1º Semana Gastronômica do Mercado Municipal de Curitiba começa no dia 20 de outubro

Até 25 de outubro, restaurantes oferecem lanches e pratos com preços promocionais por R$14,90, R$24,90 e R$34,90

Mais de 20 pratos com preços promocionais e receitas inspiradas nos quatro cantos do mundo. Pela primeira vez, restaurantes, cafeterias e lanchonetes do Mercado Municipal de Curitiba reúnem-se para uma semana dedicada aos clientes que apreciam a boa gastronomia e para os curiosos que querem descobrir todos os sabores presentes em um dos espaços mais tradicionais da cidade.

Na 1ª Semana Gastronômica do Mercado, as iguarias vão desde o tradicional PF brasileiro com arroz, feijão, ovo e bife acebolado, até pão com bolinho, massas italianas e temaki japonês. Entre os doces, tortas acompanhadas de cafés, receitas portuguesas como o pastel de Belém e o macaron, tradicional na culinária francesa.

De 20 a 25 de outubro, os restaurantes participantes oferecem combos e refeições por preços fixos de R$14,90, R$24,90 e R$34,90 (aos finais de semana). A expectativa é estimular o turismo seguro e movimentar o setor ao promover a boa gastronomia, seguindo todas as normas indicadas pelos órgãos de saúde.

Com opções para café da manhã, almoço e lanche da tarde, quem passar pelo Mercado Municipal nesses dias poderá fazer uma viagem gastronômica, descobrindo receitas nacionais e internacionais com valor especial. Tudo isso, em estabelecimentos já tradicionais da cidade: “Temos restaurantes e lanchonetes com mais de 30 anos de história, e mesmo que a administração já tenha passado de pai para filho, o sabor e o amor permanecem iguais. Vale a pena conferir”, garante Cleverson Augusto Schilipacke, presidente da Ascesme – Associação dos Comerciantes Estabelecidos no Mercado Municipal de Curitiba.

Consulte os estabelecimentos participantes e horários de funcionamento de cada restaurante em www.mercadomunicipaldecuritiba.com.br

Cuidados para uma alimentação segura

Como forma de garantir mais saúde e segurança para clientes e funcionários, as mesas da praça de alimentação do Mercado Municipal de Curitiba permanecerão distanciadas e serão higienizadas diversas vezes ao dia, seguindo as indicações das autoridades de saúde.

Com público limitado, a entrada de clientes é controlada por entradas exclusivas: Rua da Paz, 640, Rua General Carneiro, Espaço Arena e entrada secundária da Avenida Sete de Setembro.

Horário de funcionamento em período de isolamento social:
Terça a sábado das 8h às 18h
Domingo das 8h às 13h (restaurantes funcionam até 15h com acesso exclusivo pelo Setor de Orgânicos a partir das 13h)
Nas segundas-feiras, o Mercado fecha para higienização

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Restaurante e Bar de 2000 metros quadrados será inaugurado em Curitiba

Num espaço de quase 2 mil metros quadrados e 800 metros só de construções, abre as portas em Curitiba o restaurante e bar On The Road. A inauguração será nesta sexta, 22 de janeiro, 17h.

Localizado na Rua Desembargador Westphalen, 3140, o local possui amplos espaços abertos cobertos e também internos. Possui ilha de Chopp, sala de vinhos e estacionamento interno grátis.

Em tempos de cuidado com a saúde, os espaços abertos cobertos e ao ar livre são ótimas opções e transmitem segurança aos clientes. 

CARDÁPIO DA CASA

O foco da casa são carnes nobres de alta qualidade, porções variadas e acompanhamentos especiais. São cortes como picanha, assado de tiras, t-bone, bife de chorizo, tomahawk, ancho e coxa de frango desossada. Todas feitas na parrilha e ao melhor estilo de um ótimo churrasco. Para quem gosta de carne de onça, uma boa maionese, uma porção de tilápia fresca ou linguiça artesanal, é o local certo.

Entre as opções tem o espetão de 250 g de carne, nas opções alcatra, coração, frango e queijo coalho.

Opções como mix de folhas verdes, hambúrguer vegetariano e legumes na parrilha, são algumas das opções para vegetarianos.  

Tudo ao som de uma boa música presente em todos os ambientes da casa.

A parceria exclusiva com a PataNegra ajudou a criar um ótimo ambiente para quem gosta de saborear um dos melhores chopes do mercado. 

Um chefe e um parrilheiro com passagem por badalas casas estão à frente da cozinha e da elaboração dos pratos e das carnes.  

Na sala de vinhos, uma seleção especial elaborada com cuidado e atenção com opções variadas. 

O cardápio do bar foi elaborado em base aos mais badalados drinks e conta com uma seleção especial de opções para todos os gostos. 

GRANDIOSO, ELEGANTE E ÓTIMA GASTRONOMIA 

Com investimento de 1 milhão e meio de reais, o On The Road deve se posicionar como uma das melhores opções de Curitiba para quem deseja frequentar um espaço amplo e com variados ambientes. Tem ótima gastronomia, música de qualidade, preço justo e estacionamento seguro interno na casa. Para os amantes do motociclismo, o ambiente conta com espaço que permite entrar com a moto.

Inaugura nesta sexta, 22 de janeiro, 17h.

