• in

    Procurando uma festa de Halloween em Curitiba?

    Vem aí a época mais freak do ano: é tempo de Halloween!
    Olha só a programação que preparamos pra você rebolar esse esqueleto:

    sexta . 27: EMO X EMO Brazuca
    A primeira noite de Halloween promete ser bem EMO: no palco e na discotecagem rola aquela batalha entre EMO e EMO nacional pra gente chegar a conclusão de que ama mesmo os dois!

    sábado . 28 Especial Arctic Monkeys e Pepperland
    Escalamos um especial queridinho pra embalar a segunda noite do melhor Halloween possível. Só vem!

    ______________________

    • Ingressos antecipados:
    1º Lote (Estudantes, Doadores de Sangue ou para quem trouxer 1kg de alimento não perecível) R$ 15 (meia). ESGOTADO
    2º Lote (Estudantes, Doadores de Sangue ou para quem trouxer 1kg de alimento não perecível) R$ 25 (meia).

    . Na hora: outro preço e por ordem de chegada, de acordo com a lotação da casa. Os ingressos são vendidos separadamente para cada dia de evento.

    • Locais
    Peppers – sexta, sábado e feriados, das 20h – 05h
    Degusto Café: segunda a domingo – Al. Dr Carlos de Carvalho, 1148 (Pç da Espanha). (à partir de sábado, 07).

    • IMPORTANTE:
    É OBRIGATÓRIO O USO DE FANTASIA.

    • O que vai ter:
    -Prêmio de melhor fantasia: o escolhido vai ter entrada FREE no Peppers até o final do ano e ainda vai ser coroado no palco pela melhor fantasia.
    -Make na faixa pra você entrar no clima.
    -A melhor decoração de Halloween do pedaço.

    • Promos da noite
    DOUBLE Jagermeister a noite toda.
    Welcome Drink na Siringa.

    ______________________
    • Fotos:
    Renata Kalkmann

    • Vídeo:
    Vinícius Antunes (Vina)

    • Hostess
    Pamela Bueno

    _________________________
    •• Reservas sua mesa ou camarote: 99972-0776 ••
    Peppers: Rua Inácio Lustosa, 496, esquina com a Trajano Reis.
    ________________________
    Proibida a entrada de menores de 18 anos, sem documento original com foto, mochilas (é possível deixar no guarda-volumes), chinelos ou camisas de time.

  • in

    Amanhã acontece o Sábado Argentino com vinhos e empanadas por R$ 10

    Nos últimos anos, a Argentina se transformou em um dos principais destinos turísticos dos curitibanos. E é lógico que um dos motivos para essa procura é a deliciosa cultura gastronômica dos nossos vizinhos. Pensando nisso, neste sábado, dia 21 de outubro, a Garage Vinhos, loja conceito da importadora e distribuidora Bodegas – Selecionadores de Vinhos na cidade de Curitiba, vai promover um saboroso “sábado argentino”.

    Durante o evento, com entrada gratuita, serão servidas na rua opções de vinhos argentinos Finca La Daniela, produzidos pela premiada Bodega Barberis, fundada no ano de 1965, pelo preço fixo de R$ 10 (por taça). O público terá à disposição três rótulos especiais (rosé, branco e tinto) de muita qualidade: Finca La Daniela Malbec Rosé, Finca La Daniela Chardonnay e Finca La Daniela Malbec.

    Propondo uma harmonização completa, o evento trará ainda as tradicionais empanadas argentinas, preparadas pelo argentino Hugo Volskis, do restaurante Don Hugo. Durante o sábado, serão comercializadas deliciosas empanadas de carne, caprese (mussarela, tomate e manjericão) e quatro queijos pelo valor de R$ 10 (3 unidades).

    A Garage Vinhos fica na Rua Teixeira Coelho (nº 182), no bairro Batel. O “sábado argentino” será realizado das 11h às 18h, com entrada gratuita. Mais informações no site www.garagevinhos.com.br ou pelo telefone (41) 3528-1844.

