Agência do Trabalhador de Araucária tem 58 vagas de emprego

Os interessados devem agendar um horário no site do SINE e dirigir-se ao local com documentos pessoais

A Agência do Trabalhador de Araucária (do Sistema Nacional de Emprego – SINE) está com 58 vagas de trabalho abertas. As mais recentes são para a função de: repositor, cozinheiro Industrial, vendedores, despachante de veículos, motorista carreteiro e encarregado de supermercado. Todas as vagas podem ser conferidas pelo aplicativo Sine Fácil.

Os interessados devem agendar um horário pelo site http://justica.pr.gov.br, para comparecer ao SINE no horário marcado, com documentos pessoais em mãos. A Carteira de Trabalho Digital será aceita para fins de consulta.

A Agência do Trabalhador de Araucária fica localizada na Rua Álvaro Linhares Ehlke, 333, Sabiá. Horário de atendimento das 7h30 às 12h e das 13h às 16h30. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo telefone 3642-4691 ou 3642-1865.

Informações Banda B.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saiba como funciona o passeio na Vinícola Legado, eleita como a melhor experiência em enoturismo

Eleita como a melhor experiência em enoturismo do Paraná, colheita das uvas na Vinícola Legado ganha mais dias para entretenimento do público 

Ver as uvas de pertinho, colhê-las das videiras, fazer fotos de tirar o fôlego em junto aos vinhedos, conversar diretamente com os produtores e poder desfrutar de um picnic com uvas ou espumantes em meio aos vinhedos. Esse é um breve resumo da tradicional atividade de colheita das uvas na Vinícola Legado, eleita pelo público a melhor experiência em enoturismo do Paraná. 

A colheita das uvas sempre se dá nos meses de verão e nos últimos anos centenas de amantes do vinho e da natureza puderam vivenciar essa experiência incrível. Em 2021, no entanto, em virtude das limitações impostas pela covid-19, a festa da colheita, que nos anos anteriores se realizava em dois dias, transformou-se em diversos Momentos da Colheita distribuídos nos finais de semana de janeiro e fevereiro. 

“Se por um lado as restrições sanitárias nos fizeram diminuir a quantidade de participantes por dia, por outro lado nos trouxe a visão de ampliar a festa que fazíamos em dois dias para quase dois meses. Assim, acabamos gerando novas oportunidades para que mais pessoas possam ter essa experiência única e de forma mais exclusiva, com a natureza com os Momentos da Colheita”, afirma Heloise Merolli, proprietária da Vinícola Legado. “Tem quem venha para vivenciar o dia a dia de uma vinícola, tem quem queira propiciar um passeio diferente para as crianças ou curtir um momento romântico e quem queira retomar o contato com a terra, então cada um colhe as uvas em seu ritmo, passeando pelos vinhedos e registrando cada momento”, comenta Heloise.

A experiência da colheita já começa na compra dos ingressos. Pelo grande número de dias e de pacotes disponíveis, a Legado criou um site especial com todas as informações sobre a experiência, valores dos ingressos e dias disponíveis. Pelo https://colheitalegado.online/ o participante pode saber tudo sobre o evento e realizar sua compra, simples e direto, consultando ali mesmo as principais dúvidas. As vendas já estão abertas e vale lembrar que nos dois anos anteriores os ingressos se esgotaram rapidamente, então corra para garantir o seu. 


Como funciona

O passeio se inicia na recepção da vinícola para as boas vindas, explicações sobre o processo e para a entrega dos kits com materiais para ajudar na colheita das uvas e o café da manhã para quem escolher a opção com alimentação. Na sequência, os participantes seguem até o vinhedo, onde estarão montadas as áreas de picnic por família para a colher os frutos e desfrutar da natureza

A atividade tem duração de 3 horas com valores diferenciados pelo tipo de experiência e idade do participante. Nos finais de semana de 9 e 10 e 16 e 17 de janeiro a vinícola irá promover o Amanhecer no Vinhedo com a colheita das uvas bordô, base dos sucos de uva Sapienza. Nos finais de semana seguintes até o dia 14 de fevereiro, os participantes terão a experiência de colher as uvas viníferas que formam os vinhos e espumantes finos da Vinícola Legado. Ambos pacotes possuem opcional de café da manhã. Crianças de até 7 anos não pagam.

Serviço:

Momento da Colheita 2021 | Vinícola Legado

Onde? Rod. Raul Azevedo de Macedo 5800, km. 7 (a 20 Km do Parque Barigui), Campo Largo

De 9 de janeiro a 14 de fevereiro

Ingressos e informações: https://colheitalegado.online/

Whatsapp 41 991999744

Sobre a Vinícola Legado

A Vinícola Legado iniciou suas atividades em 1998, quando os proprietários da área receberam de presente 200 pés de uvas Cabernet Sauvignon. O bom resultado obtido com essa experiência motivou a introdução de novas variedades que tivessem potencial para se desenvolver no terroir paranaense. Hoje a Vinícola planta 5 hectares com cinco variedades viníferas – Cabernet Sauvignon, Merlot, Pinot Noir, Fiano di Avelino e Viognier e produz cerca de 12 mil garrafas/ano. 100% da produção é feita com as uvas de seus vinhedos. Eleita Vinícola Revelação na Vini Bra Expo 2017, desde então acumula prêmios em concursos nacionais e internacionais. 

Rodízio de abastecimento é retomado na Grande Curitiba

A Sanepar retoma o rodízio no fornecimento de água às 16 horas nesta segunda-feira (04), com 40,79% dos níveis dos reservatórios do Sistema de Abastecimento Integrado de Curitiba e Região Metropolitana (Saic). Para sair do rodízio é necessário que os níveis dos quatro reservatórios do sistema estejam, na média, acima dos 60%.

No período de suspensão, de 22 de dezembro a 03 de janeiro, o consumo de água na Região Metropolitana e na Capital foi 11,7% acima da média do período anterior, com rodízio, de 1º a 21 de dezembro. O dia de maior pico no consumo foi na véspera de Natal, com 724 milhões de litros. A média anterior era de 591 milhões de litros.

Entretanto, as chuvas que caíram em dezembro foram suficientes para que o nível de reservação passasse de 31,26%, no primeiro dia do mês, para 40,93% no último dia de dezembro. “Fizemos essa suspensão no período das festas para que a população tivesse um pouco mais de tranquilidade no fim do ano, mas é fundamental que todos retomem a Meta20, com o uso racional da água”, afirma o diretor de Meio Ambiente e Ação Social da Sanepar, Julio Gonchorosky.