Atletas curitibanos são destaque no Campeonato Sul-Americano

Os atletas Gustavo Saldo, de 17 anos, Rafaela Raurich, 20, e Fernanda Goeij, 20, conquistaram 7 medalhas (5 ouros, 1 prata e 1 bronze) para Curitiba no Campeonato Sul-Americano de Esportes Aquáticos, que aconteceu em Buenos Aires (Argentina), de 16 a 19 de março. 

Os jovens são beneficiários do Programa de Incentivo ao Esporte da Prefeitura de Curitiba, coordenado pela Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude (Smelj), e ajudaram a Seleção Brasileira de Natação a conquistar o 2º lugar geral da competição internacional.

Gustavo Saldo conquistou já no primeiro dia (16) a medalha de ouro na prova de 4x200m – Livre, integrando a equipe do revezamento masculino formada ainda por Murilo Sartori, Pablo Vieira e Lucas Peixoto, que fecharam a prova em 7m24s32. A segunda medalha do atleta de Curitiba veio no último dia da competição, ao conquistar o ouro nos 200m borboleta, com o tempo de 1m58s76.

Atletas curitibanos são destaque no Campeonato Sul-Americano. – Na imagem, Gustavo Saldo. Foto: Satiro Sodré/CBDA

Um dos destaques da competição, a curitibana Rafaela Raurich subiu ao pódio todos os dias, trazendo na bagagem 5 medalhas, sendo 3 de ouro, 1 prata e 1 bronze. Ainda no primeiro dia da competição (16) a equipe do revezamento feminino, com Rafaela Raurich, Giulia Chicon, Fernanda Andrade e Sofia Rondel, conquistou o ouro ao completar a prova dos 4x200m – Livre em 8m15s35, mais de 5 segundos à frente da Argentina.

Atletas curitibanos são destaque no Campeonato Sul-Americano. – Na imagem, Rafaela Raurich. Foto: Satiro Sodré/CBDA

Rafaela conquistou também na quarta-feira (17) a medalha de ouro nos 200m – Livre (2m01s83), na quinta (18) o bronze no revezamento 4x100m  –  Livre e, para fechar como o grande destaque no último dia da competição, conquistou  a medalha de ouro nos 200m borboleta. Em seguida, voltou à piscina para ganhar a prata nos 400m – Livre.

Fernanda de Goeij, que ainda está se recuperando de problemas de saúde, conquistou a 4ª colocação nas provas de 50m costas, com o tempo de 29s62, e nos 100m costas, com o tempo de 1m03s20. 

Apresentando um bom ritmo de nado durante as disputas e somando pontos importantes, a atleta curitibana contribuiu para a 2ª colocação geral da Seleção Brasileira na competição. O Brasil ficou atrás somente da seleção anfitriã da Argentina.

Atletas curitibanos são destaque no Campeonato Sul-Americano. – Na imagem, Rafaela Raurich. Foto: Satiro Sodré/CBDA

Seleção

Com 28 integrantes com idades entre 17 e 21 anos, a nova geração da natação brasileira terminou a competição como líder no quadro de medalhas, com 11 medalhas de ouro, 11 de prata e 14 de bronze, conquistando, ainda, 1 medalha de ouro, 4 de prata e 1 de bronze no Nado Artístico.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Palmeiras derrota Grêmio e conquista o tetra na Copa do Brasil 2020

É tetra! O Palmeiras venceu em casa o Grêmio por 2 a 0 e conquistou a Copa do Brasil pela quarta vez em sua história. Wesley e Gabriel Menino fizeram os gols da final e garantiram a Tríplice Coroa do Verdão na temporada de 2020: campeão paulista, da Libertadores e da Copa do Brasil.

O Grêmio tentou surpreender o Palmeiras no início da partida no Allianz Parque. A equipe de Renato Gaúcho pressionou nos primeiros cinco minutos e perdeu duas grandes chances. Logo aos dois minutos, Pepê quase aproveitou cruzamento que veio da direita, mas não conseguiu finalizar com precisão. Três minutos depois foi a vez de Alisson arriscar chute da entrada da área, levando perigo ao goleiro Weverton.

O Palmeiras reagiu aos sete minutos. Matheus Henrique errou na saída de bola e Rony apareceu sozinho na cara do goleiro Paulo Victor. O atacante hesitou, e Paulo Miranda salvou o Grêmio. O Verdão passou a dominar a partida e chegou a abrir o placar, aos 18 minutos, com Raphael Veiga, mas o gol foi anulado por impedimento de Rony no início da jogada.

O Grêmio passou a ter muita dificuldade na transição da defesa para o ataque e o Palmeiras desperdiçou muitas chances. Raphael Veiga, Zé Rafael, Rony e Wesley chegaram com perigo, mas acabavam tomando as decisões erradas nas conclusões.

Os minutos iniciais da segunda etapa pareciam uma repetição do primeiro tempo. O Tricolor empurrou o Palmeiras para o campo de defesa e só não abriu o placar porque Weverton salvou o time em finalização de Pepê de dentro da área.

Assim como no princípio do jogo, o Palmeiras respondeu aos 7 minutos em contra-ataque, só que dessa vez com gol. Raphael Veiga recebeu bola no campo de defesa, driblou dois jogadores e passou para Wesley. O camisa 47 chutou forte, de perna esquerda, para abrir o placar. Paulo Victor chegou a tocar na bola, mas não foi suficiente para evitar o gol.

Três minutos depois, o Grêmio quase empatou. Diogo Barbosa avançou pela esquerda e cruzou. A bola desviou em Marcos Rocha e sobrou para Thaciano. O camisa 20 subiu sozinho, mas cabeceou muito mal, sem problemas para Weverton.

No restante do jogo, o Tricolor até tentou o ataque, mas esbarrou no bom sistema defensivo do Palmeiras. Aos 39 minutos, veio o gol que definiu o título. Rony puxou contra-ataque e tocou para William. Ele encontrou Gabriel Menino, que driblou Matheus Henrique e chutou cruzado, rasteiro, para fazer 2 a 0 em falha de Paulo Victor.


Mesmo rebaixado, Coritiba derrota Palmeiras

Mesmo já rebaixado para a Série B do Brasileiro, o Coritiba derrotou o Palmeiras, nesta quarta-feira (17) no estádio Couto Pereira, por 1 a 0 em partida atrasada da 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com este revés, o time paulista fica na 6ª posição, com 56 pontos. Já o Coxa alcançou aos 31 pontos, mas permanece na 19ª posição.

Após uma etapa inicial movimentada, inclusive com gol anulado de Gabriel Menino por impedimento de Esteves na jogada, o Coritiba conseguiu achar o gol da vitória aos 42 minutos do segundo tempo. O responsável foi o lateral Jonathan, que acertou um chute colocado da entrada da área.

O time paulista foi muito prejudicado por jogar com um jogador a menos desde os 17 minutos da etapa final, quando o zagueiro Kuscevic foi expulso após lance com o atacante Osman.

Próximos compromissos

O Palmeiras volta a campo na próxima sexta-feira (19), quando faz clássico com o São Paulo no estádio do Morumbi válido pela 34ª rodada da competição. Já o Coritiba volta a atuar no sábado (20), quando mede forças com o Ceará no estádio Couto Pereira pela 37ª rodada.

Veja a classificação da Série A do Brasileiro.