  • in

    Festival do Hambúrguer acontece neste sábado em Curitiba

    Poucas combinações fazem tanto sucesso quanto hambúrguer harmonizado com uma bela cerveja artesanal. Pensando nisso, no próximo sábado, dia 21 de outubro, a Way Beer vai promover o Saturday Way especial Festival do Hambúrguer, em Curitiba. O evento contará com dezenas de opções de hambúrgueres, preparados por empreendimentos curitibanos, que poderão ser harmonizados com diversos chopes artesanais.

    Durante o festival, serão servidos hambúrgueres que vão agradar todos os paladares, que serão preparados por alguns dos principais empreendimentos de rua da capital paranaense, entre eles O Aviador, Altman Gastronomia, A Casa do Ferreiro e Premium Carnes Nobres. Para quem não resiste a um doce, o evento trará preparos deliciosos da Farinha Encantada e do Churros Fan Club.

    Propondo uma harmonização completa, a Way Beer vai oferecer algumas de suas principais cervejas de linha e sazonais em chope, com valores a partir de R$ 8, entre elas Red Ale, American Pale Ale, Die Fizzy Yellow IPA, Avelã Porter, Amburana Lager, Witbier, Pingado, Watermelon Ale, Berliner Weisse e Half Pilsen. Será possível, também, encher Growlers e Crowlers com preços especiais durante o evento.

    Para completar a programação, o Festival do Hambúrguer contará com um espaço kids com monitoria, ideal para quem quer levar a criançada para curtir um dia diferente, e terá um show especial da banda 91 Rock, que trará diversos clássicos do Rock, do Hard Rock e do Heavy Metal. Vale lembrar que todos os eventos realizados pela Way Beer são pet friendly.

    O Saturday Way especial Festival do Hambúrguer será realizado na fábrica da Way Beer (Rua Pérola, 331 – Pinhais), na região metropolitana de Curitiba, das 12h às 19h. A entrada é gratuita, mas a capacidade de público será limitada. Mais informação pelo telefone (41) 3653-8853 ou no site www.waybeer.com.br.

  • in , ,

    Uma cidade em uma rua: o Calçadão da XV

    Caetano Veloso, no clássico da MPB “Sampa”, afirma que algo acontece em seu coração quando encontra a esquina da Ipiranga e a avenida São João. Assim como Caetano, algo acontece em meu coração, mas curitibano que sou, quando caminho no calçadão da XV.

    Sempre digo que Curitiba é uma cidade de extremos, e seus extremos estão gravados ali, naquele trecho de menos de menos de um quilômetro de cheiros esquisitos. Os engravatados apressados – grupo em que me enquadro – e os moradores de rua. Os malandros em seus pequenos delitos e as crianças puxadas pelos bracinhos com seus olhos curiosos, encantados pelos prédios históricos. As figuras folclóricas da fauna urbana de Curitiba, e as multidões anônimas e vem e vão. Um microcosmos em forma de rua.

    Caminhar na XV por vezes exige sua quota de paciência, principalmente se você não quer almoçar. Ou fazer exame de vista. Ou fazer um empréstimo. Ou qualquer outro dos inúmeros motivos que rendem uma abordagem, que sabemos, não são poucos. Talvez você só queira tomar um chopp antes do almoço, o que é justíssimo, ou se distrair com um artista de rua, um dos meu hobbies favoritos por ali.

    Mas de tudo que me chama a atenção, me intriga os rostos sem nome que se sentam nos bancos da XV, com o olhar cansado, observando o teatro da vida real onde todos somos coadjuvantes. Talvez seja só um cigarro sendo queimado no intervalo do serviço, ou o justo descanso de quem colocou o pé no centro logo cedo, mas o semblante de desesperança de algumas pessoa me desperta sentimentos inominados.

