Após ficarem casados por 68 anos, marido e mulher morreram com um dia de diferença em Minnesota (EUA).

Robert e Corinne Johnson se mudaram para uma fazenda em Norseland, Minnesota, dois anos após se casarem, bem jovens. Lá viveram por mais de seis décadas, plantando milho, soja, trigo e alfafa, e criando os sete filhos. Até seis meses atrás, quando precisaram ser hospitalizados.

A ligação entre Robert e Corinne é anterior a isso. Eles foram criados pelos pais em propriedades distantes apenas cerca de 5 quilômetros uma da outra, contou a emissora KARE.

Corinne foi diagnosticada com problema cardíaco e acabou falecendo em 24 de novembro, aos 87 anos. Robert morreu no dia 25, aos 88 anos, após perder batalha contra um câncer.

Robert e Corinne Johnson Foto: Reprodução/Facebook

No obituário de Robert, a família destacou que nos últimos estágios da vida “marido e mulher se tornaram o suporte físico e mental um do outro”. A morte próxima, acrescentaram eles, coroa a “devoção” que um teve pelo outro por quase toda a vida.

“Assim que a mamãe morreu, ele (o pai) foi ladeira abaixo e morreu em um dia. Difícil imaginar que tenha sido coincidência”, disse Bruce Johnson, filho do casal.

Via: Extra