Jardim Botânico

Um dos pontos turísticos mais visitados de Curitiba, inaugurado em 1991.

Criado à imagem dos jardins franceses, estende seu tapete de flores aos visitantes logo na entrada.
A estufa, em estrutura metálica, abriga espécies botânicas que são referência nacional, além de uma fonte d’água. A mata nativa está ponteada de trilhas para percursos a pé.

O Museu Botânico, dirigido por GertHatschbach, atrai pesquisadores de todo o mundo. Tem espaço para exposições, biblioteca e auditório.





JARDIM DAS SENSAÇÕES

É em uma trilha de 200 metros de extensão no Jardim Botânico de Curitiba, em que o visitante percorre de olhos vendados conhecendo com os sentidos restantes plantas e algumas paisagens naturais.

No Jardim das Sensações dá pra ver as plantas com as mãos, sentir o chão com os pés, ouvir a voz do vento e da cascata, aspirar o perfume das plantas e o cheiro da terra. Tem semente, galho, sino que toca e anuncia a beleza da vida.

 

Localização: 

Rua Eng°. Ostoja Roguski, 690. – Jardim Botânico.
Tel: (41) 3264-6994 (Administração) / 3362-1800 (Museu) / (41) 3264-7365 (Exposição/Agendamento Jardim das Sensações)

Horário: 
Das 06h00 às 20h00 > durante o horário de verão.
Das 06h00 às 19h30 > durante o horário de inverno.

Jardim das Sensações:
Das 09h às 17h, de terça a domingo.

* durante as chuvas, e enquanto o percurso estiver úmido, o Jardim das Sensações permanece fechado.
Ônibus:
Expressos Centenário/Campo Comprido e Centenário/Rui Barbosa. Descer ao lado do Botânico.
Linha Cabral/Portão. Linha Alcides Munhoz (ponto Al.Dr.Muricy).Descer em frente ao Jardim Botânico.

Galeria de Imagens: Clique aqui

Galeria 360º : Clique aqui

 

Decreto 170/15 – Regulamentação do Uso das Dependências do Jardim Botânico

CONDUTAS VEDADAS

  • Acesso com motocicleta, bicicleta, skate, triciclo, patins, patinete ou similares nos gramados, pistas e passarelas
  • Acesso e permanência com trajes inadequados, sem camisa ou com roupas de banho
  • Ingresso de animais de qualquer natureza ou porte, mesmo carregados no colo
  • Abandono de animais nativos ou exóticos
  • Alimentação, captura e maus-tratos a animais silvestres
  • Caça, pesca e natação nos lagos, cascatas e ambientes internos e externos do parque
  • Consumo de água proveniente dos lagos, chafarizes e cascatas
  • Degradação, ateamento de fogo ou prática de ato de vandalismo, danos à vegetação, coleta de plantas, flores, frutos ou sementes
  • Plantio de qualquer espécie de planta
  • Depósito lixo fora dos recipientes de coleta
  • Fixação de balanços, redes de descanso e similares
  • Realização de jogos de bola e atividades de qualquer tipo de gincanas, disputa de jogos esportivos e de azar
  • Prática de arvorismo, slackline ou outro esporte radical
  • Aeromodelos ou aparelhos e brinquedos de controle remoto, balões, pipas ou similares
  • Atividades e eventos que produzam poluição sonora e/ou atmosférica
  • Consumo de bebidas alcoólicas ou qualquer tipo de substância tóxica entorpecente
  • Uso de qualquer produto fumígeno
  • Estacionamento de veículos fora das áreas previstas
  • Acampamento ou permanência fora do horário de funcionamento, exceto com autorização expressa da administração local
  • Captura de imagens (foto e vídeo) para uso comercial
  • Fixação de qualquer tipo de publicidade, placas, cartazes, faixas e banners
  • Veiculação de todo e qualquer tipo de publicidade, comercial ou promocional, por intermédio de sons, materiais impressos ou equipamentos de projeção de imagens e luz
  • Prática de qualquer tipo de comercialização de produtos ou prestação de serviços