    Isso e os velhinhos que se sentam na Boca Maldita para jogar conversa fora. Lembrar dos amigos que se foram ao lado dos que restaram, e se alegrar com as alegrias que permanecem entre todas as outras que uma vida finita inevitavelmente nos leva.

    Meus passos rápidos logo me levam até a estação central, e me obrigo a sair dos meus devaneios para não ser atropelado pelo Santa Cândida-Capão raso. Rio comigo mesmo da ironia da hipotética manchete “cronista do busão é atropelado por um busão”. Cada passeio na XV é um filme que não pode ser revisto, um espetáculo de apresentação única – de onde eu saio, sem ele sair de mim.

    Alguma coisa acontece no meu coração.

     

  • in

    O vizinho flamenguista

    Curitiba, 10 horas da noite. Estou na casa da minha namorada, enquanto ela faz um trabalho do mestrado e eu começo a fazer as postagens do meu blog. Vi mais cedo no jornal esportivo na TV (sim, assisto TV às vezes), que o Flamengo iria jogar. Simplesmente ignoro, pois acompanho mais os times daqui do que os de fora, mas nada contra quem gosta. O vizinho do prédio começa a gritar enlouquecidamente. Ignoro na primeira vez. Ele começa a gritar de novo e dessa vez consigo decifrar o que está sendo dito. O querido grita “cartão, p$#ra!” com um sotaque carioca. Me lembro que o Flamengo está jogando neste horário e dou uma de “Sherlock Holmes” e presumo que o vizinho é flamenguista.

    Não para por aí. Ele cria toda uma atmosfera de estádio em seu apartamento, que não é dos grandes. Um imóvel de 36 m², minúsculo, que o ramo imobiliário costuma chamar de “estúdio” (uma gourmetização para quitinete). Este ambiente criado pelo querido vizinho, além de gritos dignos de um fanático de torcida organizada, também conta com um cheiro de mato queimado no corredor. If you know what I mean. É xingando o juiz para cá, gritando com os jogadores em campo pra lá, enfim, na cabeça dele, os jogadores estão ouvindo ali o que ele tá dizendo. Não só eles, como o prédio todo.

    Não gosto de ser aqueles vizinhos chatos que reclamam de tudo, pois não moro aqui e muito menos faço isso onde eu moro. Mas acordar cedo pra trabalhar amanhã não será tarefa fácil.

  • in

    E pra começar, Pão com Bolinho

    Depois que comecei a escrever essa coluna, me obriguei a resgatar nas memórias todos os lugares que já passei e despertaram aquele tesão inexplicável em mim. Não poderia deixar de fora o Pra Começar (Rua José Merhy, 745), também conhecido como Bar do Gildo ou Bar do Véio pelo pessoal da zona norte.

    Um templo da boêmia de fim de tarde no Boa Vista, foi ali que adentrei nessa vida de comer e beber bem.

    Em 1994 – meu ano de nascimento – Marco, o dono do bar, junto com seu pai Gildo e seu irmão, abriram um lugar pra servir a galera da região. De começo modesto, boteco raiz, com bera gelada à preço justo e clientela fiel, ergueram uma tradição que se mantém forte há 23 anos.

    Decidi que era perfeito para a próxima história. Convidei um amigo e fomos para lá no melhor dia e horário que tem: Segunda-feira à tarde.

    Como bom cliente que sou, cheguei com antecedência pra abrir a casa.

    Fazia tempo que não prestava uma visita ao Gildo, depois de anos de religiosa frequência ao lugar, foi bom reencontrar os amigos. Um deles mostrou que tinha tido parte do polegar esquerdo amputado num bizarro acidente com o portão de casa. Como de praxe num boteco raiz, todo mundo tirava com a cara dele pelo ocorrido, inclusive nós. Resolvi prestar uma homenagem e pedir um drink que ele me ensinou a beber: a famigerada Água de Valeta, que consiste na mistura de Underberg, água tônica, rodelas de limão e gelo.