Aproveite a promoção de abertura com chopp PataNegra.

Na compra de um combo de hambúrguer e batata frita + 01 Chopp, 

você ganha um chopp Pilsen.

Endereço: Rua Desembargador Westphalen, 3140 – Curitiba.

Reservas: 9 9143-4801

Cantina do Délio lança primeiro prato da Boa Lembrança em 2021 em homenagem à Banoffi

Restaurante italiano comandado pelo chef Délio Canabrava preparou homenagem para a doceria que ajudou a financiar a Cantina em seus primeiros passos em 2006; além da cerâmica e de uma fatia da torta, quem comprar vai garantir um prato principal

A Cantina do Délio vai lançar nesta quinta-feira (21) o primeiro prato da Boa Lembrança de 2021. O tradicional restaurante italiano, que ficou conhecido por lançar diferentes e criativos pratos relacionados à iniciativa, está preparando uma edição especial para homenagear a sua irmã mais velha: a Banoffi, confeitaria fundada pela chef Renatta Ferian, que é conhecida por ter popularizado o doce inglês de mesmo nome em Curitiba.

De acordo com o chef Délio Canabrava, a ideia é valorizar a doceria, que inclusive foi responsável por ajudar a Cantina em seus primeiros passos no ano de 2006. “Foi a Banoffi que financiou, digamos assim, o começo da Cantina. Desde então, as duas empresas sempre estiveram interligadas e uma ajudou a outra a crescer”, explica Délio.

Para a homenagem, nada mais justo que um dos pratos da Boa Lembrança seja com a Banoffi da Banoffi. Mas não para por aí. Quem comprar o prato vai garantir, além de uma fatia da torta para a sobremesa, também o prato principal: Salmão com lâminas de amêndoas e alcaparras, purê de batatas, legumes e touili de pesto. O valor será de R$ 120, lembrando que você poderá levar a cerâmica para casa.

SOBRE A BOA LEMBRANÇA

A Boa Lembrança nasceu em 04 de março de 1994, em Petrópolis (RJ). A proposta é representar um grupo de restaurantes que prima pela excelência e qualidade nos serviços, promovendo e divulgando a diversidade do setor através das peculiaridades regionais e do associativismo. A ideia chegou no Brasil com o italiano Dânio Braga, fundador e atual conselheiro. Inspirado pelos costumes que trouxe da região onde nasceu, Dânio resolveu estimular o hábito de se levar uma lembrança depois de uma boa refeição. Foi assim que surgiu o Prato da Boa Lembrança, uma peça exclusiva em cerâmica que você leva para casa depois de comer em um dos restaurantes associados. O Prato da Boa Lembrança é o troféu de todo colecionador. Ele é feito em louça de alta qualidade, resistente, produzido especialmente para ser pendurado e exposto como uma peça de arte. Cada prato possui um desenho original e exclusivo, sempre muito alegre, de cores vibrantes e tom bem humorado. Já foram fabricados mais de um milhão e duzentos mil Pratos da Boa Lembrança.

HISTÓRIA DA BANOFFI

Atualmente, pedir por uma Banoffi em Curitiba é algo normal, corriqueiro de muitos amantes da sobremesa inglesa. Mas há 18 anos, isso era muito diferente. Pouquíssimos curitibanos conheciam a torta de nome extravagante. Coube à chef confeiteira Renatta Ferian o desafio de popularizar o doce à época na capital paranaense.

Depois de ter conhecido a receita original no período em que trabalhou em um restaurante de Londres na década de 90, a cozinheira passou a produzir a Banoffi na cidade parananese e batizou inclusive a sua confeitaria com o mesmo nome da torta. Em 2002, conquistou o seu primeiro ponto de venda: o tradicional restaurante curitibano Beto Batata. Depois disso, só sucesso: foram vários prêmios recebidos, como o de Melhor Doceria pela revista Veja Comer & Beber e o de Melhor Sabor Popular de Curitiba, pelo Prêmio Bom Gourmet.

Hoje, com uma unidade física localizada ao lado da Cantina do Délio, a doceria é reconhecida como um dos principais endereços curitibanos para quem gosta de um doce autêntico e original. “Eu ainda faço questão de assinar cada fatia ou cada banoffi inteira que sai da minha cozinha, afinal a história da Banoffi é também a história da nossa família. O Délio (dono da cantina e marido da Renata) sempre fez o prato principal e eu a sobremesa, dinâmica que temos hoje mais do que nunca. Ficamos muito felizes em saber que hoje esse é um doce tão querido pelos curitibanos”, afirma a chef Renatta.

Sobre a Cantina do Délio

Délio Canabrava sempre sonhou em abrir um restaurante italiano. Viajou para a Itália e lá passou um mês conhecendo as cantinas do norte ao sul. Ao voltar, alugou uma antiga floricultura na esquina da Rua Itupava com o Jardim Ambiental. Foi assim inaugurada a Cantina do Délio: comida tipicamente italiana, saborosa, de qualidade e com preços acessíveis. Hoje o restaurante se tornou uma referência da gastronomia do país da bota em Curitiba, tendo ganhado diversos prêmios como reconhecimento do trabalho do Délio e da sua equipe.

Créditos:  Fernando Smak – Guest Vip.