Bar de Curitiba terá inauguração de nova sede com chope a 1 real neste fim de semana

O fim de semana promete ser movimentado no gastrobar curitibano Choripan. Neste sábado (7) mais uma sede do local será inaugurada na capital paranaense. Essa é a quinta unidade do Choripan, que surgiu em 2013 com a ideia de trazer a linguiça como prato principal. Aliada ao toque brasileiro e à criatividade, surgiu então o gastrobar com paredes coloridas, caipirinhas únicas, charcutaria própria e sabor diferenciado.

E, para abrir com chave de ouro, o cliente que for prestigiar a nova unidade do Choripan encontrará uma promoção digna de um sábado de respeito. Os 500 primeiros chopes pilsen vendidos na unidade sairão por apenas R$ 1 (300 ml). A nova sede fica em uma deliciosa casa colorida com jardim na Av. Cândido Hartmann, no bairro Champagnat.

“É incrível ver a marca expandindo desse jeito. Isso mostra como os curitibanos abraçaram a nossa ideia e o nosso produto. É muito legal ver isso, estamos muito felizes”, conta o sócio proprietário da marca Choripan, João Scalzo.

A promoção do chope a R$ 1 começa às 14h, no horário de abertura do bar neste dia, e dura até acabarem os estoques. Cada cliente pode pegar dois chopes por vez. Para facilitar, além da estrutura interna, neste dia o Choripan disponibilizará uma chopeira na área externa do bar, em que o garçom também estará servindo os chopes promocionais. É importante frisar que para aderir à promoção, os clientes deverão pagar a bebida com moeda de R$ 1 ou nota de R$ 2, sem troco.

Dia da Mulher com mimo especial

Além da inauguração, o final de semana é marcado pelo Dia Internacional da Mulher. Celebrado no dia 8 de março, a data representa um marco para relembrar a luta, as conquistas e os desafios de ser mulher. Em homenagem a elas, o Choripan vai dar um chope pilsen de 400ml para as mulheres neste domingo (8) em três unidades do gastrobar: Getúlio, Tapajós e na recém-inaugurada Champagnat.

Aberto das 15h às 22h30, o mimo especial para as meninas não tem horário marcado. Ao retirar o chope gratuito, cada uma deve preencher uma ficha com nome e e-mail. Será possível retirar o presente nas três casas durante todo o horário de funcionamento do Choripan no dia 08. “Nós queremos que todas as mulheres se divirtam. Por isso, oferecemos esse mimo para que elas possam curtir o seu dia em um ambiente legal cercadas de boas energias”, diz Scalzo.

Além do chope, o gastrobar oferece a comida típica que dá nome ao local, o Choripan. O tradicional sanduíche argentino tem diversas opções, a começar pela escolha da linguiça de fabricação própria: frango fina, frango com queijo coalho, pernil fina, pernil com queijo provolone, pernil com alho, pernil com pimenta calabresa, carneiro, lombo com frutas, jacaré e porco moura. Há também a opção vegetariana, que não vai linguiça, apenas queijo coalho.

E, mais recentemente, o gastrobar também inovou no acompanhamento do sanduíche. Além do tradicional repolho com molho chimichurri, agora os clientes também podem optar por crema de queso e cebola crocante.

Serviço

– Choripan Mercês – Rua Tapajós, 30 | Fone: 3044-6774

Horário de funcionamento: terça a quinta-feira das 17h até 23h, sexta-feira das 15h30 à 00h, sábado das 15h à 00h e aos domingos de 14h até 22h30.

– Choripan Água Verde – Av. Pres. Getúlio Vargas, 3777 | Fone: 3121-2563

Horário de funcionamento: terça a quinta-feira das 17h30 até 23h30, sexta-feira das 17h à 1h30, sábado das 15h à 1h30 e aos domingos de 15h até 22h30.

– Choripan Champagnat – Av. Cândido Hartmann, 111 – Mercês

Horário de funcionamento: terça a quinta-feira das 17h30 até 23h30, sexta-feira das 17h à 01h30, sábado das 15h à 01h30 e aos domingos de 15h até 22h30.

Demais unidades Choripan

O Choripan também tem outras duas unidades em Curitiba dentro de outros estabelecimentos – no Tork and Roll e no Distrito 1340.

– Choripan Tork and Roll – Av. Mal. Floriano Peixoto, 1695 – Rebouças.

– Carrinho do Choripan no Distrito 1340 – Rua Major Heitor Guimarães, 1130 – Seminário.

Deixar animais soltos em ruas e praças pode gerar multa de até R$ 2 mil em Curitiba

Projeto de lei que reforça punição à maus-tratos foi aprovado em 1º turno na Câmara Municipal.

Os vereadores de Curitiba aprovaram nesta quarta-feira (16), por unanimidade e em 1ª discussão, o projeto de lei que, entre outras coisas, estabelece multa de R$ 200 a R$ 2 mil para quem abandonar animais em ruas e espaços públicos. O projeto modifica  modifica lei já existente e amplia as práticas consideradas como crime de maus-tratos a animais.

A proposta da vereadora Katia Dittrich (Solidariedade) lista 24 ações ou omissões como maus-tratos, o dobro do que previa a lei de 2011. Entre os novos comportamentos que caracterizam o crime, o mais significativo é o de abandono.

“Deixar o animal solto em vias e logradouros públicos” como diz o texto do projeto, vai passar a doer no bolso, com multas de até R$ 2 mil no caso de flagrante ou denúncia comprovada. As medidas seguem a linha de projeto semelhante porém ainda mais rigoroso e que prevê responsabilização criminal, aprovado no Senado Federal na semana.

Outros dois pontos polêmicos do projeto são a proibição expressa de ‘passeios’ desacompanhados e abandono de animais idosos ou doentes. No primeiro caso está prevista responsabilização dos tutores com multa, pelo risco do animal sofrer ou causar acidentes, além de permitir uma possível cria indesejada” e no segundo uma característica de agravante ao crime de maus-tratos, pela vulnerabilidade dos bichos.

Para entrar em vigor, o projeto precisa ser aprovado em 2ª discussão para depois ser sancionado ou não pelo prefeito.  Caso seja sancionada, a lei então terá um prazo para regulamentação.

Informações Banda B.

Sérgio Moro recebe carteira da OAB e abre escritório em Curitiba

Antes de começar a advogar, no entanto, Moro deverá acabar de cumprir a quarentena de seis meses determinada pela Comissão de Ética da Presidência.

O ex-juiz federal que conduziu a Lava Jato e colecionou desafetos entre alguns criminalistas vai atender sua futura clientela em um endereço de Curitiba, base e origem da maior operação já desencadeada no País contra a corrupção.

Antes de começar a advogar, no entanto, Moro deverá acabar de cumprir a quarentena de seis meses determinada pela Comissão de Ética da Presidência. Levando em consideração a data em que anunciou sua renúncia e acusou o presidente de suposta tentativa de interferência na Polícia Federal, 24 de abril, a quarentena do ex-juiz terminará no fim de outubro.

Informações Banda B.