    Uma bebida que é a garantia de um belo porre, mas para o paladar de poucos eu diria, foi perfeita pra me trazer o sabor de tantas noites passadas ali, e como um bom digestivo me
    abriu o apetite pro carro chefe da cozinha da casa.

    Esse sanduichão da porra, de proporções colossais, é o Pão com Bolinho deles.

    Feito pela mãe do Marco, a Dona Juçara, conquista estômagos e corações há pelo menos 18 anos. O enorme pão francês, crocante e fresquinho, é entregue diariamente no bar por um caprichoso fornecedor. O bolinho de carne frito, cortado ao meio pra preencher toda a extensão do sanduíche, tem um tempero balanceado e único. Uma generosa camada de queijo provolone gratinado te acerta com aquela explosão levemente defumada que só ele permite. Mas não vai pensar que o sabor fica forte demais por isso, eles capricham na cebolinha e salsinha picadas trazendo todo o frescor pra atestar esse como um dos melhores Pão com Bolinho que existe.

    Ta salivando? Fica melhor agora. CUSTA SÓ 9 PILA.

    Pra falar a real, já perdi a conta de quantos eu já comi. Nada enxuga melhor o álcool que um desses.

    Pra Começar – O Bar do Gildo
    Rua José Merhy, 745 – Boa Vista, Curitiba – PR.
    Aberto de Segunda à Sexta, das 16:00 às 23:00.

  • in ,

    Maior passeio motociclístico beneficente da Harley-Davidson no Mundo acontecerá em Curitiba

    Começa amanhã (12/10) e vai até o dia, 14 o Outubro Rosa Curitiba, uma produção da Air Promo com realização do  HOG – Harley Owners Group Curitiba Chapter e do Ladies of Harley. – clubes de proprietários de motos HarleyDavidson. O evento é considerado o maior passeio motociclístico beneficente da HarleyDavidson no Mundo e vai reunir na capital paranaense mais de 1600 amantes da marca lendária por uma boa causa: arrecadar fundos para o Hospital Erasto Gaertner.

    A Air Promo é a agência responsável pelo planejamento, criação de identidade visual, produção e operacionalização de todo o evento. Foram 12 meses de trabalho e mais de 70 profissionais envolvidos dentro e fora da Air Promo. “É um orgulho para nós ter o Outubro Rosa Curitiba em nosso portfólio. Pela envergadura do evento e pela efetiva contribuição que entrega ao Hospital Erasto Gaertner”, explica Rafael Maia – Diretor de Novos Negócios da Air Promo.

    A programação do evento inclui uma festa de abertura no Hard Rock Café Curitiba exclusiva para os participantes que vem de todo o Brasil e dos países vizinhos. Já no dia 13, um passeio por Curitiba começa com a visita ao Hospital Erasto Gaertner, uma parada no Jardim Botânico, almoço no tradicional restaurante Madalosso, em Santa Felicidade e termina com um Show do Skank, somente para os convidados, na Ópera de Arame.  No dia 14, acontece o tão aguardado passeio motociclístico que sai da frente do Palácio Iguaçu e segue até o Autódromo Internacional de Curitiba (em Pinhais). Até o fechamento das inscrições o Outubro Rosa Curitiba já arrecadou R$ 1,2 milhões em doações para o Hospital Erasto Gaertner – maior centro de luta contra o câncer do Sul do Brasil, atendendo 35 mil pacientes e realizando 1,4 milhões de procedimentos ao ano.

  • in , ,

    Da China aos EUA, os olhos voltam-se de novo para Curitiba – Artigo de Rafael Greca

    Texto feito pelo prefeito Rafael Greca

    Prefeito Rafael Greca.
    Curitiba, 01/02/2017.
    Foto: Pedro Ribas/SMCS

    Inovar sempre foi uma característica de Curitiba. A cidade – que pensou uma urbanização de vanguarda em 1943 (com o Plano Agache, do francês Alfred Agache) e a modernizaria em 1965, com Jorge Wilheim – sempre esteve adiante com ideias que inovaram na mobilidade e na urbanização, sem contar no mundo acadêmico e tecnológico.

