado com 50% dos votos do público

Depois de uma disputa acirrada na noite desta terça-feira (6) Rodolffo foi eliminado do Big Brother Brasil com 50,48% dos votos. Caio recebeu 44,09% e Gil, 5,43%. A semana foi de polêmica para o sertanejo, com um episódio de racismo. Isso porque Rodolffo, ao receber o castigo do monstro, comparou a peruca de um homem pré-histórico ao cabelo de João Luiz. Depois de um tempo se sentindo incomodado, o professor decidiu abrir o coração no Jogo da Discórdia de segunda-feira (5).

“No sábado aconteceu uma situação lá no quarto cordel. Eu estou falando isso agora, é momento de muita coragem. O Rodolffo chegou a fazer uma piada, comparando a peruca do monstro da pré-história com o meu cabelo. Tocou num ponto muito específico, porque o jogo pode ser, sim, de coisas que a gente vive aqui dentro, mas também tem que ser um jogo de respeito”, declarou João.

O sertanejo pareceu surpreso com a fala de João Luiz. O apresentador Tiago Leifert perguntou se ele queria dizer alguma coisa e, balançando a cabeça, ele reafirmou o que havia dito: “se todo mundo observou como era a peruca do monstro, acredito eu que é um pouco semelhante. E não tem nada a ver isso”. Abalado, João respondeu: “naquela hora lá no quarto eu me calei. Mas você não sabe o quanto aquilo que você falou me machucou, me machucou muito”, ressaltando que já não aguentava mais ser vítima de preconceito desde que nasceu.

Depois de concluída a votação do Paredão, Tiago Leifert disse ao público que conversaria com calma sobre o episódio de racismo.

Rodolffo tentou se justificar, dizendo que o pai dele tem “o mesmo tipo de cabelo do João” e que ele “jamais faria algo para ofender”. Leifert explicou mais uma vez que não se tratava sobre o tipo de cabelo, mas uma questão que envolve raça. Depois de concluída a conversa e de a polêmica repercutir nas redes sociais, o resultado do paredão foi divulgado pelo apresentador do BBB 21.

Ao sair do reality, Tiago Leifert explicou a Rodolffo que, além do episódio envolvendo racismo, o público poderia ter se abalado, nas últimas semanas, pelo fato de o sertanejo ter brincado com o vestido de Fiuk. Na ocasião, o cantor sugeriu que, em Goiás, homem não iria vestido daquela maneira em uma balada, por exemplo.

“Desculpa todo mundo, errei mesmo, assumo e vou procurar não cometer de novo, né?”, concluiu Rodolffo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

‘A vida Depois do Tombo’: série da curitibana Karol Conká tem data de estreia

A vida da curitibana Karol Conká após a passagem pelo BBB 21 será retratada em uma série documental do Globoplay, que neste domingo (11) anunciou nome e data de estreia. E aí, quem vai acompanhar?

Marcada para 29 de abril, A Vida Depois do Tombo é uma produção original da plataforma de streaming e faz trocadilho com um dos maiores hits da cantora.

“Já que é pra tombar, tombei, bang-bang”, o refrão de Tombei, música lançada em 2019. O trecho foi usado por internautas em algumas ocasiões, quando Karol ainda estava no Big Brother Brasil, para se referir ao desdobramentos na carreira da artista

Ainda na primeira semana do reality, a cantora gerou revolta na internet e foi acusada de xenofobia contra a sister Juliette e de perseguir e cometer bullying com o brother Lucas Penteado. A imagem dela, aqui fora, foi caminhando para o lado negativo, e tanto o público quanto outros artistas se manifestaram contra as atitudes dela.

Como consequência, o Festival Rec-Beat cancelou a apresentação no evento, que já havia sido gravada antes do confinamento. Outro prejuízo para a artista foi no programa Prazer, feminino, que ela apresentava com a ex-BBB Marcela McGowan no YouTube do GNT. As reprises iriam para a TV em fevereiro, mas foram igualmente canceladas. Quando foi ao paredão com Gilberto e Arthur, a saída da rapper já era esperado. No dia da eliminação, ela saiu com recorde de rejeição: 99,17%.

BBB21: Arthur, Fiuk e Thaís disputam o paredão desta semana

Arthur, Fiuk e Thaís disputam o 11º paredão do Big Brother Brasil 21, formado na noite deste domingo (11). A eliminação, definida por voto popular, acontece na terça-feira, dia 13.

Na Prova do Líder, que aconteceu na última quinta-feira (8), e consagrou a liderança a Caio, Fiuk perdeu a disputa com Camilla de Lucas e se tornou o primeiro emparedado. O Anjo da semana, João Luiz, imunizou Camilla de Lucas. Em seguida, o líder Caio escolheu indicar Thaís à berlinda.

Arthur e Pocah foram os mais votados da casa, com 4 e 3 votos, respectivamente, e completaram a formação. Com exceção da indicada pelo líder, Fiuk, Arthur e Pocah disputaram a prova Bate e Volta. A funkeira levou a melhor e se salvou do paredão.

E aí quem será o próximo eliminado do BBB 21?