    Esta visão de futuro, que atraiu por anos milhares de estudiosos e lideranças, está sendo resgatada. E Curitiba está fazendo com que o mundo volte seus olhos para cá, para capital da Luz dos Pinhais.  A nossa capital passou por um período de penumbra, com a falta de criatividade e de falta de iniciativa e diplomacia da gestão anterior –  agora está retomando com muito trabalho o espaço que sempre teve no cenário mundial.

    O foco de vender Curitiba, seja para turismo, para atração de investimento ou pelas inovações de políticas urbanas, já resultou em oito novos acordos internacionais. Recebi, ainda, 81 delegações e comitivas internacionais. Foram também promovidos encontros e congressos, bem como ações para estreitar as relações comerciais.

    Busquei também aproximar o corpo diplomático do município aos consulados e seus representantes na cidade. Como resultado imediato, garanti o apoio dos consulados ao Natal de Curitiba, reforçando, dessa maneira, a identidade cosmopolita e multiétnica de Curitiba. Dentre os projetos de diplomacia implantados, retomei ainda o diálogo com a Agência Brasileira de Cooperação do Itamaraty; assinei o protocolo de intenções entre a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) e Curitiba; estabelecemos o Termo de Entendimento Suécia e Brasil – Agricultura Urbana; o Protocolo de Intenções Finlândia; o Protocolo de Intenções Columbus e o Protocolo de Intenções Orlando. Também realizamos, no âmbito do turismo, o evento Orlando Week: Turismo, aderimos ao projeto Mobilise Your City, e promovemos o Climate and Clean Air Coalition: Workshop e Consultoria, sem custo ao Município. Também realizamos um importante café da manhã com secretários municipais, oferecido pela Câmara de Comércio dos EUA – AMCHAM, e um encontro estratégico com o corpo consular de Curitiba.

    Inaugurei, no Centro Cívico, a Praça da China onde instalamos no local a estátua do filósofo e pensador chinês, Confúcio, feita pelo artista Wu Weishan. A praça é uma homenagem aos nossos parceiros e remete à Bienal de Curitiba 2017, que homenageia, este ano, a China. A estátua de Confúcio é um presente recebido do governo chinês.

    Nesses nove meses, tempo de uma gestação, em analogia, recebi delegações de diversos países. Entre eles: Japão, Qatar, Estados Unidos, Israel, Colômbia, Paraguai, Mongólia, Ucrânia, Finlândia, Itália, entre outras nações. Além de diplomatas, representantes de diversas delegações estiveram na Secretaria Municipal do Meio Ambiente, IPPUC, Vale do Pinhão e outros órgãos da Prefeitura de Curitiba para conhecer o nosso trabalho, identificar possíveis parcerias e realizar estudos sobre a cidade.

    Além das ações consolidadas, temos outros tantos projetos em andamento. Ainda este ano, vou assinar o protocolo de intenções com a Agência Brasileira de Cooperação, acordo de cooperação entre instituições holandesas, também entre cidades da Europa e da América Latina. Com o Japão, devemos firmar uma nova parceria internacional com a agência Jica, para o desenvolvimento de novas tecnologias para geração de energia, promover a Maratona Internacional de Curitiba e receber os atletas de Columbus, estabelecendo, ainda, o projeto Embaixadores do Futuro. Há também, neste movimento de parcerias internacionais, o projeto de gestão integrada de resíduos sólidos urbanos, o projeto TOI  Mayor’s Challenge, a promoção da Fira Barcelona e a candidatura de Curitiba ao Comitê Regional do ICLEI América do Sul. Na área cultural, esperamos receber também o ilustre conserto do pianista húngaro György. Todo esse movimento de internacionalização insere a cidade, mais uma vez, à agenda global das relações políticas e diplomáticas, abre as portas para a expansão de novas parcerias comerciais e oportunidades de negócios em âmbito global, além de reaquecer a economia e explorar o potencial econômico da capital paranaense, resgatando o protagonismo internacional da nossa amada Curitiba.

     

    Rafael Greca é prefeito de Curitiba, economista e engenheiro civil, com especialização em Urbanismo. Foi vereador, deputado estadual constituinte, prefeito de Curitiba, deputado federal mais votado do Brasil e ministro de Estado do Esporte e Turismo.

  • in , , ,

    Curitiba não tem mar, Curitiba tem bar

    Dizem que Paulo Leminski, o grande poeta curitibano, conhecido pela vida boêmia, uma vez afirmou: “Beber em Curitiba é autodefesa”. Sabia das coisas, o Leminski.

    Curitiba é uma metrópole com realidades completamente diferentes, mas, da Caximba até o Batel, uma coisa une todos os Curitibanos. A paixão por um bom boteco.

    A paixão dos Curitibanos por bares talvez esteja atrás somente da paixão pelos Shoppings. Passear em Shopping é “O” programa da família curitibana. Para comprar roupas? Não, Curitibano que se presa só dá uma olhadinha. Para ir ao cinema? Não, Curitibano que se presa só vai até a frente, reclama dos filmes e do preço da pipoca. Curitibano entra em Shopping para passear. E ir ao banheiro, graças ao bom Deus e aos tios e tias da limpeza, que salvam a nossa vida quando a coisa aperta no centro.

    Fato é que todo o Shopping também tem seu bar – provavelmente para você tomar uma depois de cometer a loucura de estourar o limite do cartão.

    Mas aí é que está o pulo do gato. O bar para o Curitibano não é necessariamente um espaço físico, mas um ambiente de confraternização entre os amigos, com um isopor de cerveja que seja. Não tem bar aberto? Tem posto! Curitibano socializa neste momentos.

    E ainda nos chamam de antipáticos! Que bobagem sem tamanho! Já viram Curitibano num bar? Depois de um rabo de galo? Não existe criatura mais sociável. Sou curitibano nato, e posso garantir, grande parte dos meus amigos eu faço no bar. Na fila do banheiro, então, nem se fala.

    Duas verdades:

    Não existe Curitibano fechado, existe Curitibano que ainda não fez seu happy hour.

    Não existe Curitibano fechado, existe Curitibano que está de ressaca do happy hour anterior, que se estendeu e foi até de manhã no gato preto.

    Afinal, quem precisa de mar?

     

  • in ,

    Feriadão com muitas opções gastronômicas em Curitiba

    Nesta quinta-feira, dia 12 de outubro, será celebrado o dia de Nossa Senhora Aparecida, feriado nacional. Emendando com a sexta-feira, o feriadão será uma ótima opção para que os turistas e, também, os curitibanos curtam a capital paranaense e, principalmente, aproveitem os principais sabores da cidade que se transformou uma grande referência da gastronomia brasileira. Pensando nisso, diversos bares e restaurantes irão seguir com suas programações normais nos próximos dias.

    Um dos grandes destaques da noite curitibana, o Simples Assim (Rua Ângelo Sampaio, 1671), abrirá normalmente durante o feriadão. O empreendimento é especializado em comida de boteco, contando com um cardápio especial que pode ser harmonizado com cachaças, vinhos e cervejas artesanais. Outra ótima opção para quem for passar o feriadão prolongado na cidade é o Espaço Carmela (Rua Doutor Claudino dos Santos, 72), restaurante especializado em gastronomia criativa, que funciona durante o almoço e jantar. No cardápio da casa estão pratos como Risoto de queijo Brie (R$ 45); Prime Rib de Angus (R$ 99 – serve 3 pessoas); Risoto de cordeiro ou cabrito, com pinhão e passas (R$ 48); Chorizo de Wagyu (R$ 96); e Conchiglione com salmão e alho poró (R$ 55).

     

    Para quem ama a gastronomia italiana, os restaurantes Funiculí (Rua Myltho Anselmo da Silva, 1438) e Ernesto Ristorante (Rua Myltho Anselmo da Silva, 1438), comandados pelo premiado chef Dudu Sperandio, são ótimas opções para o jantar. Já quem não fica sem um bom café poderá conferir as delícias do New York Cafe (Rua XV de Novembro, 2916), que traz para Curitiba todo o charme da cultura e da gastronomia nova-iorquina, e da Liquori Caffè Gourmet, que conta com sete unidades na capital paranaense. Para os fãs de cervejas artesanais, drinks, sidra e petiscos, a Glasso Tap Co. é uma ótima opção para o feriadão. O bar, recém-inaugurado na Mercadoteca (Rua Paulo Gorski, 1309), é inspirado em bares que têm feito muito sucesso em países como Dinamarca, Noruega e Suécia.

     

    O melhor da gastronomia regional na capital paranaense está disponível no Mukeka Cozinha Brasileira (Rua Machado de Assis, 417), restaurante comandado pelo premiado chef Ivan Lopes. A casa funcionará normalmente para almoço e jantar durante o feriado, servindo preparos como Filé de tilápia grelhada com palmito pupunha ao molho de abacaxi (R$ 43); e Cordeiro do Sul a paleta de cordeiro assada lentamente, batatas e brócolis grelhados, regados ao molho do assado (R$ 59). Para completar, quem busca comodidade e quer várias opções em um único lugar pode aproveitar as dezenas de opções gastronômicas da Rua 24 Horas (Rua Visconde de Nácar, sem número) e do Shopping Crystal (Rua comendador Araújo, 731).

  • in

    Bar dará 50 chopes se Argentina ficar fora da Copa do Mundo

    Na noite desta terça-feira, a partir das 20h30, serão conhecidos todos os representantes da América do Sul na Copa do Mundo 2018, que será disputada na Rússia. Para motivar a torcida brasileira e secar a Argentina, o Bávaro, bar localizado na tradicional Rua 24 Horas, em Curitiba, vai transmitir a rodada completa e promete um belo presente caso a Argentina não se classifique para a Copa: 50 copos de chope para o público.

    Com apenas 25 pontos e ocupando a 6ª posição na tabela de classificação, a Argentina precisa da vitória na partida contra o Equador, na casa do adversário, para garantir uma vaga pelo menos na repescagem. Se empatar, precisa torcer para outros resultados. Caso o Equador vença, a seleção de Messi estará fora da Copa do Mundo 2018.

     

    O Bávaro vai oferecer, também, uma infraestrutura completa e preparos deliciosos, entre eles sanduíches exclusivos e chopes artesanais, para quem quiser acompanhar as partidas classificatórias para a competição esportiva mais importante do Planeta na Rua 24 Horas. Serão 04 televisões de 60 polegadas espalhadas pelo estabelecimento.

     

    A Rua 24 Horas fica na Rua Visconde de Nácar (sem número), no Centro de Curitiba. Mais informações no site www.rua24horascuritiba.com.br.gen

  • in

    Praça de alimentação ao ar livre será inaugurada no Portão

    O MercadoSal está com data marcada para inauguração. No dia 28 de outubro, a partir das 11h da manhã, será possível conhecer um espaço amplo e diferenciado, que une gastronomia e entretenimento. O ambiente conta com mais de 40 contêineres que oferecem diversas opções de comidas e bebidas, como asiática, indiana, japonesa, italiana, mexicana, comida de boteco, carnes especiais, doces e cafés, além de vinho, chopps, cervejas artesanais e drinks.

    Os clientes do MercadoSal têm acesso à rede de internet Wi-fi e também podem usufruir de uma programação com bandas de todos os estilos musicais e atrações para as crianças, como mágicos, pintura em rosto e escultura de balões, além do espaço família. Outra opção de diversão é o espaço kids, que conta com mais de 350 m², operado pelo Kinder Park.

    Em um terreno de aproximadamente 9.400,00 m², divididos em praças interna, externa e estacionamento, o MercadoSal acomoda mais de mil pessoas sentadas. Com linhas modernas e conceito retrofit, o MercadoSal busca reutilizar materiais que seriam descartados na arquitetura, para dar um visual inovador. Os contêineres ficam a 15 centímetros do chão, com iluminação que dão leveza ao ambiente. O espaço externo tem um paisagismo diferenciado, com palmeiras, vasos em tonéis de ferro, bancos e espelhos d’água.

    Idealizado e projetado pelos arquitetos Mauro Gaziri e Ricardo Buzzi, em sociedade com a JD9 Participações e Grupo FB4, o empreendimento atenderá, principalmente, moradores dos bairros Portão, Pinheirinho, Água Verde, Cidade Industrial de Curitiba e Capão Raso, não se esquecendo da população da região metropolitana.

    O MercadoSal está localizado na Rua Itacolomi, 1515, no bairro Portão. Os acessos são pela via rápida, Rua João Bettega, Avenida Presidente Kennedy e Juscelino Kubitschek e Linha Verde. O horário de funcionamento é das 11h às 23h.

    Como será o lançamento

    As portas do MercadoSal estarão abertas a partir do dia 28 de outubro (sábado), das 11h às 23h. As crianças poderão curtir com atrações especiais. Para os adultos, a programação é a apresentação de três bandas e um DJ. Haverá distribuição de brindes no dia da inauguração.

    Baixe o aplicativo MercadoSal

    Para facilitar a vida dos clientes, o MercadoSal desenvolveu um aplicativo para Android e IOS. Pelo smartphone, o consumidor poderá ver o cardápio e preço dos produtos dos contêineres. E para evitar filas, também será possível fazer e pagar o pedido pelo aplicativo.

    Serviço

    MercadoSal

    Inauguração: 28 de outubro de 2017

    Horário de atendimento: De terça a domingo, das 11h às 23h.

    Rua Itacolomi, 1515 – Portão

    Curitiba PR

    Conheça os Contêineres do MercadoSal

    PRAÇA EXTERNA

     

    Chicano – (comida mexicana)

    Tai Pei (comida taiwanesa e poke havaiano)

    Carnivore (carnes especiais)

    Baggio (pizza)

    Milk Creamery (sorvete em rolo)

    Alleluia (pasta e risoto)

    O Famoso Burger (hamburgueria)

    Vino!

    Volta ao mundo massas criativas (massas)

    Pão com bife 100% angus (espetinhos)

    Bao Wow (comida asiática de rua)

    Chelsea Café (sobremesas e cafés)

    Gordo e Magro (comida de boteco)

    Walool (bubble waffle)

    Sirene (fish’n chips)

    Hiroki (comida japonesa)

    Steak Grill 100% angus (churrasco grill)

    La Lomiteria (comida argentina)

    Doutorado (pão com bolinho)

    Pastel Curitiba (pastelaria)

    Brasiléa Pocket Bistrô

    Néctar da Terra (açaí, sucos naturais e saladas)

     

    PONTE-BAR

    Glasso (chopp artesanal)

    Sunset drinks (drinks)

     

    PRAÇA INTERNA

    Bertoni Gelateria

    Marshmallow Candy Shop (churros)

    Chef Oswaldo (comida paranaense)

    Swadisht (comida indiana)

    Rock Fries (batata frita)

    Santíssimo PUB (mini-gourmet)

    Sweet Cakery (bolos e tortas)

    Shake & Co. (milk-shake)

    Hangar 7 (hamburgueria)

    Bonna Gourmet (massas)

    La Vaquita (sanduíches com carnes)

    God of Food contêiner (buffet e café colonial)

     

    ESPAÇO KIDS

    Kinder Park

     

    CARRINHOS

     

    Mr. Josephs (apple caramel)

    Mr. Josephs (brigadeiro gourmet)

    10 doces

    Superdog

Carregar Mais
Congratulations. You've reached the end of the internet.